Órgãos

Quarta-Feira, 27 de Fevereiro de 2019, 14h:41 | Atualizado: 27/02/2019, 14h:45

PRESTAÇÃO DE CONTAS

TCE discute legalidade de alteração feita pela AL e diz que órgão já presta contas

Thiago Bergamasco

Luiz Henrique Lima

Conselheiro Luiz Henrique Lima, vice-presidente do TCE

O conselheiro substituto Luiz Henrique Lima avalia que a medida da Assembleia em exigir prestação de contas mensal do Tribunal de Contas (TCE) não apresenta nenhuma nova demanda por informações, já que o órgão publica mensalmente seus balanços contábeis no portal de transparência da Corte de Contas. Os conselheiros também discutirão se a medida da Assembleia é constitucional. 

“Já realizamos a prestação de contas anual ao Poder Legislativo, e mensalmente publicamos todas as informações pertinentes a este tema no portal de transparência do órgão. Não há nada oculto”, aponta o conselheiro.

A exigência foi publicada pela Assembleia nesta segunda (25) e impõe que no relatório anual o TCE apresente análise da evolução dos custos do controle de eficiência, eficácia e economicidade, além da prestação de contas mensal e trimestral.

Luiz Henrique explica que o colegiado do TCE analisará se a medida invade a competência do Tribunal, já que é prerrogativa do órgão a iniciativa de alterar e criar normas que interfiram administrativamente na Corte de Contas.

Desde que o Supremo Tribunal Federal (STF), por meio de decisão do ministro Edson Fachin autorizou a Assembleia a indicar nome para preencher a vaga vacante do ex-conselheiro Humberto Bosaipo, aposentado desde 2014, que o TCE e a Assembleia vem travando verdadeira briga para garantir que a vaga seja preenchida segundo interesse de cada instituição.

No caso da Assembleia, a defesa é por um nome político, neste caso o deputado Guilherme Maluf (PSDB), que foi indicado mediante um tumultuado rito, mas cuja nomeação está judicializada. Do outro lado, o TCE, que conta atualmente com seis conselheiros substitutos, que ocupam a vaga por terem feito concurso público, além do presidente Domingos Neto, que foi indicado politicamente para a vaga.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Nho Belo | Quinta-Feira, 28 de Fevereiro de 2019, 11h02
    0
    0

    Deveria ser vedado que qualquer pessoa que tenha tido mandato fosse indicada ao tribunal de contas, inclusive deveria ser vedado a qualquer parente seja em linha colateral ou vertical também fosse vedados. Este tribunal analisa as contas e as licitações públicas, a isenção deve ser ao extremo. Não pode haver o mínimo de dúvida quanto a parcialidade e isenção e conduta.

  • clara | Quinta-Feira, 28 de Fevereiro de 2019, 08h11
    2
    0

    Para pessoas com atos não republicanos com deve ser o cutico realmente não faria falta né !

  • cutico | Quarta-Feira, 27 de Fevereiro de 2019, 16h58
    2
    5

    SE O TCE ACABASSE NÃO IRIA FAZER FALTA.

Matéria(s) relacionada(s):

Dorileo flerta com PSB, mas apoia EP

max russi 400 curtinha   O deputado Max Russi (foto), presidente estadual do PSB, convidou oficialmente o empresário Dorileo Leal, do Grupo Gazeta de Comunicação, para se filiar ao partido e concorrer a prefeito da Capital. Ambos tiveram uma longa reunião no decorrer da semana. Dorileo ficou de avaliar, mas a...

CPI da Energisa, nomes e reclamações

thiago silva 400 curtinha   A CPI da Energisa, criada pelos deputados, vai levantar críticas, denúncias e debates acalorados. E surge numa época do ano em que a conta de luz dos consumidores foi às alturas por causa do longo período sem chuva e do intenso calor. O deputado Thiago Silva (foto) foi um dos que...

Vereador e jornalista trocam ameaças

abilio j�nior 400 curtinha   O vereador Abílio Júnior (foto) e o jornalista-militante José Marcondes, o Muvuca, estão protagonizando um embate pela internet. E a raiz do conflito é o fato do parlamentar ser ligado ao deputado estadual Sebastião Rezende, que teria embolsado R$ 6,5...

Deputado, lista de Riva e preocupação

neri geller 400   O ex-ministro da Agricultura e hoje deputado federal Neri Geller (foto) aparece na lista de José Riva como um dos políticos implicados. Embora bem articulado e numa posição de destaque, como coordenador da bancada mato-grossense, Neri já enfrenta uma série de demandas jurídicas...

Agora, Aladir quer disputar Alencastro

alair400   O servidor público do Estado Aladir Leite de Albuquerque (foto), hoje filiado ao Patriota, está determinado a concorrer à Prefeitura de Cuiabá. Ele estuda proposta para se filiar ao PMN ou PSC. Alair concorreu ao Senado no ano passado. Mesmo longe de se eleger, numa disputa com mais 10, ele saiu do pleito de...

Gaeco no interior e ajuda de prefeitos

Mauro Zaque curtinha   Com o promotor de Justiça Mauro Zaque (foto) no comando, as unidades do Gaeco já estão estruturadas no interior do Estado. Em Barra do Garças, Cáceres, Sorriso e Rondonópolis, servidores como oficiais de gabinete, analistas jurídicos e assistentes ministeriais, foram realocados...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.