Órgãos

Domingo, 29 de Março de 2020, 14h:50 | Atualizado: 29/03/2020, 15h:27

DENÚNCIA EM OFÍCIO

Sindicato denuncia uso “politiqueiro” do Creci pelo vice em defesa de Júlio e Dilmar

Vice do sindicato, Claudecir Contreira, afirma que a acusação de Juliano Lobato é “maldosa” e rebate

Montagem

Julio Campos e Dilmar

Júlio foi homenageado na Festa do Corretor de Imóveis e á Dilmar participou de uma live no Facebook em nome do Creci, conforme a denúncia de Lobato

O presidente do Sindicato dos Profissionais do Mercado Imobiliário de Mato Grosso (Sindimóveis-MT), Juliano Lobato, encaminhou ofício ao presidente do Conselho Regional dos Corretores de Imóveis (Creci) da 19ª Região, Benedito Odário, repudiando o que classifica como “uso politiqueiro do Conselho de Classe”. Segundo o documento, a entidade está sendo usada pelo vice-presidente, Claudecir Contreira, para beneficiar políticos do DEM.

O ofício afirma que o Creci foi usado para beneficiar o ex-governador Júlio Campos, pré-candidato ao Senado na eleição suspensa pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) por conta da pandemia do Coronavírus (Covid 19). Outro político que teria sido beneficiado pela postura de Claudecir Contreira é o deputado estadual Dilmar Dal Bosco.

PageFlips: Ofício enviado ao Creci

Conforme o ofício, Júlio foi homenageado na Festa do Corretor de Imóveis, em agosto do ano passado, financiada pelo Creci. Já Dilmar participou de uma live no Facebook, divulgada em nome do Conselho, que na avaliação de Juliano Lobato, serviu apenas para promoção pessoal do parlamentar.

“Desde o ano passado que temos presenciado o uso político do nosso Conselho de Classe com fins claros de promover figuras políticas com anunciado interesse em postularem cargos eletivos. Nada temos contra os nomes de Júlio Campos nem de Dilmar Dal Bosco. São figuras publicas que podem contribuir muito com as políticas públicas necessárias à categoria. O problema é a forma oportunista como essas homenagens e interferências estão ocorrendo”, diz trecho do oficio do Sindimóveis-MT.

No ofício, o Sindicato solicita que Claudecir Contreira mude de postura. Caso contrário, exige que renuncie à vice-presidência do Creci.

 “Enquanto no exercício do cargo eletivo, não há como separar a pessoa física da pessoa jurídica. Ser ético significa respeitar este cargo e a sua imagem pública.  Por sua reiterada atitude é que o sindicato dos corretores de imóveis repudia publicamente a atitude do vice-presidente do conselho de classe do Estado de Mato Grosso, Sr Claudecir Contreira,  de usar a imagem de nossa instituição em claro interesse polítiqueiro. Assuma seu cargo ou renuncie-o !”, conclui.

Claudecir nega acusação

Já Claudecir Contreira afirma que a acusação de Juliano Lobato é “maldosa” e não reflete a realidade. Sobre a homenagem a Júlio, lembra que o ex-governador fundou a primeira associação de corretores de Mato Grosso, ainda na década de 1980 e exerce a profissão até hoje.

“O que o Juliano Lobato omitiu no ofício é que a festa onde aconteceu a homenagem, que foi aprovada nas instâncias do Creci, foi em 2017. Nem havia discussão sobre o doutor Júlio ser candidato ao Senado. A informação está sendo deturpada”, pontuou.

 Em relação a live com Dilmar, sustenta que o objetivo foi fazer o debate institucional com o líder do governo na Assembleia, independente de partido político. Garante que os assuntos abordados foram de interesse da categoria como redução das taxas de escritura e registro em cartórios e criação de linha de crédito no MT Fomento para aliviar os efeitos da crise.

