Órgãos

Quarta-Feira, 24 de Novembro de 2010, 11h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:28

DETRAN

Dóia vê fim dos problemas e diz que população terá benefícios

Teodoro Lopes, o Dóia   O presidente do Detran, Teodoro Lopes, o Dóia, explica que o órgão passa por um momento de mudanças e admite que o fato tem gerado contratempos e até irritação na população. Ele garante, no entanto, que os benefícios gerados pela alteração no sistema de informatização do órgão já são sentidos e a promessa é que os trabalhos sejam ainda mais rápidos nos próximos dias. "Toda mudança exige uma fase de adaptação. Mas isso não vai demorar. No final deste período, as pessoas que necessitarem de serviços do Detran estarão muito mais satisfeitas", afirmou o presidente.

   Dóia diz que praticamente todas as Ciretrans do Estado já estão operando normalmente, diferente do que ocorria antes da implantação do    sistema oferecido pela Ábaco Informática Ltda. O Detran desembolsou cerca de R$ 2,5 milhões para colocar a plataforma de informações disponível. Além disso, Dóia explica que houve um treinamento dos funcionários do órgão para que passassem a operar no novo sistema.

   O único problema que ainda atormenta tanto a diretoria do órgão quanto os motoristas é a comunicação entre o Detran e outros órgãos. Dóia explica que o fato acontece primeiro porque a demanda de processos é alta e que são questões que não dependem apenas do Detran. Para compensar o atraso registrado nos atendimentos nos três dias em que o órgão fechou as portas para implementar a medida, Dóia determinou que trabalhem aos sábados, até o final deste ano. "Assim poderemos zerar essa demanda que acabou ficando acumulada neste período", garante.

   De acordo com o novo modelo, as pessoas poderão fazer grande parte das operações que hoje têm de ser feitas pessoalmente na autarquia, sem sair de casa. “O cidadão poderá pagar débitos, atualizar dados cadastrais, emitir guias, requerimentos e ainda receber seu documento de licenciamento ou CNH, em casa, pelos Correios”, argumenta Dóia. Ainda segundo ele, hoje existem cerca de 1,3 milhão de veículos circulando no Estado e aproximadamente 900 mil motoristas. A medida pretende acelerar principalmente a emissão de CNHs e licenciamentos. Para se ter uma ideia, conforme o Detran, hoje os processos de emissão de CNH levam até 30 dias para serem concluídos. Com o novo sistema, isso poderá ser realizado em 5 dias úteis.

   Atualmente existem 615 funcionários concursados trabalhando no Detran estadual. Além deles, outros 246 estagiários ajudam a agilizar os trabalhos. Dóia lembra que recentemente 271 aprovados no último concurso do Estado foram convocados e já estão trabalhando. Hoje o órgão emite mais de 2 mil processos por dia e a tendência é que este número aumente ainda mais, após essas questões serem resolvidas.

   Mensalmente são mais de 30 mil processos. Os mais de 900 motoristas também poderão pagar débitos, atualizar dados cadastrais, emitir guias e requerimentos. "Hoje também estamos tendo um problema com o pagamento das taxas porque elas passam pela Sefaz, que está demorando para dar a resposta para que possamos emitir os documentos, mas isso já está sendo resolvido", ponderou.

Postar um novo comentário

Comentários (8)

  • INDIGNADO | Terça-Feira, 30 de Novembro de 2010, 17h52
    0
    0

    INDIGNADO, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • jeronimo farias | Quinta-Feira, 25 de Novembro de 2010, 10h03
    0
    0

    Grande farsa. O DETRAN/MT não funciona desde o último dia 16. Sob a alegação de estar implantando um novo sistema, embora tenha divulgado que os serviços ficariam indisponíves apenas nos dias 16 e 17, não se consegue atendimento ainda no dia de hoje. Desde segunda-feira tenho tentado extrair um extrato de multas, mas na sede do órgão apenas distribuem-se senhas. Das 3 vezes em que estive lá recebi uma senha para qual existiam mais de 100 pessoas a minha frente. Detalhe: um novo número era chamado entre 5 e 10 minutos. Durante 3 dias tentei não só a sede do órgão como também a CIRETRAN de Várzea Grande. Nesta cidade a situação é ainda pior. Pedi a atendente uma explicação para o que estava acontecendo ou uma previsão para quando poderia ter o serviço prestado e ela se resumiu a me dar uma outra senha, 100 números na frente da que eu já tinha e, portanto, 200 números a frente do que estava abre aspas em atendimento fecha aspas. No site do órgão não se faz nada do que se fazia antes. O órgão alega que a modernização do sistema traria melhoras sem precedentes. Se isso é melhora, não me peçam pra definir o caos. Não tenho notícias de tamanha incompetência na migração de um sistema, ou, no mínimo, da comunicação a respeito. Tenho um processo de indenização de seguro parado a 15 dias por não ter como consultar o órgão. O mínimo que poderiam fazer é trancar as portas e não deixar o usuário esperando sem qualquer perspectiva de atendê-lo, de preferência com uma posição concreta sobre quando voltarão a TRABALHAR. A empresa que está implantando o novo programa deveria ainda rachar a conta com o órgão e indenizar os usuários prejudicados, afinal, quando se trata de abocanhar suas taxas o DETRAN sempre está bem disposto.

