Órgãos

Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2021, 08h:22 | Atualizado: 25/01/2021, 08h:27

CONSELHEIRO AFASTADO

TCE retoma atividades presenciais e Maluf avalia pedido de aposentadoria de Teis

Nesta segunda (25), o presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT), Guilherme Maluf, deve ter em mãos para analisar o pedido de aposentadoria do conselheiro Waldir Teis. O prazo foi estendido, após Maluf adiar o retorno das atividades presenciais do órgão devido ao aumento de casos de Covid-19.

Assessoria/TCE

waldir teis

O conselheiro Waldir Teis está em liberdade provisória e pediu a aposentadoria no TCE-MT

Teis entrou com o protocolo em 16 de dezembro, véspera do recesso da Corte de Contas, e os prazos estavam suspensos até 20 de janeiro, quando voltaram a contar os cinco dias que a Gestão de Pessoas tem para entregar o relatório com a contagem de tempo de serviço e se Teis preenche os requisitos para aposentadoria.

De acordo com normativa interna (nº 2/2011), o trâmite é que o relatório vá para o Jurídico, mas Maluf, quer tomar conhecimento antes, já que ele é o responsável pela decisão que ainda precisa ser referendada pelo governador Mauro Mendes (DEM).

Segundo o apurou, apesar de ter decisão negando aposentadoria Antonio Joaquim, o caso de Teis pode ter outro desfecho. Ambos estão afastados das funções desde setembro de 2017 em decorrência da Operação Ararath. Joaquim tentou aposentar, mas o ex-governador Pedro Taques (SD) não quis decidir sozinho e consultou o Supremo Tribunal Federal (STF), que barrou a tentativa.

Contudo, o STF pode autorizar no caso de Teis, pois se as investigações apontem, no futuro, alguma ilicitude praticada pelo conselheiro, a aposentadoria pode ser revista e ele poderá perder o benefício por meio de uma pena acessória.

Dança das cadeiras

Nos bastidores, a movimentação pela aposentadoria de Teis mexe com o cenário político. Ele é cotado para a vaga, o presidente da Assembleia Eduardo Botelho (DEM), principal aliado do governador Mauro Mendes (DEM). Se for para o TCE-MT, Botelho deixa no comando da AL a deputada Janaína Riva (MDB), um dos nomes possíveis para a disputa pelo governo em 2022.

Tony Ribeiro/TCE-MT

Guilherme Maluf

O presidente Guilherme Maluf deve decidir sobre o pedido de aposentadoria feito por Teis

O apelo ao STF pode surtir efeito, pois a defesa deve alegar ainda a demora no andamento do caso que deixou o TCE-MT com apenas um conselheiro titular até a ida de Guilherme Maluf, em 1º de março de 2019, após a Justiça decidir sobre a vaga deixada por Humberto Bosaipo que renunciou em 2014. À época, a indicação de Janete Riva (mãe de Janaína) foi suspensa pelo Tribunal de Justiça.

O TCE-MT passou a contar com 3 conselheiros titulares em 2020 quando Valter Albano, também afastado na Ararath, conseguiu voltar por meio de recurso, o que não foi possível para José Carlos Novelli e Sérgio Ricardo.

Apesar de não ter tentado voltar ao cargo, Teis acabou se envolvendo em outro escândalo quando foi flagrado por policial federal tentando esconder folhas de cheque durante busca e apreensão da 16ª fase da Ararath, em junho do ano passado.

Em imagens de câmeras de segurança, ele aparece descendo 16 andares pela escadaria do prédio onde tem escritório e depois descartando os cheques em uma lixeira. O conselheiro ficou preso por 34 dias no Centro de Custódia da Capital e está em liberdade provisória.

Funcionário de carreira do Grupo Amaggi (1984 a 2002), do ex-governador Blairo Maggi (PP), Teis não tem perfil político. Contador, ele foi secretário de Fazenda (2003 a 2007) de Blairo e, depois, indicado ao TCE-MT. Empossado em 2007 após indicação da Assembleia, já foi presidente (2014/2015), vice-presidente (2012/2013) e ouvidor-geral (2016/2017).

