Órgãos

Sábado, 17 de Maio de 2014, 01h:20 | Atualizado: 18/05/2014, 09h:27

ELEIÇÃO NA UNEMAT

Em debate, candidatos apresentam propostas; Ana deve ser eleita reitora

Por três horas nesta sexta à noite, os dois candidatos à Reitoria da Unemat e seus vices travaram debate, no campus de Cáceres e, em alguns momentos, trocaram farpas. O clima acabou tenso, principalmente entre os universitários, que levaram espécie de torcida organizada. O duelo foi uma iniciativa do Sindicato dos Servidores Técnicos Administrativos (Sintesmat), da Associação Docente (Adunemat) e do Diretório Central dos Estudantes (DCE). A candidata da situação, professora Ana Di Renzo, se destacou. Aliás, nos bastidores, o comentário é que ela deve vencer a eleição, que acontece na próxima terça (20). Ana tem como vice da chapa Ariel Lopes Torres. Os candidatos oposicionistas a reitor e a vice são, respectivamente, Marcos Francisco e Antônio Malheiros.

O jornalista Jonas Silva mediou o debate. No primeiro bloco, os candidatos apresentaram as chapas e suas propostas; no segundo, responderam as perguntas realizadas pelos representantes dos três segmentos da universidade (docentes, discentes e técnicos); no terceiro, a rodada de perguntas foi realizada entre os próprios concorrentes; no quarto bloco, responderam a três perguntas sorteadas entre as encaminhadas pela plateia; e, no último bloco, expuseram as considerações finais.

unemat debate

Mediado pelo jornalista Jonas Silva, debate à Reitoria da Unemat, nesta sexta à noite, em Cáceres, mobilizou toda comunidade acadêmica e instigou os candidatos

Ana Di Renzo, que tem apoio do ex-reitor Adriano Silva e do atual Dionei José, destacou já ter ocupado o cargo de pró-reitora de Ensino e Graduação e a trajetória de 26 anos na Unemat, que detém orçamento de R$ 220 milhões e possui em seus quadros cerca de 20 mil alunos, 1,1 mil professores e 620 servidores técnicos-administrativos e está presente nos municípios com 13 campi.

Cada concorrente apresentou suas propostas e respondeu a questionamentos de ordem técnica, educacional e pedagógico e administrativo. Marcos defendeu a descentralização da universidade, considerando as diferenças entre os campi e maior estruturação. Ana, por sua vez, fez resgate das conquistas da Unemat no ano passado. Citou a aprovação da Emenda Constitucional 66, que garantiu a universidade a autonomia financeira e com isso recursos que chegarão a R$ 500 milhões até 2018, o que corresponde a 2,5% da receita corrente líquida do Estado. Prometeu, se eleita, fazer uma "expansão responsável e com estruturação dos campi", ponderando que hoje a instituição possui recursos para a execução de seu planejamento.

Postar um novo comentário

Comentários (79)

  • Juraci Silva | Segunda-Feira, 19 de Maio de 2014, 15h25
    3
    3

    DIA 20 É CHAPA 2 DIA 20 É CHAPA 2 DIA 20 É CHAPA 2 DIA 20 É CHAPA 2 E você que é Professor, Técnico, Acadêmico venha com a gente, o seu voto será muito valorizado pela Gestão do Prof. Marcos e Prof. Malheiros, tenham certeza disto. Não tenha medo ou vergonha de assumir essa candidatura porque com certeza é a melhor, mais decente, mais coerente e a mais honesta. Portanto DIA 20 VOTE CHAPA 2, PELAS MUDANÇAS QUE A UNEMAT QUER E QUE TODOS PRECISAM. Obrigada!

  • Maria Eduarda | Segunda-Feira, 19 de Maio de 2014, 10h29
    5
    3

    É visível que a CHAPA 2 está denegrindo a Instituição UNEMAT. Onde já se vil vetar o voto de alguém, isso é medo? Imaginem só se essa chapa 2 ganhar, o que será de quem não apoiaram eles? Vingança? é isso que eles estão pregando por todos os lados. Me espanta ver professores tão qualificados fazendo parte dessa sujeirada que a CHAPA 2 está fazendo. Isso não é eleição limpa, estão jogando sujo. Diga não a violência, Diga não as declarações preconceituosas de docentes aos servidores técnicos..., Digo sim: CHAPA 1 E JUNTOS SOMOS MAIS FORTES.