  • giovanni ourives | Quarta-Feira, 24 de Novembro de 2010, 18h02
    0
    0

    sou despachante há mais de 30 anos até que fim teve um presidente de atitude para mudar o sistema antigo do detran com certeza haverá uma grande melhoria a quem precisa dos serviços do detran a população e breve desfrutara do novo sistema e ira notar a diferença tera mais segurança rapidez certamente

  • Cuiabano | Quarta-Feira, 24 de Novembro de 2010, 16h34
    0
    0

    Ja imagino no prejuizo, material, financeiro, e moral que nós usuarios e dependentes desse sistem falho do Detran, tem 20 dias que preciso receber um dinheiro da venda de meu veiculo e não consigo, fiz outros compromissos contando com esse dinheiro e nada....que porcaria essa roubalheira....então se não entrar em cheque especial, agiota etc....corremos o risco de ficar como calotereiro e mau pagador, tudfo isso por culpa da incopetência....será que nós que não mamamos no dinheiro desses contratos temos ainda de ensinar como se faz ? Pois bem vai lá a aula e de graça, 1) primeiro testatasse o sistema varias vezes com todas as possibilidades, sem desativar o sistema, depois deixa tudo preparado e faltando apenas desativar o antigo... epronto migrasse para o novo.....simples.... ou o sistema e o computador não presta e não se pode fazer isso ???? Quem vai pagar nossos prejuizos, será que fui só eu que não pode viajar, ou concretizar um negocio ????

  • Maurinho Deola | Quarta-Feira, 24 de Novembro de 2010, 15h16
    0
    0

    Deixa o Vivaldo Lopes saber disso as conversas que andam transitando nos gabinetes do executivo é que o Doia é o Vivaldo de cara nova precisou pega com Doia. so que antes era Roberto França mas agora é o Mauro Savi quem pede emprestado.

  • Rosivaldo | Quarta-Feira, 24 de Novembro de 2010, 13h29
    0
    0

    Estou com um doc de primeiro emplacamento de um caminhão desde terça da semana passada aguardando o sistema funcionar: será que não da pra fazer a mão? vai mas rápido Dr. Será que o SR não poderia mexer nisso em Janeiro? volta o sistema velho ai... pelo menos imprimia os documentos.

  • MARCUS GIOVANI | Quarta-Feira, 24 de Novembro de 2010, 13h17
    0
    0

    SÓ FALTA QUEREREM A GENTE ACREDITAR EM PAPAI NOEL, ESSE VERDADEIRO CRIME CONTRA A POPULAÇÃO DO MATO GROSSO AINDA FICA AI QUERENDO PAGAR DE PATRÃO.

  • João do Pedregal | Quarta-Feira, 24 de Novembro de 2010, 12h10
    0
    0

    Seria bom alguém dar uma dica ao "nobre executivo" que além do sistema pago a preço de ouro, é preciso investir naquelas pecinhas que ficam atrás do teclado dos computadores que operam o sistema. Quem amarga a necessidade de "tentar" usar os serviços do DETRAN-MT sabe que o problema não será resolvido somente com o tal sistema novo.

PTB tem 25 e deve eleger 2 à Câmara

misael galvao 400 curtinha   O PTB lançou 25 nomes a vereador em Cuiabá. E a tendência é de eleger entre um e dois. As maiores apostas são os seus próprios vereadores: Misael Galvão (foto) e Adevair Cabral, respectivamente, presidente e primeiro-secretário da Mesa Diretora da Câmara....

Retorno à Câmara após 6 mandatos

fulo 400 curtinha   Figura bastante popular, especialmente na região da Vila Operária, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (MDB), que foi vereador de Rondonópolis por seis mandatos, está de volta. Hoje suplente, ele assume provisoriamente nesta segunda a cadeira do titular Thiago Muniz, que pediu licença...

Bolsonaro nem aí para políticos de MT

nelson barbudo 400 curtinha   O cerimonial da Presidência da República deu de ombros para os políticos, inclusive para a bancada federal mato-grossense, na visita de Bolsonaro, sexta, em Sinop e Sorriso. Alguns tentaram, de forma insistente, tirar foto com o presidente. E até conseguiram. Mas o capitão preferiu...

Tião com Flávio e "pau" nos Campos

tiao da zaeli 400 curtinha   A maior bronca dos Campos em Várzea Grande hoje é com o ex-prefeito Tião da Zaeli (foto), que motivou o amigo e empresário Flávio Vargas, dono do frigorífico Frical, a entrar na disputa à sucessão municipal. E Flávio conseguiu construir um amplo arco de...

A única dos maiores fora da reeleição

rosana martinelli 400 curtinha   Seis dos 10 prefeitos dos maiores municípios de MT poderiam disputar a reeleição neste ano por estarem no primeiro mandato ou já tendo exercido outros não consecutivos. E, destes, somente Rosana Martinelli (foto), de Sinop, não se recandidatou. Percebeu dificuldades...

Poconé tem 4 no páreo; Euclides dança

euclides santos 400 curtinha   Em Poconé, o ex-prefeito Euclides Santos (foto) nadou e morreu na praia. Numa queda de braço dentro do PSDB, Euclides, que havia se mudado para Cuiabá e tem o filho na disputa para vereador, perdeu espaço e autonomia para a ex-prefeita Meire Adauto, presidente municipal da legenda tucana e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.