Órgãos

Quarta-Feira, 07 de Abril de 2021, 17h:59 | Atualizado: 07/04/2021, 18h:35

Tangará da Serra

MPE tenta recuperar dinheiro da "farra" da verba indenizatória na Câmara - leia

Reprodução

Vereador Fabao Tangará

O Presidente da Câmara Fábio Brito da Silva, o Fabão, está na lista dos que firmaram TAC

O Ministério Público Estadual (MPE), por meio da promotora de Justiça Fabiana da Costa Silva Vieira, instaurar inquérito civil para apurar o ressarcimento de verbas indenizatórias utilizadas de forma indevida por  ex-vereadores de Tangará da Serra (a 241,3 km de Cuiabá).

Como os ex-vereadores Weliton Ungaro Duarte e Miguel Romanhuk não quiseram firmar Termo de Ajustamento de Conduta (TAC)  sobre o uso indevido  da  verba indenizatória no período em que legislaram, estão sendo representados pelo MPE.

Ocorre que Miguel Romanhuk, que chegou a assumir a Prefeitura Municipal quando presidia a Câmara, faleceu em 2013. Por isso, a promotora está representando a viúva e as duas filhas do ex-vereador.

Segundo a Portaria, o objetivo do procedimento é apurar lesão ao “patrimônio público social” e violação   à Lei 8.429/92, que trata dos atos de Improbidade Administrativa. Com isso, o MPE pretende recuperar recursos gastos indevidamente, podendo até mover ação judicial.

Já os ex-vereadores  e vereadores  Luiz Henrique Barbosa Matias, Azenate Fernandes de Carvalho, Romer Sartor Yamashita, Melquezedeque Ferreira Soares, Nilton Dalla Pria, Wellington Rossiter Bezerra, Vânia Regina Ladeia Trettel, Valdeneide Ferreira Santana, Antônio Quirino dos Santos e Fábio Brito da Silva firmaram TAC sobre o uso da verba indenizatória e se comprometeram a devolver o recurso gasto indevidamente. Por isso, a Promotoria arquivou parcialmente a investigação sobre eles.

Na lista dos que se livraram da investigação e possível ação judicial por TAC estão Romer Yamashita, o Romer Japonês (PV), Valdeneide Santana, a Dona Neide (PSDB) e Fábio Brito da Silva, o Fábão (PSDB), que são vereadores na atual legislatura. Fabão, inclusive é o presidente da Câmara de Tangará da Serra.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...