Órgãos

Quarta-Feira, 10 de Julho de 2019, 10h:00 | Atualizado: 10/07/2019, 10h:28

Como última cartada

AMM articula com Novo e quer incluir cidades e Estados no texto da Previdência

O presidente da AMM, associação dos municípios Neurilan Fraga articula com o Partido Novo para que seja apresentado um destaque ainda hoje na Câmara, para incluir Estados e municípios na Reforma da Previdência. Se o partido seguir a agenda municipalista deverá quebrar acordo feito com o presidente da Mesa Diretora, deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ), que é de nenhum partido não apresentar destaques na votação marcada para esta quarta (10).

neurilan fraga 680

Neurilan Fraga alega que inclusão vai gerar economia de R$ 200 bilhões para cidades

Neurilan explica ao que a inclusão dos Estados e municípios na Reforma da Previdência é uma forma de garantir que 2.108 cidades, que estão com deficit previdenciário, obtenham economia de até R$ 200 bilhões nos próximos 10 anos.

O temor do presidente Jair Bolsonaro (PSL) e de Maia é que caso os municípios e Estados sejam incluídos na Reforma, o Governo perca boa parte da base no Congresso, visto que muitos Estados, principalmente do Nordeste, estão contra as alterações no sistema previdenciário.

A medida de retirar os entes da Reforma foi uma forma encontrada pelos deputados federais para empurrar o desgaste com os parlamentares e chefes dos Executivos estaduais e municipais.

Em tese, conforme avalia Neurilan, dificilmente a Reforma vai passar nos municípios, porque vai ser uma briga “de quintal de casa”, onde a pressão dos servidores públicos municipais e Estaduais vai dificultar que a reforma seja concretizada nos entes.

Interesse econômico

A AMM também tem outros interesses na inclusão de Estados e municípios na Reforma. Neurilan destaca que o presidente Jair Bolsonaro condicionou várias liberações de recursos com a aprovação da Reforma.

A primeira medida esperada é a provação do Projeto de Lei 511, que regulamenta a Lei Kandir e o pagamento do FEX. O PL já está nas mãos de Rodrigo Maia, que só está esperando a aprovação da reforma para colocar em pauta na Câmara. Se aprovado o PL, Mato Grosso terá direito a receber R$ 1,8 bilhão de FEX por ano, ao invés de R$ 500 milhões.

Outros temas condicionados à Reforma são a inclusão de um FPM extra para os municípios em Setembro. Atualmente as cidades já recebem reforço em julho e dezembro e o compartilhamento dos lucros dos leilões do Pré-Sal com os municípios.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Recuo do DEM e agora no Republicano

gabriel guilherme 400 curtinha   O DEM terá de excluir da lista de pré-candidatos a vereador pela Capital o nome do jovem Gabriel Guilherme (foto), de 22 anos. Ele optou por se filiar ao Republicano. Lotado na Assembleia como assistente da Secretaria de Orçamento e Finanças e filho do ortopedista Paulo Fonseca...

Galvan vai deixar PDT e ir pra o PRTB

antonio galvan 400 curtinha   Embora não tenha perdido de vistas o Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado por Bolsonaro, Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja e que acabou levado à frigideira dentro do PDT em meio ao embate por tentativa de candidatura ao Senado, se mostra disposto a ingressar no...

"Pátio igual gato, comendo e miando"

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, disse que o prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, está parecendo gato, comendo e miando, pois recebe recursos federais, inclusive de programas habitacionais e, mesmo assim, ainda alardeia nos...

Adair lançará ex-vice em Alto Paraguai

adair 400 curtinha   O ex-prefeito de Alto Paraguai, advogado emedebista Adair José Alves Moreira (foto), não vai disputar novamente, apesar da insistência do seu grupo. A tendência é de apoiar o seu ex-vice Luiz Figueiredo, com quem administrou a cidade de 2013 a 2016. Luiz também é do MDB e...

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.