Órgãos

Quinta-Feira, 05 de Junho de 2014, 22h:02 | Atualizado: 06/06/2014, 15h:13

Ministério Público

Em reunião, Conselho Superior do MP já cogita a extinção do Gaeco

Pedro Alves

regenold_conversa.jpg

 Promotor Marcos Regenold, que está afastado do Gaeco, é investigado por MPF

O Conselho Superior do Ministério Público já considera a possibilidade de extinguir o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). A hipótese foi levantada na reunião a portas fechadas que ocorreu na última segunda (02). A informação é do jornal Diário de Cuiabá que circula nesta sexta (06)

Conforme a reportagem, a sugestão foi apresentada pelo procurador de Justiça João Batista de Almeida ao propor a extinção do Gaeco como última medida a ser adotada caso mudanças na estrutura não sejam eficazes. A possibilidade de extingui-lo é resultado das acusações do Ministério Público Federal (MPF) sobre suposto envolvimento do promotor de Justiça Marcos Regenold com o esquema de empréstimos fraudulentos, lavagem de dinheiro e outros crimes financeiros desbaratado pela Operação Ararath.

Afastado da função no Gaeco desde que o caso veio à tona, Regenold é apontado pelo MPF como colaborador de Eder Mores na tentativa de atrapalhar as investigações da Polícia Federal. O ex-secretário de Estado está preso no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília.

Debate 

A reportagem ainda mostra que os membros do Ministério Público presentes na reunião buscavam maneiras de fazer com que o Gaeco desempenhe melhor as funções delegadas. A extinção e substituição por promotorias especializadas foi apenas uma das possibilidades cogitadas. Também foram propostas mudanças na indicação dos membros com objetivo de coibir eventuais indicações políticas.  

Conselho Superior põe em xeque o Gaeco

 

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Arnaldo do gaeco | Sábado, 07 de Junho de 2014, 17h10
    0
    0

    Arnaldo do gaeco, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Arnaldo do gaeco | Sábado, 07 de Junho de 2014, 16h52
    0
    0

    Arnaldo do gaeco, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Ibrahim Ibrahim | Sábado, 07 de Junho de 2014, 09h39
    2
    0

    Realmente o MPE/MT tem muita satisfação a dar para a população de Mato Grosso, a qual, diga-se desde logo, mediante o pagamento de impostos escorchantes, garante o pagamento de salários polpudos aos Promotores e Procuradores e ainda financia valores milionários de cartas de créditos de 47 de seus integrantes, valores estes, convenhamos, não explicados a contento também, então é oportuno perguntar se a máquina calculadora do MPE/MT não estava com um “ligeiro defeito” na hora dos cálculos, haja vista os valores exacerbadamente elevados das tais cartas de crédito. É preciso transparência completa também neste detalhe, mas duvido que alguém do MPE vai explicar como chegaram a esses valores dignos de um prêmio básico de alguma loteria. Historicamente, o MPE/MT não tem sido uma instituição que transmita credibilidade para a população. Enquanto cidadãos, temos a certeza de que o MPE serve apenas para perturbar a existência de marginal POBRE, enquanto os tubarões do crime, os que têm colarinho branco (ou de outra cor, que seja), campeiam altaneiros e arrogantes na prática costumeira dos mais variados crimes. Por vez ou outra tínhamos o GAECO atuando, mas geralmente observamos que não há prosseguimento eficaz nas ações, as providências decorrentes ficam esperando não se sabe o que, dormitando em alguma gaveta burocrática do MPE, caso clássico do inquérito da Operação Cartas Marcadas, até agora esperando algum milagre institucional para ser movimentado com devida denúncia, ou estão esperando que os crimes prescrevam? Apenas para citar uma passagem com relação ao GAECO, em 2009 o responsável pelo órgão denunciou publicamente que Paulo Prado tinha recebido benesses indevidas (mais detalhes no link do TCE/MT http://www.tce.mt.gov.br/conteudo/show/sid/256/cid/8892/t/Promotor+denuncia+Paulo+Prado+). O caso, aliás como geralmente ocorre no Brasil e também no MPE/MT, foi abafado e contornado olimpicamente e todos os implicados, principalmente Paulo Prado, sairam ilesos. Resultado: Na primeira oportunidade Mauro Zaque foi retirado do GAECO e substituído sabem por quem? Paulo Prado! Bem conveniente e oportuno não é mesmo? Esta é a perspectiva de funcionamento do MPE/MT, realmente NUNCA, em nenhuma administração de qualquer Procurador-Geral houve interesse em colocar as mazelas do Órgão em pratos limpos e não seria agora com o escândalo das cartas de crédito; ninguém assume nenhuma responsabilidade, de forma transparente, punindo exemplarmente os desonestos e infratores da lei ou da ética, ÉTICA senhores, ÉTICA. Os órgãos de controle interno não funcionam, são meras formações burocráticas, nada mais, o Conselho Nacional do MP não atua, nada se vê dele, muito menos de sua ação disciplinar; diferentemente do CNJ do Poder Judiciário este bastante atuante, exemplo de MT onde o CNJ fez uma limpeza em metade do TJMT, sem dizer outros integrantes do judiciário de Mato Grosso sob investigação. Quanto ao CNMP, nada, creio que nem fazem questão de abrir algum procedimento para averiguar a situação do MP/MT e se abrem quando nós contribuintes saberemos dos resultados da devassa? Nunca! E se informam alguma coisa é com meias palavras e ainda, quem sabe, com murros na mesa mais próxima, conforme é o estilo patenteado pelo procurador Paulo Prado (alguém de bom senso se impressiona com o berreiro desesperado desse procurador?). Já partindo para a finalização desta manifestação, um detalhe chama a atenção, ora, o MP/MT é composto de dezenas de promotores e procuradores de justiça, é óbvio que lá atuam muitas pessoas de bem, honestas e dedicadas, também é óbvio que alguns deles são desidiosos, aproveitadores, oportunistas, mas o que espanta é que NÃO aparece NENHUMA dessas pessoas do BEM para contestar ou reclamar dessa forma de existência do órgão, existência voltada para interesses políticos e de proteção aos poderosos do momento, deixando a sociedade ao abandono, NINGUÉM contesta o fisiologismo, a manipulação interna de funções, o direcionamento deliberado de posicionamentos do órgão. Será que não tem ninguém preocupado REALMENTE com a situação de descrédito do MPE/MT perante a população e que proteste publicamente contra a penúria ideológica do MPE/MT, assim mostrando para a sociedade que no órgão ainda existem sim pessoas com honra, lealdade, moral e coragem para lutar em defesa da instituição tão combalida e enfraquecida em sua finalidade constitucional e muito pior, sem a confiança da população, sem crédito, desmoralizada, passando a imagem de que defende apenas os interesses dos grupos ligados ao poder. Reajam homens de bem do MPE/MT! Reajam! Mostrem sua cara, “comprem” sim briga com quem for, defendam a sua instituição de pessoas despreparadas para dirigi-la, protestem contra o péssimo caminho que as más administrações do órgão estão trilhando há longo tempo, digam não e não à destruição moral da instituição, pois é o que tem sido observado claramente ao longo do tempo. Todos os integrantes do MPE devem satisfações e muitas satisfações à população deste Estado que financia toda essa estrutura do Ministério Público e que não dá o devido retorno à sociedade. Com a palavra o MPE/MT ou será, mais uma vez, o SILÊNCIO a resposta?

