Nacional

Segunda-Feira, 23 de Novembro de 2020, 13h:47 | Atualizado: 23/11/2020, 13h:52

Testemunha diz que alertou seguranças para sinais de asfixia em João Alberto

Reprodução

Jo�o Alberto

Seguranças do supermercado Carrefour espancaram e mataram João Alberto

Uma cliente do supermercado Carrefour que presenciou a morte de João Alberto Silveira Freitas, na última quinta-feira (19), prestou depoimento à polícia e afirmou que os seguranças que espancaram e mataram a vítima ficaram "desorientados" ao perceber que ele não respirava mais.

A RBS TV teve acesso ao conteúdo do depoimento. Nele, a testemunha afirmou que se aproximou da confusão quando estava chegando ao supermercado e viu que havia um homem imobilizado no chão.

Ela disse que percebeu que a vítima "apresentava sinais visíveis de asfixia", e que avisou os seguranças do fato, mas que eles pediram que "não se intrometesse em seu trabalho".

Um pouco depois, ela teria constatado alteração da tonalidade da cor dos lábios e das extremidades dos dedos de João Alberto. Neste momento, alertou novamente os seguranças, "mas já era tarde".

A testemunha relata então que nesse momento, os seguranças, assustados, indagaram às pessoas que ali se encontravam se havia alguém que soubesse checar sinais vitais. Um senhor então teria se aproximado e informado a ocorrência do óbito.

Os seguranças teriam ficado desorientados e se mantiveram junto ao corpo da vítima por alguns instantes antes de se afastarem.

Ainda segundo a cliente, o Samu teria levado cerca de uma hora para chegar ao local.

No momento em que a polícia chegou ao supermercado, a cliente relatou que se aproximou da esposa da vítima. À ela, Milena teria relatado que o marido estava muito nervoso e que pedia a todo momento para ir para casa durante as compras.

Segundo o relato de Milena à cliente, em dado momento, a vítima teria feito uma brincadeira com uma segurança do local, e que essa atitude a teria desagradado. Para a cliente, ela não precisou que brincadeira teria sido.

A testemunha disse ainda, que em nenhum momento presenciou a vítima ser ofendida pelos funcionários do estabelecimento comercial em virtude da cor de pele ou condição social.

Depoimentos

A Polícia Civil já ouviu cerca de 20 pessoas sobre a investigação da morte de João Alberto.

Segundo o delegado Eibert Moreira Neto, as pessoas que foram ouvidas são funcionários e quem estava no local.

O delegado acrescentou que mais depoimentos estão agendados para esta segunda-feira (23).

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Valtenir atrai lideranças para o MDB

valtenir pereira 400   Mesmo sem mandato eletivo, o ex-vereador pela Capital e ex-deputado federal Valtenir Pereira (foto) continua se articulando nos bastidores, agora pelo fortalecimento do seu partido, o MDB. Ele está convencendo algumas lideranças a se filiar na legenda emedebista. Dois líderes são prefeitos...

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.