PARTIDO

Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, 09h:30 | Atualizado: 10/10/2019, 16h:39

ARTICULAÇÃO

Apesar de crise no núcleo do PSL, Barbudo crê que Bolsonaro deve ficar no partido

JLSiqueira

Nelson Barbudo

Nelson Barbudo diz que tem se mantido neutro sobre as coisas que acontecem em Brasília

O deputado federal e presidente do PSL em Mato Grosso, Nelson Barbudo, disse apostar na permanência do presidente Jair Bolsonaro (PSL) no partido, apesar da crise instalada com o setor ligado a Luciano Bivar, presidente nacional da sigla. O atrito teve início com uma fala de Bolsonaro a um apoiador, na saída da residência presidencial, para “esquecer o PSL” e que Bivar “está queimado para caramba”.

Pelo menos 15 deputados federais filiados ao partido estariam articulando a ida do grupo a uma nova sigla. A situação jurídica ainda é estudada, pois no caso dos deputados é possível que o PSL peça a cassação do mandato em caso de desfiliação. Para senadores, há possibilidade de troca sem perda do mandato - três articulam a saída.

“Eu me mantenho neutro sobre as coisas que estão acontecendo aqui em Brasília, tendo em vista que eu não fui procurado pelo Bolsonaro. E quero te adiantar uma coisa: eu quero pagar para ver o Bolsonaro sair do PSL, eu quero pagar para ver. Hoje, os ânimos se acalmaram, o Antagonista publicou que o Bolsonaro não sai do PSL, só se for expulso, porque o Bolsonaro é simplesmente um filiado do PSL, entende? Ele não é o dono do partido”, disse Barbudo ao .

Eu quero pagar para ver o Bolsonaro sair do PSL, eu quero pagar para ver

Nelson Barbudo

Bivar é relacionado ao esquema de candidaturas laranja em Minas Gerais, onde o PSL destinou recursos do fundo eleitoral a candidatas mulheres que não fizeram campanha. A estratégia teria sido utilizada para desviar recursos do fundo, que é constituído com dinheiro público. Em Pernambuco, Estado de Bivar, pelo menos uma candidatura feminina também é investigada pelo mesmo tipo de esquema.

“Eu estou bem com o Bolsonaro, como sempre, eu estou bem com o governo, eu não estou em crise, eu não assinei lista nenhuma de apoio ou desapoio ao Bolsonaro, eu mantenho a minha postura de amigo do presidente, apoiador do presidente. E eu mantenho a minha postura de amigo e correligionário do Bivar, não tenho problema com o Luciano Bivar, do PSL”, destacou Barbudo.

O deputado relativizou a fala de Bolsonaro e disse haver “interpretação dúbia”. Para ele, o presidente simplesmente teria evitado emprestar apoio a um possível candidato a vereador que ele sequer conhece. E reiterou: “se fosse na bolsa de apostas, eu apostaria minhas fichas que o Bolsonaro não sai”.

“Agora, "você acompanha o Bolsonaro para onde ele for?" Vamos analisar. Ele não foi. É igual o caso da Selma... “o senhor é candidato a senador?”. Eu não sou, a mulher não foi cassada. Ele (Bolsonaro) não saiu do PSL, está muito adiantada a ordem das coisas. Estou aguardando para tomar as decisões, para mim até agora não mudou nada”, avaliou.