  • marcelo | Sexta-Feira, 06 de Junho de 2014, 20h02
    3
    0

    Tem que acabar com muitas coisa porque não acaba com o Ministério Publico também não serve para nada só para ser capa de revista e chacota acabar com promotores, juízes, Tribunal de conta nem se fala tem ser estinto, prestação de contas tem que ser feita em praça publica junto da população quanto aos magistrados, trocar tudo deixar essas ONGS , para administrar a justiça para fazer justiça e não vexame como tão em todos os jornais.

  • Roberto | Quinta-Feira, 05 de Junho de 2014, 23h19
    16
    0

    Não tem que acabar com o GAECO, tem que tirar quem tem rabo preso de lá, apenas isso, Quanto mais gente procurando combater o crime organizado é melhor.

  • Zé Poxoréo | Quinta-Feira, 05 de Junho de 2014, 23h14
    0
    0

    Zé Poxoréo, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Marco | Quinta-Feira, 05 de Junho de 2014, 22h58
    5
    0

    Marco, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

PSD reforça nome de Flávio em VG

selleman mathias 400 curtinha psd vg   Chamou a atenção a presença do presidente do diretório do PSD, em Várzea Grande, Selleman Mathias (foto), no lançamento da candidatura do empresário Flávio Vargas (PSB) à sucessão da prefeita Lucimar Campos, nesta quarta. Ao que tudo...

Selo Amiga dos Animais pra empresas

misael galvao 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob Misael Galvão (foto), vai conceder o selo Amiga dos Animais para 20 empresas. Até o final do ano será realizada uma sessão solene para condecorar representantes dessas empresas. E também estão previstos a entrega da Ordem do Mérito...

Fecomércio vai à AL por menos ICMS

jose wenceslau 400 curtinha   O presidente da Fecomércio, José Wenceslau Souza Junior (foto), revelou nesta quarta, numa live ao RDTV, tv web do portal Rdnews, que vai procurar os deputados para reabrir o debate sobre a pesada carga tributária praticada em MT. Ele recorda que no final de 2019, o governo estadual alardeava que...

Gestores multados por irregularidades

arivaldo 400 curtinha   Dezenas de prefeitos e ex-gestores estão sendo multados por não enviar ao TCE prestação de contas periódica, informações e documentos obrigatórios, o que é considerado falha grave. Arivaldo Medeiros de Santana (foto), prefeito de São José do Povo,...

O "pai" da destruição de documentos

jose riva 400 curtinha   Na sua delação premiada, o ex-presidente da AL, José Riva (foto), acusa o presidente do TCE, Guilherme Maluf, de ter sumido com provas que incriminavam deputados quanto ao uso de suprimentos de fundos e verba indenizatória. Só que para o MPE, foi o próprio Riva quem organizou um...

DEM dividido e quase no colo de EP

emanuel pinheiro 400 curtinha   Num almoço na casa do prefeito Emanuel Pinheiro (foto), nesta quarta, lideranças da alta cúpula do DEM de Cuiabá e Várzea Grande discutiram possível apoio à reeleição do emedebista. Essa aproximação fere de morte o Palácio...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.