Órgãos

Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 17h:05 | Atualizado: 12/08/2019, 18h:06

CORTES

TCE-MT busca reequilíbrio financeiro com demissão e revisão de contratos do órgão

Rodinei Crescêncio

 Domingos Neto no Semin�rio Ajuste Fiscal ou Desgoverno

Presidente Domingos Neto, por meio de comunicado, anunciou medidas para reduzir gastos

O Presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), conselheiro Domingos Neto, anunciou que serão adotadas uma série de medidas visando restabelecer o equilíbrio financeiro e orçamentário do órgão. As medidas serão necessárias para o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e deverão ser implementadas até o final do exercício de 2019.

Segundo comunicado do TCE-MT, serão adotadas medidas administrativas imediatas como exonerações e redução dos cargos em cessão. Além disso, será enviado um projeto de lei à Assembleia com a readequação da estrutura organizacional dos cargos comissionados.

Domingos Neto destacou que será imprescindível a compreensão dos conselheiros, dos procuradores e dos servidores do órgão para a retomada dos limites da LRF.  Ressaltou, ainda, a emissão de alerta pela relatora das contas de 2018, conselheira Jaqueline Jacobsen Marques.

Ainda nessa linha, a Presidência do TCE-MT  frisou que não se preocupou somente com gastos com pessoal. Para comprovar, lembra que anteriormente fez um levantamento das despesas, avaliando as necessidades do órgão e, assim, determinou a redução no percentual dos contratos, compras em geral, diárias e demais instrumentos.

A Presidência também ressaltou que os estudos já estão em andamento e contam com o devido suporte das Secretarias Executivas de Gestão de Pessoas e de Orçamento, Finanças e Contabilidade. "O desafio de ajustar a folha aos limites exigidos pela lei será grande, mas teremos que fazê-lo.", assinalou Domingos Neto.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Marian | Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, 11h52
    4
    0

    O TCE tem sim que fazer o dever de casa, segundo as más línguas, com exceção dos servidores concursados, lá é um cabidão de empregos, para acomodar aliados políticos, evangélicos, etc., ou seja um verdadeiro nepotismo cruzado. O PAU QUE BATE EM CHICO, DEVE BATER EM FRANCISCO.

Matéria(s) relacionada(s):

4 órgãos do Estado no monitoramento

Como parte de um projeto piloto, quatro órgãos públicos do Estado estão sendo monitorados em tempo real, com câmeras analíticas que fazem o videomonitoramento. Nas funcionalidades do sistema estão até simulações de ativação de alarme e botão do pânico. As câmeras estão instaladas na 10ª Ciretran, na Superintendência de Assistência Farmacêutica e em duas...

Governo inaugura posto na fronteira

mauro mendes 400 curtinha   O governador Mauro Mendes (foto) inaugura na quarta o Posto do Limão, do Gefron, na região de Cáceres. Decola para Cáceres logo cedo e pousa na pista da fazenda Santa Helena. Dali segue 14 km de carro até o posto a ser inaugurado. O chefe do Executivo vai aproveitar para fazer um...

Estiagem faz Tangará racionar água

renato_golveia_curtinha400   A estiagem severa que castiga o Estado e provoca milhares de focos de incêndio, começa a afetar o sistema de abastecimento de água. Em Cuiabá, a concessionária pediu uso consciente da água. Já em Tangará, a situação ganha contornos dramáticos. O...

Lucas arrecada R$ 58 mi em impostos

binotticurtinha_400   Lucas do Rio Verde, sob Luiz Binotti (PSD), arrecadou R$ 58,274 milhões em impostos de 1º de janeiro até 13 de setembro deste ano, às 17h. Os dados são do Impostômetro e foram divulgados pela Fecomércio. No mesmo período em 2018, foram R$ 52,493 milhões. Nos 12 meses...

De fora da disputa em Rondonópolis

percival muniz 400   O pecuarista Percival Muniz (foto), hoje "mergulhado" nas duas fazendas na região do Xingu, adianta que não será candidato a prefeito de Rondonópolis, posto já ocupado por ele por três vezes. Mesmo com recall junto à população de bom gestor e popular, ele é...

Conselheira e o faturamento familiar

jaqueline jacobsen curtinha 400   Está repercutindo muito mal para a conselheira substituta do TCE-MT Jaqueline Jacobsen (foto) a notícia publicada pelo site O Livre, nesta sexta, de que a sua irmã, advogada Camila Jacobsen, em sociedade com Eveline Guerra, filha da conselheira, são sócias da "Jacobsen &...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.