  • Moriel Campos | Segunda-Feira, 19 de Maio de 2014, 09h07
    5
    3

    Juntos somos mais fortes. Professora Ana e Ariel Lopes sinonimos de capacidade e competencia.... CHAPA 1

  • Tancredo | Domingo, 18 de Maio de 2014, 14h32
    7
    7

    Quando essa galera da chapa 2 começar a trabalhar PELA UNEMAT talvez tenham alguma chance. Só desprezaram todas as instâncias da universidade. Achincalharam Conselheiros eleitos, servidores de carreira, promoveram crises entre técnicos e docentes e continuam com práticas arcaicas de captcao de votos, pressionando alunos sob pena de reprovação e perda de bolsas científicas. Lástima de ação sem proposta, incentivo do caos, uma visao de quem nao sabe como contribuir para a melhoria da instituição. Sou Chapa1 por seu trabalho, sempre!

  • LUIZ | Domingo, 18 de Maio de 2014, 11h14
    11
    5

    BOM DIA. GOSTARIA DE SABER PQ ESTE COMENTÁRIO, FEITO POR MIM ONTEM NÃOÉ MAIS ACESSADO. ISSO É A MAIS PURA VERDADE AQUI EM CÁCERES. VEJAM O ELEVADO NÚMERO DE CURTIDAS DO MESMO. GOSTARIA DE UMA RESPOSTA. LUIZ | Sábado, 17 de Maio de 2014, 07h43 11 10 ME FIZ PRESENTE NO DEBATE E O QUE VÍ FOI MARCOS E MALHEIROS SENDO CARREGADOS POR ALUNOS, PROFISSIONAIS TÉCNICOS E DOCENTES. AO CONCEITUADO SITE RD NEWS: VAMOS AGUARDA DIA 20 APÓS APURAÇÃO PRÁ FALAR QUEM GANHOU. SENÃO VEJAMOS: A CHAPA 1 QUE COMO VCS MESMOS COLOCAM TEM O APOIO DO EX REITOR ADRIANO, NÃO FEZ nENHUMA PESQUISA DE INTENSÃO DE VOTOS PRÁ REITOR? FEZ SIM, MAS NÃO DIVULGOU PQ O RSULTADO FOI NEGATIVO PRÁ ELE (chapa 1). PORTANTO VAMOS SER IMPARCIAIS, MOSTRAR APENAS O DEBATE, FAZER UMA MATÉRIA FALANDO DO QUE AS DUAS CHAPAS APRESENTARAM,MOSTRAR OS MOMENTOS BONS DAS DUAS CHAPAS, O MOMENTO RUIM DAS DUAS CHAPAS. AÍ SIM SERÁ UMA MATÉRIA DIGNA DE UM DOS SITES MAIS ACESSADOS DE MATO GROSSO. NÃOVAMOS FAZER COMO A IMPRENSA CHAPA BRANCA DE CÁCERES.(Q POR UM BOTIJÃO DE GÁS, UMA COMPRA DE 100 REAIS NUM MERCADINHODA PERIFERIA, UM LITRÃO DE CRISTAL OU DOIS LITROS DE MARAJÁ VENDEM NOTÍCIAS TENDENCIOSAS QUE NAS MUITAS VEZES PREJUDICAM O DESENVOLVIMENTO DE CÁCERES E DA UNEMAT). POR FAVOR ROMILSON, PEÇO QUE NÃO BOICOTE MEU COMENTÁRIO, NÃO É OFENCIVO NÃO TRAS ACUSAÇÕES...FAÇA A DIFERENÇA. BOM DIA E OBRIGADO. Se achar que deve pode retirar a frase que está entre parenteses.

  • João Edson Fanaia | Domingo, 18 de Maio de 2014, 11h03
    5
    1

    Qual o percentual de leitores das propostas das Chapas, em relação à totalidade da comunidade acadêmica?

  • Adriane | Domingo, 18 de Maio de 2014, 09h25
    0
    0

    Como faço para ler todos os comentários?