Barbudo ainda ressaltou ter boa relação com ministros como Thereza Cristina (Agricultura) e Ricardo Salles (Meio Ambiente) e que em Mato Grosso o PSL tem atualmente 100 comissões provisórias formadas e 26 em formação, como preparação para as eleições do ano que vem. “Não tenho porquê entrar no meio de uma crise partidária”.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Thales Marino | Sexta-Feira, 11 de Outubro de 2019, 10h58
    2
    0

    Partido Sociopata Lunático. Como diza minha Vó : " O mal se destrói por si só ! "

  • Thales Marino | Sexta-Feira, 11 de Outubro de 2019, 07h42
    5
    1

    O PSL já se mostrou pro país todo. Laranjas e mais Laranjas....Se mostrou tão pior quanto qualquer outro partido. Só quer dinheiro, dinheiro e mais dinheiro......Falou em fundo partidário, é o maior Laranjal do mundo. Trouxa, foi quem acreditou nos discursos de todos deste partido. No MT, uma ex juíza, que era pra ser exemplo, foi exemplo de fazer coisa errada, mudou de partido, mas tá lá , no seu histórico político, EX PSL! Não dá para apagar isso. E o Bozo, mais uma vez será usado, provavelmente pelo DEM.

  • Apolinário Usknov | Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, 17h28
    2
    2

    Esse ai tá ruim de crença, afinal ele também tinha a mesma convicção em relação a Sen Selma e viu no que deu?

  • Marcio | Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, 17h22
    3
    1

    Acho que, pelo carinho, devem afundar abraçados..na fidelidade!

  • Benedita da Silva | Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, 16h30
    4
    1

    O money, dindim, bufunfa, fica com o partido, os congressistas se quiserem vazar podem ir, podem perder o mandato, o cacique Bivar é quem manda. E agora barbudo?

  • Xai | Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, 15h51
    3
    1

    Ele também "cria" que a coleguinha não ia sair e, "poft!", deu no que deu. A questão depende das "oportunidades" oferecidas por cada partido. Infelizmente "fidelidade" partidária não mais existe, se é que já existiu. Falam mais alto os interesses de cada um, e não os coletivos, principalmente se forem aqueles do povo. Acorda, Brasil!

Matéria(s) relacionada(s):

4 fora da reeleição em Rondonópolis

jailton 400 vereador curtinha   Em Rondonópolis, quatro dos 21 vereadores não devem ir à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (DEM), Rodrigo da Zaeli (PSDB), Hélio Pichioni (PSD) e Jailton do Pesque e Pague (foto), do PSDB. Thiago e Rodrigo têm esperanças de concorrer a...

Prefeito apoia vice à briga em Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   Francis Maris vai mesmo declarar apoio oficial à pré-candidatura da empresária Eliene Liberato à sucessão em Cáceres. Em público, o prefeito faz mistério para não contrariar outros pretensos candidatos do grupo e que têm esperanças de receber...

Preparando um dos aliados a federal

mauro carvalho 400 curtinha   Embora não comente publicamente, o governador Mauro Mendes está "costurando" acordos políticos com líderes mais próximos, visando não só o pleito de 2020, mas também às eleições gerais de 2022. Em época de busca de projetos e de...

Salvando 1º ano de mandato no cargo

selma arruda 400 curtinha   Embora "sangrando" e com a imagem arranhada, a juíza aposentada e senadora cassada pelo TRE-MT Selma Arruda, que trocou o PSL pelo Podemos, consegue concluir este primeiro de oito anos de mandato. E vai se licenciar nos próximos dias para ceder espaço aquele que financiou a sua campanha,...

Barbudo é menos empreguista de MT

nelson barbudo 400 curtinha   Dos oito deputados federais de MT, o estreante Nelson Barbudo (foto) é o menos "empreguista". Nestes 10 primeiros meses de mandato, ele nomeou no gabinete em Brasília e no escritório político em Cuiabá apenas 15 assessores. Cada gabinete pode ter até 25 secretários...

Rossato quer "minar" reeleição de Ari

dilceu rossato 400 curtinha   Em Sorriso, a capital nacional do agronegócio, a tendência é da disputa à sucessão no próximo ano ficar polarizada entre o prefeito Ari Lafin, do PSDB, e seu antecessor, Dilceu Rossato (foto), hoje filiado ao PSL. Embora se movimente nos bastidores, o deputado Xuxu Dal Molin...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.