PARTIDO

Segunda-Feira, 05 de Outubro de 2020, 17h:36 | Atualizado: 05/10/2020, 17h:52

CONDENAÇÃO PRÉVIA

Alexandre César deixa PDT antes de ser expulso do partido e rebate: oportunismo

Divulgação

Ex-deputado Alexandre C�sar

Ex-deputado estadual e procurador do Estado Alexandre César e outros 9 ex-deputados viraram réus em ação da Justiça Federal; partido pediu sua expulsão

O ex-deputado estadual e procurador do Estado Alexandre César pediu desfiliação do PDT após o vice-presidente do diretório municipal, Diogo Peixoto Botelho, pedir sua expulsão da Comissão de Ética da sigla. Em setembro, Alexandre e outros 9 ex-deputados viraram réus em ação da Justiça Federal e respondem por crimes de corrupção ativa e associação criminosa.

César considerou “oportunismo” por parte de Diogo, que é advogado e candidato a vereador, e fez duras críticas ao ex-correligionário.

“Eu não contrataria um advogado desses nunca, se ele acha que alguém denunciado já é culpado e já me condenou. Ele não é juiz, é só o vice-presidente do partido”, rebate Alexandre César.

Não nasci filiado, não sou candidato e não vou bater palma para doido dançar

Ex-deputado Alexandre César

Ele e os colegas, entre eles o atual prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB), teriam recebido R$ 600 mil de propina para aprovar projetos durante o governo de Silval Barbosa que também foi de denunciado pelos crimes de corrupção passiva e associação criminosa junto de seu ex-chefe de gabinete Silvio Correa. À época, Alexandre César era filiado ao PT.

Alexandre questiona o fato do vice-presidente do PDT ter anunciado o pedido em pela imprensa e o acusa de aproveitar o momento por ser candidato a vereador. “É uma tentativa de ocupar espaço, o partido está atirando no próprio pé. Ele deixou eu me filiar e resolveu, agora nas eleições, fazer isso”.

Para dar fim no assunto dentro da sigla, conta que pediu a desfiliação que foi atendida já nesta segunda (5). “Não quero incomodar ninguém se ele, que é vice-presidente, está incomodado quem sou um eu, um reles filiado? Não nasci filiado, não sou candidato e não vou bater palma para doido dançar”.

Em relação às acusações que responde, o ex-parlamentar afirma que vai se manifestar no processo e ainda alfineta Diogo. “Causa estranheza um advogado usar como argumento o fato de eu ser investigado. Ele é candidato a vereador. Pelo jeito, não precisa de uma condenação para tornar alguém um párea na sociedade, basta ser denunciado sem nem ter direito à defesa e nem um tribunal colegiado”, desabafou.

Em 12  de setembro, a Justiça Federal acolheu a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), tornando réu os 10 ex-deputados acusados pelos crimes que teriam ocorrido na gestão de Silval Barbosa.

“Nem fui ouvido pela Polícia Federal, fui indiciado. Sou professor e procurador do estado, tenho domicílio conhecido e nem tive oportunidade de ser ouvido e já fui denunciado e condenado. Quem sabe na tramitação do processo eu possa me manifestar”.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • pedro | Terça-Feira, 06 de Outubro de 2020, 07h55
    0
    0

    a gestão blairo maggi, e silval barbosa, deixou muito rastro de pulga atras da orelha querendo ou não. alias um crime foi o deficit na previdencia do estado que muitos não sabem, mas esse deficit começou na gestão de blairo governador e se estendeu ate hoje, usaram o dinheiro descontado da previdencia do estado para outras coisas, agora o servidor do executivo quem esta pagando a conta 14%.

  • Cir | Segunda-Feira, 05 de Outubro de 2020, 21h19
    3
    4

    Que atire a primeira pedra aquele que nunca pecou, disse Jesus!

Candidato irritado chama EP de traste

abilio junior 400 curtinha   Abílio Júnior (foto), candidato do Podemos ao Palácio Alencastro, tem se mostrado mais irritado depois do debate promovido pela Fecomércio, na quarta à noite, quando, em vários momentos, se viu questionado e desqualificado pelo prefeito e candidato à...

Prefeito reeleito sob investigações

ze do patio 400 curtinha   A situação jurídica do prefeito populista e desgastado Zé do Pátio (foto), que acaba de ser reeleito para o terceiro mandato em Rondonópolis, sendo o segundo consecutivo, não é das melhores. Contra sua gestão tem pipocado denúncias sobre...

Prefeitos revoltados com Neurilan

neurilan fraga 400 curtinha   Vários prefeitos, especialmente os recém-eleitos, se mostram revoltados com novas manobras promovidas no estatuto da AMM pelo seu "eterno" presidente Neurilan Fraga (foto), que tenta, de todas as formas, se auto-beneficiar na eleição que deveria ocorrer em janeiro, mas que foi antecipada...

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...

Abílio e Medeiros rejeitam Fernanda

coronel fernanda 400 curtinha   Abílio Júnior e o deputado José Medeiros, presidente do Pode-MT e que foi derrotado para senador, querem distância da coronel Rubia Fernanda (foto) da campanha neste segundo turno em Cuiabá. Nos bastidores, comentam que não precisam da militar filiada ao Patriota e que ficou...

Com maioria na Câmara de Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   A prefeita eleita de Cáceres Eliene Liberato (foto), que conquistou 15.881 votos (38,16% dos válidos), terá apoio da maioria dos 15 vereadores. Destes, oito garantiram cadeira pela coligação da própria Eliene, o que representa 53%. As duas maiores bancadas são do PSB de...