Órgãos

Sexta-Feira, 08 de Fevereiro de 2019, 12h:36 | Atualizado: 09/02/2019, 12h:11

PATRIMÔNIO

Receita Federal apura suposta corrupção; Gilmar nega e pede providências ao STF

Reprodução

gilmar mendes

Ministro Gilmar Mendes é alvo de auditores fiscais por supostos focos de corrupção

Após auditores fiscais abrirem investigação contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, e a esposa dele, Guiomar Mendes, para identificar supostos focos de corrupção, lavagem de dinheiro, ocultação de patrimônio ou tráfico de influência, como revelado pela Coluna Radar, da Veja, nesta sexta (8), o ministro enviou ofício ao presidente do Supremo, Dias Toffoli, pedindo “providências urgentes” para apurar a iniciativa da Receita Federal.

Segundo informações da coluna da jornalista Mônica Bérgamo, na Folha de São Paulo, o ministro mato-grossense alega que não há “nenhum fato concreto” no procedimento da Receita Federal.

Por outro lado, os agentes afirmam, de forma genérica, que o “tráfico de influência normalmente se dá pelo julgamento de ações advocatícias de escritórios ligados ao contribuinte (Gilmar Mendes) ou seus parentes, onde o próprio magistrado ou um de seus pares facilita o julgamento”, expõe a Folha de S. Paulo.

Mendes rebate, no ofício, que os auditores da Receita fizeram ilações desprovidas de qualquer substrato fático, não apenas a ele, mas também em relação a todo o Poder Judiciário.

O ministro também informou a Toffoli que não recebeu nenhuma intimação referente ao procedimento fiscal e que não teve acesso ao teor do processo na Receita.

Gilmar Mendes ainda alega que os documentos vazados à imprensa deixariam claro que a investigação na Receita tem caráter criminal e que aparentemente isso “transborda o rol de atribuições dos servidores inominados”.

“O que causa enorme estranhamento e merece pronto repúdio é o abuso de poder por agentes públicos para fins escusos, concretizado por meio de uma estratégia deliberada de ataque reputacional a alvos pré-determinados”, declarou o ministro no ofício enviado a Toffoli.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • João da Costa | Segunda-Feira, 11 de Fevereiro de 2019, 11h06
    0
    0

    Conforme seu próprio voto sobre a matéria, o ministro diz que nenhum cidadão está imune as diligências dos auditores da RFB portanto, ele não deveria estar surpreso.

  • GILMAR DE PAULA | Sábado, 09 de Fevereiro de 2019, 21h34
    3
    3

    Uéééééééééé´! Eu já estava começando a acreditar que só o Flávio Bolsonaro tinha feito "esquemas" envolvendo bens imóveis. A quem possa interessar: verifique a declaração dos bens imóveis declarados pelos políticos e vejam os valores.

  • Paulo | Sábado, 09 de Fevereiro de 2019, 21h08
    5
    0

    Gilmar Mendes tá com medo do que sera? os outro pode ser investigado ne

  • joaoderondonopolis | Sábado, 09 de Fevereiro de 2019, 18h08
    3
    0

    Qualquer cidadão pode ser investigado pela Receita Federal. Gilmar deve ter caído na "malha fina" não precisa de desespero se não deve nada.

  • NOE MONTEIRO DE BARROS | Sábado, 09 de Fevereiro de 2019, 15h11
    0
    0

    NOE MONTEIRO DE BARROS, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Brasileiro | Sábado, 09 de Fevereiro de 2019, 12h20
    5
    0

    EU SUGIRO QUEBRSR SIGILO E INVESTIGAR TODOS OS MINISTROS SEM EXCECAO. PORQUE SAO TODOS HONESTOS E NEMHUM TEM ESCRITORIO DE ADVOCACIA. ENTSO TUDO CERTO E TRANSPARENTE UAI

  • João Moessa de Lima | Sexta-Feira, 08 de Fevereiro de 2019, 17h08
    10
    3

    Ministro Gilmar Mendes se não deves nada deixa investigarem VOSSA EXCELÊNCIA, pois com a investigação concretizada e nada confirmado fica mais fácil mostrar que os auditores não teriam razão alguma para investigá-lo aí ponha-os na cadeia, fica mais fácil e mais claro.

Matéria(s) relacionada(s):

Manobra e esperteza de uma senadora

Selma Arruda ganhou o noticiário nacional por causa de uma iniciativa marcada pela esperteza. Apresentou na segunda uma emenda ao projeto dos partidos que abria brecha para beneficiá-la num processo eleitoral que pode resultar na cassação do seu mandato. O texto do projeto, segundo informa o Estadão, foi posto em discussão no Senado nesta terça, mas foi derrubado. Assim que foi questionada sobre a alteração que propunha, a senadora...

Análises animadoras sobre gestão EP

emanuel pinheiro 400 curtinha   A equipe estratégica do prefeito Emanuel Pinheiro (foto), que vem analisando erros e acertos da administração em Cuiabá, ficou entusiasmada com resultado de pesquisas qualitativas internas que não só trazem o prefeito com boa avaliação e com chances reais de...

Dodge confunde MT com Maranhão

Raquel Dodge_curtinha   Em seus últimos dias à frente da PGR, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, deixou passar uma gafe no parecer que deu contra a ação que visa revogar limitação da RGA dos servidores públicos de MT. Ao citar que a ação trata da...

Wenceslau Jr age com oportunismo

wenceslau curtinha   O presidente da Fecomércio-MT, Wenceslau Júnior (foto), cotado para disputar a Prefeitura de Cuiabá pelo PSL em 2020, agiu com oportunismo ao se aliar aos vereadores da oposição para trazer o prefeito de Colatina (ES) Sérgio Menghelli para palestrar com objetivo de “queimar”...

Deputados devem "matar" as sessões

A tendência é das quatro sessões ordinárias da semana não ocorrerem na prática. Em princípio, os deputados estavam mobilizados para uma audiência pública nesta terça com vistas a discutir a LDO-2020, mas foi transferida para o próximo dia 30. Como na semana passada, os parlamentares participaram do que chamam de mutirão convocado pela Mesa Diretora, sob pena de terem salário cortado, e votaram 53 projetos...

Filiação no Senado e ato em Cuiabá

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda (foto), com mandato de senadora cassado desde abril pelo TRE e no cargo por força de recursos no TSE, se filia oficialmente ao Podemos nesta quarta, às 14h, no Salão Azul, do Senado, logo após participar de um almoço com as principais lideranças do seu novo partido....

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.