Órgãos

Sábado, 01 de Fevereiro de 2014, 08h:47 | Atualizado: 01/02/2014, 08h:53

Senar

Produtor deixa de plantar por falta de trabalhadores e estrada, diz Senar

Rodinei Crescêncio

Tiago Matossinho

 Superintendente afirma que maiores problemas de MT são falta de trabalhadores e logística

As maiores dificuldades que o setor agropecuário encontra hoje em Mato Grosso são a logística precária e a falta de mão-de-obra especializada. “E a agricultura só cresce onde tem terra boa e estrada”, afirma Tiago Mattosinho, superintendente do Senar/MT.

Ele ainda comenta que, pelo menos no segundo caso, a instituição tem lutado para resolver o problema com cursos de capacitação por todo o Estado. Já o melhoramento e a manutenção da malha viária são competências do governo. “E muitas vezes o próprio produtor tenta consertar as estradas, já que precisa delas para o escoamento”, destaca durante entrevista ao Grupo RDNews.

Segundo o superintendente, é muito comum agricultores deixarem de plantar em mais hectares e expandirem porque não há quem possa trabalhar para eles. Sobram empregos, apesar de muitas vezes o salário oferecido ser ainda melhor do que o salário mínimo oficial e os que se encontram nas cidades maiores. O Senar busca preencher essa lacuna com profissionalização e capacitação para grandes e pequenos produtores. Os cursos são divididos em 14 cadeias produtivas, como soja, algodão, gado e outros. São 153 treinamentos e 17 programas que tem carga horária de 16 a 900 horas. “O Senar está presente em praticamente todo o Estado e atende cerca de 95% da cadeia de produção”, explica.

O orçamento do Senar em 2013 foi de quase R$ 40 milhões e Tiago prevê que em 2014 o valor seja o mesmo. Os recursos vêm dos próprios produtores, já que há uma lei que direciona 0,2% da arrecadação do setor para a instituição. “É o produtor investindo em si próprio”. De acordo com ele, hoje em Mato Grosso há 25 mil produtores sindicalizados e mais de 180 mil ligados à Fetagri. “Pelos sindicatos rurais que ficamos sabendo quais são as necessidades e demandas”, conta.

O agronegócio não tem uma região problemática em Mato Grosso. Mas os que mais precisam da capacitação e profissionalização são os locais de maior crescimento da agricultura. “E são nesses pontos que a mão-de-obra fica mais escassa”, salienta.

Expansão

Em 2014, o Senar pretende expandir cursos. Três modelos de centros de treinamentos serão construídos. O primeiro será em parceria com a Fetagri, no município de Várzea Grande, para 2.500 alunos por ano. Será um espaço para aulas teóricas e práticas.

O segundo modelo conta com cinco centros de capacitação avançada em cinco municípios (Barra do Bugres, Tangará da Serra, São José do Quatro Marcos, Primavera do Leste e Cáceres) construídos em parceria com os sindicatos rurais e cada um com capacidade para 1.500 alunos. 

O terceiro e mais ousado será o Centro de Excelência em Grãos, Fibras e Oleaginosas em Campo Novo dos Parecis. O município foi escolhido por ser onde a agricultura é mais diversificada. A expectativa é que até o final do ano estejam todos concluídos.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Zé Poxoréo | Sábado, 01 de Fevereiro de 2014, 09h37
    0
    0

    Interessante a entrevista! Mas, bem, se eu fosse o Peter Druck eu diria que escassez de mão de obra se resolve pagando bons salários. Agora o que me impressiona, aliás, o que espanta é o fato de que mesmo cada um dos nossos legisladores e governantes sendo proprietários de pequenos, pequenos na verdade são poucos, a maioria mesmo são grandes e gigantes latifundiários até agora serem incompetentes para resolverem a questão de infraestrutura logística no Estado. E o que espanta mais ainda é que os agropecuaristas tenderem a continuar batendo palmas e politicamente apoiando políticos que estão no poder a anos e que em nada contribuíram para resolver a questão! Então na realidade qual é o problema mesmo?

  • joaoderondonopolis | Sábado, 01 de Fevereiro de 2014, 09h11
    0
    0

    Olha a situação dos produtores, este governador está trabalhando contra o desenvolvimento do estado e causando prejuízos. Este foi de encomenda.

Neurilan critica Pivetta e faz campanha

otaviano pivetta 400 curtinha   Em discurso em Tangará da Serra, num evento promovido pela AMM que serviu de palanque eleitoral, Neurilan Fraga disparou críticas ao vice-governador Pivetta (foto), que também pretende concorrer ao Senado. Disse que Pivetta não aceita nem discutir o valor repassado hoje aos...

Evento da AMM para pré-candidatura

neurilan fraga 400   Neurilan Fraga (foto), que aproveita o trunfo de presidente da AMM para tentar projeção política, insiste na pré-candidatura ao Senado, mesmo com a filiação oficial ao PL fora do prazo exigido pela legislação, o que ensejará no indeferimento do registro. E...

Selma, carreata e "ciúmes políticos"

selma arruda 400 curtinha   Quem vê Selma Arruda (foto), senadora cassada por crimes eleitorais, e o ex-senador e federal José Medeiros afinados no Podemos, nem imagina que no pleito de 2018 ela optou por distanciá-lo motivada simplesmente por "ciúmes políticos". Selma carregava o slogan de "Senadora de Bolsonaro"....

Reunião pra debater viabilidade do VLT

wellington 400 curtinha   Após participar de uma reunião na Secretaria Nacional de Mobilidade Urbana, o senador Wellington (foto) revelou que no próxmo dia 10 vai ser realizado encontro com o secretário José Carlos Medalia e com integrantes do Governo de MT para discutir a viabilidade do VLT, cujas obras...

Estado reduz número de homicídios

alexandre bustamante curtinha 400   O secretário Alexandre Bustamante (foto), de Segurança Pública, está comemorando a redução do número de crimes em MT.  O Estado fechou 2019 com a menor taxa de homicídios dos últimos 10 anos. Nos 12 meses do ano passado foram contabilizados...

Acerto pra Pivetta se filiar ao Podemos

alvaro dias curtinha   Mais uma demonstração de que o senador Álvaro Dias (foto), líder do Podemos no Congresso, está ignorando a pré-candidatura ao Senado do seu próprio colega de partido, deputado José Medeiros. Álvaro já acertou com Pivetta apoio na disputa à...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Sobre a senadora Selma Arruda, que teve mandato cassado por caixa 2 e abuso de poder econômico, você acha que ela foi...

ingênua

corrupta

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.