Órgãos

Segunda-Feira, 12 de Agosto de 2019, 17h:05 | Atualizado: 12/08/2019, 18h:06

CORTES

TCE-MT busca reequilíbrio financeiro com demissão e revisão de contratos do órgão

Rodinei Crescêncio

 Domingos Neto no Semin�rio Ajuste Fiscal ou Desgoverno

Presidente Domingos Neto, por meio de comunicado, anunciou medidas para reduzir gastos

O Presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), conselheiro Domingos Neto, anunciou que serão adotadas uma série de medidas visando restabelecer o equilíbrio financeiro e orçamentário do órgão. As medidas serão necessárias para o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) e deverão ser implementadas até o final do exercício de 2019.

Segundo comunicado do TCE-MT, serão adotadas medidas administrativas imediatas como exonerações e redução dos cargos em cessão. Além disso, será enviado um projeto de lei à Assembleia com a readequação da estrutura organizacional dos cargos comissionados.

Domingos Neto destacou que será imprescindível a compreensão dos conselheiros, dos procuradores e dos servidores do órgão para a retomada dos limites da LRF.  Ressaltou, ainda, a emissão de alerta pela relatora das contas de 2018, conselheira Jaqueline Jacobsen Marques.

Ainda nessa linha, a Presidência do TCE-MT  frisou que não se preocupou somente com gastos com pessoal. Para comprovar, lembra que anteriormente fez um levantamento das despesas, avaliando as necessidades do órgão e, assim, determinou a redução no percentual dos contratos, compras em geral, diárias e demais instrumentos.

A Presidência também ressaltou que os estudos já estão em andamento e contam com o devido suporte das Secretarias Executivas de Gestão de Pessoas e de Orçamento, Finanças e Contabilidade. "O desafio de ajustar a folha aos limites exigidos pela lei será grande, mas teremos que fazê-lo.", assinalou Domingos Neto.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Marian | Terça-Feira, 13 de Agosto de 2019, 11h52
    4
    0

    O TCE tem sim que fazer o dever de casa, segundo as más línguas, com exceção dos servidores concursados, lá é um cabidão de empregos, para acomodar aliados políticos, evangélicos, etc., ou seja um verdadeiro nepotismo cruzado. O PAU QUE BATE EM CHICO, DEVE BATER EM FRANCISCO.

Galvan vai deixar PDT e ir pra o PRTB

antonio galvan 400 curtinha   Embora não tenha perdido de vistas o Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado por Bolsonaro, Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja e que acabou levado à frigideira dentro do PDT em meio ao embate por tentativa de candidatura ao Senado, se mostra disposto a ingressar no...

"Pátio igual gato, comendo e miando"

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, disse que o prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, está parecendo gato, comendo e miando, pois recebe recursos federais, inclusive de programas habitacionais e, mesmo assim, ainda alardeia nos...

Adair lançará ex-vice em Alto Paraguai

adair 400 curtinha   O ex-prefeito de Alto Paraguai, advogado emedebista Adair José Alves Moreira (foto), não vai disputar novamente, apesar da insistência do seu grupo. A tendência é de apoiar o seu ex-vice Luiz Figueiredo, com quem administrou a cidade de 2013 a 2016. Luiz também é do MDB e...

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

Lúdio desiste e PT perde com Barranco

ludio cabral 400 curtinha   O deputado Lúdio Cabral (foto) estava se movimentando para tentar convencer o PT a lançá-lo ao Senado, por aclamação, e ainda instigar o diretório estadual a buscar recursos junto à Nacional para a campanha. Mas o tiro saiu pela culatra. O guru do partido no Estado,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.