Órgãos

Sábado, 19 de Junho de 2010, 07h:37 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:26

Unemat

Stábile declara apoio a Adriano

   O presidente da OAB-MT, Cláudio Stábile, decidiu apoiar o nome do professor Adriano Silva na eleição que irá definir o novo reitor da Unemat. Nesta sexta (18), enquanto participava de uma reunião com os conselheiros da OAB em Cáceres, o presidente foi convidado à comparecer ao debate com alunos e professores do curso de Direito sobre os problemas enfrentados pela comunidade acadêmica. Stábile percorreu as salas de aula ladeado pelo conselheiro federal e ex-presidente da OAB-MT, Francisco Faiad, e pelo procurador do Estado, Bruno Homem de Melo, além do presidente da Comissão de Direito Eleitoral, José Renato, e pelos conselheiros Marcelo Horn e Fábio de Sá.

   Stábile justifica o apoio porque Adriano é "o único advogado concorrendo à reitoria da Unemat" e acredita que esta eleição será histórica. O presidente aposta na integridade do candidato, por já ter sido seu aluno e relembra que Adriano participou de sua campanha e gestão na OAB. "Ele fez parte da nossa chapa, que saiu vitoriosa, nas eleições da OAB". O ex-presidente Francisco Faiad, ratificou os argumentos do presidente e ressaltou a importância de Adriano quando integrou a Comissão de Ensino da Ordem. 

   Adriano possui respaldo político no pleito. Ele conta, por exemplo, com o apoio do deputado federal Pedro Henry (PP) e do atual reitor da Unemat, Taisir Karim, que ocupa o cargo há oito anos. Isso deixa a disputa ainda mais acirrada. Adriano admite problemas e diz que pretende atuar para resolvê-los. O atual vice-reitor Elias Renato da Silva rompeu os laços com Taisir e agora briga para ser titular. Elias ventila aos “quatro cantos” que a atual gestão enfrenta 79 procedimentos investigatórios e mais 14 ações civis públicas.

   A existência das investigações foi confirmada pelo promotor de Justiça de Cáceres, André Luiz Almeida, durante depoimento na CPI da Unemat. Hoje as investigações do Legislativo estão paralisadas sob a responsabilidade da Promotoria da Capital. Atingem também supostos abusos nas gestão da universidade. Uma das diversas apurações dão conta de que Taisir teria transformado a universidade em cabide de empregos, inclusive favorecido parentes. O reitor não chegou a depor aos membros da CPI para aproveitar o momento e responder às acusações.

   Além de Adriano e Elias, também concorre à reitoria a professora Edna Luzia de Almeida Sampaio que, por sua vez, tem apoio do deputado federal Carlos Abicalil.

Postar um novo comentário

Comentários (12)

  • acadêmica de direito | Sexta-Feira, 25 de Junho de 2010, 12h24
    0
    0

    a Unemat vai MUITO além do que apenas o âmbito do curso de direito. quer dizer que o curso de direito sofreria possíveis prejuízos em virtude de um reitor(a) "não advogado, sem a parceria da OAB/MT? a política é suja, e cheia de intersses. sinto vergonha alheia pelo comentário logo abaixo. por uma UNEMAT INTEIRA!

  • ELIZANDRA | Sábado, 19 de Junho de 2010, 23h28
    0
    0

    Se meu apoio pode ser publicado neste site, apóio Professor ELIAS, sei do compromisso deste professor com a Unemat, nunca arredou seu pé daqui, onde fez mestrado e doutorado. Preocupado com o reconhecimento, organização e avalização dos cursos, defendeu no Conselho Estadual de Educação a Unemat em todos momentos. Denunciou o que via de errado, mas sem tentar destruir a Universidade que é importante em todas cidades que está instalada. Sei que não sou presidente da OAB, mas gostaria que publicassem meu apoio, pois hoje o professor Elias é o candidato que conhece a estrutura e a comunidade desta Universidade e tem condições de melhora la cada vez mais.

  • Denizalde Pereira | Sábado, 19 de Junho de 2010, 21h30
    0
    0

    A OAB deveria por seu representante para trabalhar, já que destacou um para acompanhar a CPI da UNEMAT e apurar a roubalheira que se instalou na instituição. Quem são os autores, ninguém sabe, mas há documentos na CPI que comprovam gastos com obras que inexistem, empresas fantasmas. A reitoria mutilou provas que poderiam alterar os rumos do Concurso Público e o Ministério Público ainda não se manifestou. A OAB contribuiria muito mais com o povo do Mato Grosso exigindo a verdade dos fatos do que tentando influenciar em questões internas. Mas, depois que compuseram o "teatro" da "audiência pública" para proteger suspeitos de destruir a Amazônia, pode-se esperar qualquer coisa da OAB/MT. Ass: Prof. Dr. Denizalde Pereira, UNEMAT, Sinop

  • luizinho do dito gato | Sábado, 19 de Junho de 2010, 19h09
    0
    0

    Olha aqui sr. Marcelo, prá ser Reitor da Unemat tem que ser sim Advogado, tem que ser de cáceres tem que ser Adriano, ele é o melhor e eu vou ser contratado na Unemat. E o resto que se dane. Fuiiiii.