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • fofoqueiro | Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2021, 13h06
    1
    0

    MUITO ENGRAÇADO, SERVIDOR DO TCE FALANDO MAL DOS HOMENS QUE COLORAM VCS LÁ, MUITO FACIL CHEGAR AQUI E DIZER QUE TEM NOJO, MAIS QUANDO ELES ESTAVAM NA ATIVA, SÓ FALTAVAM CARREGAR NO COLO. TENHA DIGNIDADE DE PEDIR DEMISSÃO AO INVES DE CUSPIR NO PRATO QUE TE SUSTENTA...

  • JUSTO VERISSÍMO | Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2021, 10h43
    7
    1

    O sujeito com processo em ação e se brincar ainda vai ae aposentar, e ainda rir da nossa cara.

  • jj | Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2021, 10h43
    5
    1

    ZÉ BURGUES, só não volta as aulas por que o PT, Dep. Rosa Neide. Dep. Barranco e Dep. Ludio Cabral, que esta atrapalhando o governo voltar as aulas. é isso ai colega. essa cambada de comunitas

  • Paulo | Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2021, 10h06
    6
    1

    Aposto que vão aposentar esse homem. Uma mão lava a outra.

  • Ze Burguês | Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2021, 09h25
    5
    0

    Até que enfim esses desocupados voltaram. Na area externa arena Pantanal ,sexta-feira passada, um monte de professores se esfregando sem máscara comemorando acesso Cuiabá série A. Se pode festa, tem que voltar aulas. Estamos fartos de sustentar esses parasitas pra ficar em casa assistindo NETFLIX e tomando vinho do Porto.

  • Ricardo | Segunda-Feira, 25 de Janeiro de 2021, 09h02
    9
    0

    Eu tenho nojo desse Tribunal que Faz de Contas

Setores vivem tensão e são castigados

Gilberto Figueiredo Artigo O governo acerta ao estender o horários de funcionamento dos supermercados. Afinal, desde que o decreto entrou em vigor, as filas se multiplicaram pela Capital, aumentando o risco de transmissão do novo coronavírus. Há a expectativa de que novas medidas possam ser tomadas diante do evidente colapso da...

Limpeza e obras no entorno da Arena 

Beto 2x1 400 curtinha   Apesar da Arena Pantanal ser um cartão postal do Estado, o entorno do estádio vive situação crítica com lixo nas ruas, episódios de esgoto à céu aberto e matagal. O secretário estadual de Esporte e Cultura, Beto 2 a 1 (foto), em visita ao Rdnews, assegura que os...

VI de R$ 18 mil garantida na Câmara

A verba indenizatória de R$ 18 mil para os vereadores da Câmara de Cuiabá está garantida, pelo menos por enquanto. Depois de diversas ações judiciais, derrubando a alta indenização por gastos do mandato, os vereadores implantaram o benefício novamente em dezembro. O Ministério Público entrou com nova ação para declarar a verba inconstitucional. Um dos problemas é a falta de prestação...

Efeito-Covid adia vinda de Michelle

michelle bolsonaro A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro, e a secretária da Mulher, Luciana Zamproni, resolveram transferir para abril a agenda de 11 de março que teria como convidada a secretária nacional de Mulheres, do Ministério dos Direitos Humanos, Cristiane Britto e a primeira-dama do Brasil Michelle...

Governador entre a cruz e a espada

mauro mendes curtinha   Às vésperas da pandemia completar 1 ano em MT, o Estado vive o seu pior momento e o governador Mauro Mendes (foto) enfrenta uma verdadeira prova de fogo: liderar ações coordenadas em todo o território mato-grossense para evitar que o Estado viva cenas parecidas com as de Manaus e de Estados...

Câmara volta a realizar 2 sessões

juca 400 curtinha   A Câmara de Cuiabá, sob a presidência do vereador Juca do Guaraná Filho (foto), volta a realizar duas sessões semanais, nas terças e quintas. Por conta da pandemia, as sessões serão remotas. A resolução foi aprovada por unanimidade pelos parlamentares que vinham...