“Esse Sindicato tem 27 filiados e não representa a categoria, só faz panelinha. Enquanto o Juliano Lobato reclama, eu sigo trabalhando.  Essa semana, temos agendas como o secretário de Desenvolvimento Econômico César Miranda e com o governador Mauro Mendes. Também vamos debater com os senadores Jayme Campos e Wellington Fagundes a possibilidade de zerar a anuidade do Conselho neste ano e reduzir em 50% em 2021 devido a crise. Essa é nossa ação política”, concluiu.

Claudecir ainda explica que atualmente tem funções no Conselho Federal de Corretores de Imóveis (COFECI) e no Creci. "Sou vice-presidente Creci-MT, Conselheiro Federal suplente, no COFECI, e Membro da comissão de apoio legislativo do COFECI. Portanto, e principalmente pela última função, as articulações políticas fazem parte obrigatória do meu trabalho".

Leia nota

PageFlips: NOTA VICE-PRESIDENTE DO CRECI

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Leo | Segunda-Feira, 30 de Março de 2020, 06h42
    1
    0

    Quase sempre o CRECI de MT esteve sobre a influência de grandes empreiteiros que praticamente decidiam as eleições . Hoje não é diferente.

  • Katiane de Oliveira | Domingo, 29 de Março de 2020, 22h28
    1
    1

    Contreira hoje é defensor legítimo dos corretores. Não vejo mais ninguém empenhado em tentar nos defender. Esse sindicato não serve pra nada. O creci se não fosse por ele Contreira também não seria tão atuante.

  • Leonardo | Domingo, 29 de Março de 2020, 18h58
    2
    1

    Não apita nada dentro do conceituado creci, um sem moral, que adora uma desavença ou um bate-boca, apenas isso...

Irmão de prefeito não deporá à CPI

francisco faiad 400 curtinha   Por meio de seu advogado Francisco Faiad (foto), Marco Polo de Freitas Pinheiro, o Popó, dono do instituto de pesquisa Mark e irmão do prefeito Emanuel Pinheiro, comunicou oficialmente hoje à CPI do Paletó, da Câmara da Capital, que não irá prestar depoimento nesta...

Nome reserva e vulnerável para IFMT

adriano 400 curtinha   O grupo do reitor Willian de Paula deve consolidar como candidato ao comando do Instituto Federal de Mato Grosso o professor Julio Santos, diretor do Campus de Alta Floresta. A eleição acontece em novembro. Mas há um candidato reserva da cúpula situacionista. Trata-se de Adriano Breunig (foto), que...

Prefeito e sobrepreço em álcool gel

gustavo melo 400 curtinha   O prefeito de Alto Araguaia, Gustavo de Melo (foto), e sua secretária de Saúde, Manoela Nunes, têm cinco dias para apresentar defesa prévia ao TCE sobre uma denúncia de superfaturamento na compra de materiais de higienização destinados à prevenção do...

Procon decide fazer audiências virtuais

rosamaria 400 curtinha   Por causa da pandemia, que levou à suspensão dos serviços presenciais, a secretária estadual Rosamaria Ferreira (foto), de Assistência Social e Cidadania, e o adjunto de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor, Edmundo da Silva Taques, decidiram que agora o Procon-MT...

Empolgado e já morando em VG

emanuelzinho 400   O deputado federal Emanuelzinho (foto), do PTB, está tão empolgado com a possibilidade de concorrer a prefeito de Várzea Grande que não só transferiu o domicílio eleitoral de Cuiabá para o município vizinho, ainda no ano passado, como também alugou um apartamento...

Prorrogação de mandatos até 2022

Muitos prefeitos e vereadores já trabalham com a hipótese de ganharem mais dois anos de mandato, "esticando" o atual para 2022. O Senado está prestes a aprovar uma PEC para tornar coincidentes os mandatos eletivos. Nesse caso, mandato dos prefeitos, vice e dos vereadores, eleitos em 2016, teria duração de seis anos. E, a partir das urnas de 2022, as eleições passariam a ser gerais para presidente, governadores, prefeitos, senadores, deputados e...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você conhece alguém próximo que foi infectado pelo coronavírus?

sim

não

em dúvida

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.