  • Marcos | Sábado, 19 de Junho de 2010, 14h43
    0
    0

    É seu Stpabile, caiu de paraquedas nessa!! Não imaginava a quantas vai o candidato Adriano e a sua Cúpula e teve dor de cabeça na FADIR!!

  • Rafael | Sábado, 19 de Junho de 2010, 14h06
    0
    0

    Univesidade é pra quem entende de universidade e não para advogados,este é mais um equivoco lamentavél de quem não entende o que é nas vias de fato uma univesidade...meu repudio total a essa declaração....

  • João Batista de Souza | Sábado, 19 de Junho de 2010, 13h04
    0
    0

    Estou concluindo o curso de Direito na Unemat e não voto neste grupo, não pelo candidato em si, mas pelo grupo político que o apóia, entre eles até ficha suja.

  • Marcos | Sábado, 19 de Junho de 2010, 12h05
    0
    0

    Parabéns ao presidente da OAB Cáceres que não aceitou acompanhar essa campanha vergonhosa nas salas para esse candidato do Pedro Henry/Riva, pois esse grupo está envergonhando Cáceres com seus 79 procedimentos investigativos e dezenas de ações civis públicas. A Unemat somente cumpre a lei se o MP intervir e mesmo assim apagaram as imagens das câmeras do Concurso, é muita coisa para se averiguar, e o TCE nada de agir, é uma vergonha. Quero ver agora que chefe do grupo está inelegível pois é Ficha Suja! A casa pode cair, cuidado!

  • Orlandir Cavalcante | Sábado, 19 de Junho de 2010, 08h45
    0
    0

    Na época em que estudei na UNEMAT os melhores professores que tive foram aqueles que sendo bacharéis em Direito, dedicavam ( ou dedicam) ao magistério, ou seja, os melhores professores são professores e não advogados, assim torço para que um/a professor/a ganhe a reitoria da UNEMAT e não um advogado...

  • Patrícia | Sábado, 19 de Junho de 2010, 08h36
    0
    0

    Acorda STÁBILE!!!!! Educação é para educador assim como o judiciário é para Advogado. A educação só melhora se tiver na gestão bons educadores.

TCE-MT aprova e elogia gestão Binotti

binotti 400 curtinha   O conselheiro interino do TCE, Isaías Lopes, rasgou elogios ao primeiro ano de mandato do prefeito e empresário Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Relator das contas do exercício de 2018 da prefeitura, com aprovação unânime pelo Pleno, Isaías destacou que os resultados...

Primavera fará 4 intervenções na BR

leonardo 400 curtinha   Com recursos próprios, a Prefeitura de Primavera do Leste fará quatro intervenções na BR-070, no perímetro urbano, com readaptação e construção de trevos para ajustar o trânsito a uma nova e moderna realidade do município com quase 100 mil...

Vice do DEM-Cuiabá elogia gestão EP

joao celestino 400 curtinha   O advogado João Celestino (foto), vice-presidente da comissão provisória do DEM de Cuiabá e ligado ao senador Jayme Campos, se mostra simpático à gestão Emanuel Pinheiro, do MDB. Aliás, na segunda, Celestino fez uma visita ao prefeito e elogiou a...

Prefeito Beto faz mistério sobre apoio

beto farias 400 curtinha   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (foto), que está no segundo mandato e com a popularidade em alta, não revela quem apoiará para a disputa à sucessão, nem para aqueles aliados mais próximos. Quando perguntado, o emedebista costuma dizer que não está...

Filho de ex-prefeito, enfim, é cassado

thomaz 400 curtinha   Quase dois anos depois de cassado, enfim, o vereador tucano de Chapada dos Guimarães, Thomas Jefferson Xavier (foto), deixa efetivamente o cargo. O juiz Ramon Fagundes Botelho, da 34ª Zona Eleitoral, determinou, em decisão da última quinta (7), que a presidência da Câmara convoque de...

Bolsonaro, partido, Barbudo e Galli

nelson barbudo 400 curtinha   Da bancada federal de MT, composta por 11 parlamentares, apenas um deve acompanhar o presidente Bolsonaro para outro partido: Nelson Barbudo (foto). Ele vai sair do PSL junto com o capitão. A intenção de Bolsonaro é de se desfiliar e ficar um bom tempo sem partido. Até lá...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.