Órgãos

Sexta-Feira, 08 de Novembro de 2019, 13h:06 | Atualizado: 08/11/2019, 17h:25

PLENO DO TCE-MT

Afastados há 2 anos, conselheiros estão indignados e veem injustiça e perseguição

Rodinei Crescêncio/Montagem

conselheiros_interna

Antonio Joaquim, José Carlos Novelli, Sérgio Ricardo, Waldir Teis e Valter Albano estão afastados do Pleno do Tribunal de Contas deste setembro de 2017

Afastados de suas funções há dois anos e dois meses, por decisão do ministro do Supremo, Luiz Fux, os cinco conselheiros do Tribunal de Contas do Estado se mostram indignados, vítimas do que chamam de injustiça e perseguição.

Mesmo antes e durante todo este período do afastamento do Pleno do Tribunal, inclusive com buscas e apreensões feitas pela Polícia Federal nos gabinetes e nas casas dos conselheiros, nenhuma prova fora juntada aos autos capaz de comprovar as declarações do ex-governador e delator Silval Barbosa, que afirmou ter pago R$ 53 milhões em propina para esses conselheiros não prejudicarem o andamento das obras da Copa do Mundo de 2014, no Estado.

Apenas com base nessas declarações, Fux, acatando denúncia do Ministério Público Federal, impôs medidas cautelares, afastando da ativa Sérgio Ricardo, Waldir Teis, Antonio Joaquim, José Carlos Novelli e Valter Albano, em decisão de 14 de setembro de 2017.

Joaquim, que na época presidia o TCE e anunciou que pretendia concorrer ao governo em 2018, é um dos que mais se mostram revoltados com essa situação. Acusa, inclusive, o então governador Pedro Taques, que tentou e perdeu a reeleição, de "armar" contra os conselheiros junto ao ex-chefe do MPF, Rodrigo Janot, de quem Taques é amigo há vários anos. Janot foi quem assinou a denúncia.

Do STF, o processo foi encaminhado para a Corte Especial do Superior Tribunal de Justiça, composta por 15 ministros. Serão eles, sob relatoria de Raul Araújo, que vão decidir pela suspensão ou não das cautelares. A defesa se mostra convicta de que os conselheiros voltarão a compor o Pleno ainda neste ano.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • Carlos | Sábado, 09 de Novembro de 2019, 21h35
    2
    0

    Saíram os antigos para entrar o Maluf e o Wilson Santos (que só não entrou porque o Taques foi REJEITADO nas urnas). O afastamento foi só uma manobra sórdida dos Taques, que aos poucos vão sendo desmascarados.

  • Davi | Sábado, 09 de Novembro de 2019, 17h17
    2
    2

    Não são nenhum santo, mas foram retirados do cargo por encomenda do ex-governador Pedro Taques ao Judiciário porque iriam rejeitar as contas do Executivo.

  • Crítico | Sexta-Feira, 08 de Novembro de 2019, 15h51
    16
    0

    CARAS DE PAU, FATURARAM $56 MILHOES E SE ACHAM INJUSTICADOS? Isso é achincalhar com a população honesta de MT.

  • MOSSUETO | Sexta-Feira, 08 de Novembro de 2019, 15h12
    11
    1

    O ano acabou, o que não foi feito até agora, não será mais realizado neste restinho de tempo, pois o povo da justiça já estão só esperando o recesso de final de ano, tadinho deles, só estão provando o outro lado da justiça, "bom final de ano e boa espera pelo julgamento"

  • alexandre | Sexta-Feira, 08 de Novembro de 2019, 14h13
    13
    1

    Perseguidos ? este pais precisa mudar,...

Matéria(s) relacionada(s):

"Choque" de agenda de EP e de MM

mauro mendes 400 curtinha   Prefeitos e primeiras-damas estão sendo convidados para dois eventos programados para o mesmo dia e horário, em Cuiabá. Um partiu do prefeito Emanuel Pinheiro, que entrega 100% do Hospital Municipal de Cuiabá em 18 de novembro, às 20h, e espalhou convites para tanto gestores municipais,...

Mutirão já negociou quase R$ 40 mi

O Mutirão Fiscal Fecha Acordo do Governo de Mato Grosso, em parceria com o Judiciário, já negociou, na primeira semana, R$ 22.430 contratos, somando brutos R$ 37,7 milhões. E, com os descontos, ficaram em R$ 20,8 milhões, sendo R$ 12 milhões à vista. As negociações são feitas por meio da PGE e da Sefaz. O mutirão começou em 1º de novembro e segue até o próximo dia 29. Funciona no segundo...

Parceiros pra eventos de final de ano

emanuel pinheiro marcia 400 curtinha   Esta semana o prefeito da Capital Emanuel Pinheiro e a primeira-dama Márcia, que faz trabalho social voluntário, iniciam a maratona de reuniões com empresários em busca de apoio e parcerias para realização de festas natalinas e do réveillon. A ideia é,...

Fora da disputa e elogios à prefeita

toninho domingos 400 curtinha   Irmão do ex-prefeito Murilo Domingos (já falecido), o empresário Toninho Domingos (foto), que foi vice-prefeito por duas vezes, das gestões Nereu Botelho (94/98) e Jayme Campos (2001/2004), disse neste domingo que não está animado para concorrer à sucessão em...

Troca da Secretaria-Geral por gabinete

jairo rocha 400 curtinha   Jairo Rocha (foto), que teve atuação marcante em Cuiabá nos 22 anos de militância no PT e hoje filiado ao PSB, pediu exoneração do cobiçado cargo de secretário-geral da Câmara de Cuiabá para voltar a atuar como chefe de Gabinete do vereador Marcelo...

Relator, o silêncio e Abílio na forca

marcrean santos 400   O vereador Marcrean Santos (foto), relator na Comissão de Ética da Câmara de Cuiabá da representação contra o colega Abílio Brunini (PV), optou pelo silêncio. Evita revelar até o cronograma de atuação dos trabalhos. Sabe o tamanho da responsabilidade...