  • Marco Pagel | Domingo, 18 de Maio de 2014, 09h03
    3
    6

    Observamos na ocasião do debate (16/05) a apresentação dos candidatos pelo representante do segmento docente, enquanto ex-proreitores. Sim, ambas as chapas são compostas por aqueles que foram e fizeram parte das gestões anteriores da Unemat; como os próprios assim o admitiram na ocasião. Então por quê a CHAPA 2 clama renovação? Renovar o quê? Renovar talvez o modo com que se propõem fazer gestão (do ensino, da pesquisa e da extensão) com o tom de VIOLÊNCIA a que se mostrou no debate. Sim, VIOLÊNCIA, quando os interlocutores da CHAPA 2 subsistiram possíveis proposições de gestão por acusações (a gestão que todos fizeram parte), minimamente inspirados no "show' do Ratinho. A violência tende a ser mantida quando é negada a força das ideias e dos ideais. Penso que a infraestrutura da Unemat atual não seja a ideal, bem como as atuais políticas de expansão de campi. Todavia, considero pior quando a VIOLÊNCIA enquanto ideal, pois é inibidora das ideias negando o diálogo. VIOLÊNCIA que tende a minar o diálogo político tão necessário com o governo do MT bem como os segmentos funcionais da UNEMAT, tão indispensável aos avanços tidos e os por vir. Por isso, APOIAMOS a CHAPA 1. Digo não a violência, Digo não as preconceituosas declarações de docentes aos servidores técnicos..., Digo sim: JUNTOS SOMOS MAIS FORTES.

  • JRnews | Domingo, 18 de Maio de 2014, 05h42
    0
    1

    JRnews, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Heider | Sábado, 17 de Maio de 2014, 20h52
    21
    12

    Nestas eleições o mesmo grupo que domina a Unemat por décadas quer continuar no Poder. Do outro lado, pessoas sérias estão se lançando para ajudar a instituição, colocar a mesma em seu lugar de destaque. Para quem concorda que o mesmo grupo que administra a Unemat deve continuar, visite a Biblioteca da instituição, verão apenas livros velhos e desatualizados. Renovação e seriedade Já.

Secretário terá de explicar contrato

alex vieira 400 curtinha   O secretário de Educação de Cuiabá, Alex Vieira (foto), tem dois dias para apresentar defesa ao TCE sobre uma representação da empresa F. M Paragas, propriedade de Fernando Marcelo, que apontou supostas irregularidades na contratação, por dispensa de...

Presidente da OAB e péssimo exemplo

leonardo campos 400 curtinha   Continua repercutindo muito mal, inclusive em âmbito nacional, o escândalo em que se envolveu Leonardo Campos, o Léo Capataz (foto), que acabou se afastando da presidência da OAB-MT. Deu um péssimo exemplo à sociedade. Ele foi parar na Delegacia, na semana passada, sob...

3 fortes para prefeito de Rondonópolis

ze do patio 400 curtinha   Apesar da "inflação" de prefeitáveis em Rondonópolis, com quase 10 se colocando como virtuais candidatos a prefeito, a disputa deve ficar acirrada mesmo entre três. Um deles é Zé do Pátio (foto), do Solidariedade. Vai tentar o terceiro mandato não consecutivo e...

Ex-deputada vai à vereadora em VG

zilda pereira 400 curtinha   A ex-deputada estadual Zilda Pereira Leite (foto) permaneceu pouco tempo na base dos Campos em Várzea Grande. Chateada por não ter sido renomeada como secretária de Educação, de cuja pasta havia se afastado por problemas de saúde, Zilda se filiou ao PSB, do pré-candidato...

Breunig destaca aprovação de contas

adriano breunig curtinha 400   O professor Adriano Breunig (foto), ex-adjunto e ex-secretário de Estado de Ciência e Tecnologia no Governo Silval e hoje diretor de Políticas de Desenvolvimento Institucional do IFMT, contesta o registro em Curtinha, apontando-o como candidato reserva e "vulnerável" à...

Borgato não sairá mais de secretaria

nilton borgato 400 curtinha   Nilton Borgato (foto), ex-prefeito de Glória D'Oeste e filiado ao PSD, não sairá mais do comando da secretaria estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação. Dias atrás, ele chegou a ser avisado pelo governador que seria substituído e que iria para o Escritório...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.