Órgãos

Quinta-Feira, 19 de Dezembro de 2019, 08h:38 | Atualizado: 19/12/2019, 18h:38

Poconé

TCE-MT pede intervenção na prefeitura de Poconé por falta de prestação de contas

tata amaral 680

Prefeito de Poconé Tata do Amaral reclama que não é razoável pedir reprovação das contas

O Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) pediu a reprovação das contas de 2018 da prefeitura de Poconé e, consequentemente, que o Estado faça uma intervenção no município pela falta de prestação de contas. O julgamento foi por unanimidade na sessão de quarta (18).

O prefeito Atail Marques do Amaral, o Tatá Amaral (DEM), se defendeu no processo alegando que “não parece razoável” pedir a reprovação das contas de governo sem considerar “a parcela de responsabilidade pelas inconsistências apresentadas pelo sistema SIGESPMT, desde o início de sua implantação”. A tese do prefeito era de que o sistema do TCE-MT teria apresentado problemas durante o uso pelos servidores da prefeitura.

No relatório técnico do TCE-MT é apontado que o prazo para envio da prestação de contas anuais de 2018 se encerrou em 16 de abril de 2019. Também não foram encaminhadas as cargas mensais de informações dos meses de janeiro a dezembro de 2018, descumprindo a Constituição e também normas do próprio TCE-MT.

O relator, conselheiro João Batista De Camargo Junior, já havia pedido a reprovação e a intervenção em uma sessão anterior do TCE-MT. O conselheiro Luiz Henrique Lima pediu vistas para analisar o processo.

“Eu solicitei vistas e recordo a discussão que tivemos porque entendo que não devemos nos apegar a um formalismo exagerado em relação a Aplic ou Sigesp, o cerne da discussão das contas de governo não pode ser se os dados foram inseridos nesse ou naquele sistema, se teve problema no sistema, tinha que ser as contas propriamente ditas. A observância dos limites legais e constitucionais, a higidez fiscal, financeira, orçamentária, isso que é objeto do nosso trabalho, e não um formalismo exagerado, que felizmente já está sendo superado na doutrina processual brasileira”, ponderou Luiz Henrique na sessão.

O conselheiro reiterou sua crítica ao “formalismo exagerado”, mas disse entender que não teria havido esforço suficiente do prefeito para sanar os problemas e fazer o envio das prestações de contas de todo o ano de 2018.

O TCE-MT e a prefeitura haviam feito um acordo para que os sistemas fossem implementados no município. Contudo, por descumprimento de obrigações da prefeitura, o órgão acabou por romper a parceria no final de 2016.

“Mergulhando nos autos, eu verifiquei que assiste razão ao relator. Porque embora a crítica ao Sigesp seja procedente, pelo que depreendi da tramitação processual, o gestor se agarrou a ela como um escudo. Não foi diligente desde o início no esforço de prestação de contas. Somente após muito tempo ele se apresentou e se esforçou, e aí enfrentou dificuldades que considero reais, e se agarrou a essas dificuldades como desculpa para a sua intempestividade e inadimplência”, opinou.

Além de pedir que o governo do Estado faça uma intervenção no município, o TCE-MT também encaminhou a decisão à Câmara Municipal de Poconé, que é quem deve aprovar ou reprovar as contas, e também ao Tribunal de Justiça e ao Ministério Público Estadual (MPE).

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Pantaneira | Quinta-Feira, 19 de Dezembro de 2019, 12h40
    2
    0

    É uma falta de VERGONHA pra um gestor um TCE pedir INTERVENÇÃO do Estado,do MP e ainda do Tribunal de Justiça no município!!!!É sinal que a COISA TÁ PRETA NÉ PREFEITO TATÁ?

  • OLHO VIVO | Quinta-Feira, 19 de Dezembro de 2019, 11h35
    2
    0

    MEU DEUS!!!!AO PONTO QUE CHEGOU ESSA ADMINISTRAÇÃO TATÁ AMARAL!!!!É SINAL QUE O BICHO VAI PEGAR!!!!AGORA QUE VEREMOS QUAIS VEREADORES QUE IRÃO VOTAR EM FAVOR DO INTERESSE DO POVO OU DO INTERESSE DO PREFEITO!!!É SÓ ESPERAR PRA VER!!!

Matéria(s) relacionada(s):

Pivetta promete permanecer no PDT

allan kardec 400 curtinha   O empresário Otaviano Pivetta, que se tornou o mais badalado nesta fase de pré-campanha ao Senado por causa da grande logística em torno do seu nome, se encontra numa saia-justa. Para líderes do Podemos com os quais passou a ter afinidade política, como os senadores Álvaro Dias e...

Ao Senado, 2 partidos e apoio para EP

elizeu nascimento 400 curtinha   Elizeu Nascimento (foto), terceiro-sargento PM licenciado, não é nada bobo. Ex-vereador pela Capital e no mandato de deputado estadual, Elizeu hoje controla o DC-MT e ainda levou aliados de confiança para o PSL-MT, partido que ainda está ligado ao presidente Bolsonaro e que só de...

Digital de Selma no apoio para Pivetta

olga lustosa curtinha 400   Mesmo com laços antigos de amizade com Otaviano Pivetta, Olga Lustosa, que está se desligando do cargo de assessora do gabinete da senadora cassada Selma Arruda em Brasília, causou aquele climão dentro do Podemos quando apareceu no encontro do PDT, neste sábado. O ato marcou o...

Fritado ao Senado, Galvan deixará PDT

antonio galvan 400 curtinha   Como já esperado, o presidente da Aprosoja, Antonio Galvan (foto), foi mesmo patrolado dentro do PDT estadual na tentativa de concorrer ao Senado na suplementar de abril. Com a decisão oficial do partido de lançar o vice-governador Otaviano Pivetta à disputa, Galvan agora pensa em sair da...

Contratos suspensos de 7 prefeituras

domingos neto 400 curtinha   O conselheiro do TCE-MT, Domingos Neto, determinou, até julgamento do mérito, a suspensão de pagamento por sete prefeituras à Oscip Tupã. Ele é relator de uma representação feita pelo Ministério Público de Contas contra as prefeituras de Vera,...

Contrariando estatística do governador

silvano amaral 400 curtinha   Mais um secretário de Estado contraria a estatística do governador Mauro, que no ano passado se orgulhou de anunciar que nenhum dos integrantes do primeiro escalão respondia por condenação judicial. O emedebista Silvano Amaral (foto), ex-deputado, ex-secretário de...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.