PARTIDO

Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, 09h:30 | Atualizado: 10/10/2019, 16h:39

ARTICULAÇÃO

Apesar de crise no núcleo do PSL, Barbudo crê que Bolsonaro deve ficar no partido

JLSiqueira

Nelson Barbudo

Nelson Barbudo diz que tem se mantido neutro sobre as coisas que acontecem em Brasília

O deputado federal e presidente do PSL em Mato Grosso, Nelson Barbudo, disse apostar na permanência do presidente Jair Bolsonaro (PSL) no partido, apesar da crise instalada com o setor ligado a Luciano Bivar, presidente nacional da sigla. O atrito teve início com uma fala de Bolsonaro a um apoiador, na saída da residência presidencial, para “esquecer o PSL” e que Bivar “está queimado para caramba”.

Pelo menos 15 deputados federais filiados ao partido estariam articulando a ida do grupo a uma nova sigla. A situação jurídica ainda é estudada, pois no caso dos deputados é possível que o PSL peça a cassação do mandato em caso de desfiliação. Para senadores, há possibilidade de troca sem perda do mandato - três articulam a saída.

“Eu me mantenho neutro sobre as coisas que estão acontecendo aqui em Brasília, tendo em vista que eu não fui procurado pelo Bolsonaro. E quero te adiantar uma coisa: eu quero pagar para ver o Bolsonaro sair do PSL, eu quero pagar para ver. Hoje, os ânimos se acalmaram, o Antagonista publicou que o Bolsonaro não sai do PSL, só se for expulso, porque o Bolsonaro é simplesmente um filiado do PSL, entende? Ele não é o dono do partido”, disse Barbudo ao .

Eu quero pagar para ver o Bolsonaro sair do PSL, eu quero pagar para ver

Nelson Barbudo

Bivar é relacionado ao esquema de candidaturas laranja em Minas Gerais, onde o PSL destinou recursos do fundo eleitoral a candidatas mulheres que não fizeram campanha. A estratégia teria sido utilizada para desviar recursos do fundo, que é constituído com dinheiro público. Em Pernambuco, Estado de Bivar, pelo menos uma candidatura feminina também é investigada pelo mesmo tipo de esquema.

“Eu estou bem com o Bolsonaro, como sempre, eu estou bem com o governo, eu não estou em crise, eu não assinei lista nenhuma de apoio ou desapoio ao Bolsonaro, eu mantenho a minha postura de amigo do presidente, apoiador do presidente. E eu mantenho a minha postura de amigo e correligionário do Bivar, não tenho problema com o Luciano Bivar, do PSL”, destacou Barbudo.

O deputado relativizou a fala de Bolsonaro e disse haver “interpretação dúbia”. Para ele, o presidente simplesmente teria evitado emprestar apoio a um possível candidato a vereador que ele sequer conhece. E reiterou: “se fosse na bolsa de apostas, eu apostaria minhas fichas que o Bolsonaro não sai”.

“Agora, "você acompanha o Bolsonaro para onde ele for?" Vamos analisar. Ele não foi. É igual o caso da Selma... “o senhor é candidato a senador?”. Eu não sou, a mulher não foi cassada. Ele (Bolsonaro) não saiu do PSL, está muito adiantada a ordem das coisas. Estou aguardando para tomar as decisões, para mim até agora não mudou nada”, avaliou.

Barbudo ainda ressaltou ter boa relação com ministros como Thereza Cristina (Agricultura) e Ricardo Salles (Meio Ambiente) e que em Mato Grosso o PSL tem atualmente 100 comissões provisórias formadas e 26 em formação, como preparação para as eleições do ano que vem. “Não tenho porquê entrar no meio de uma crise partidária”.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Thales Marino | Sexta-Feira, 11 de Outubro de 2019, 10h58
    2
    0

    Partido Sociopata Lunático. Como diza minha Vó : " O mal se destrói por si só ! "

  • Thales Marino | Sexta-Feira, 11 de Outubro de 2019, 07h42
    5
    1

    O PSL já se mostrou pro país todo. Laranjas e mais Laranjas....Se mostrou tão pior quanto qualquer outro partido. Só quer dinheiro, dinheiro e mais dinheiro......Falou em fundo partidário, é o maior Laranjal do mundo. Trouxa, foi quem acreditou nos discursos de todos deste partido. No MT, uma ex juíza, que era pra ser exemplo, foi exemplo de fazer coisa errada, mudou de partido, mas tá lá , no seu histórico político, EX PSL! Não dá para apagar isso. E o Bozo, mais uma vez será usado, provavelmente pelo DEM.

  • Apolinário Usknov | Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, 17h28
    2
    2

    Esse ai tá ruim de crença, afinal ele também tinha a mesma convicção em relação a Sen Selma e viu no que deu?

  • Marcio | Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, 17h22
    3
    1

    Acho que, pelo carinho, devem afundar abraçados..na fidelidade!

  • Benedita da Silva | Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, 16h30
    4
    1

    O money, dindim, bufunfa, fica com o partido, os congressistas se quiserem vazar podem ir, podem perder o mandato, o cacique Bivar é quem manda. E agora barbudo?

  • Xai | Quinta-Feira, 10 de Outubro de 2019, 15h51
    3
    1

    Ele também "cria" que a coleguinha não ia sair e, "poft!", deu no que deu. A questão depende das "oportunidades" oferecidas por cada partido. Infelizmente "fidelidade" partidária não mais existe, se é que já existiu. Falam mais alto os interesses de cada um, e não os coletivos, principalmente se forem aqueles do povo. Acorda, Brasil!

Galvan vai deixar PDT e ir pra o PRTB

antonio galvan 400 curtinha   Embora não tenha perdido de vistas o Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado por Bolsonaro, Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja e que acabou levado à frigideira dentro do PDT em meio ao embate por tentativa de candidatura ao Senado, se mostra disposto a ingressar no...

"Pátio igual gato, comendo e miando"

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, disse que o prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, está parecendo gato, comendo e miando, pois recebe recursos federais, inclusive de programas habitacionais e, mesmo assim, ainda alardeia nos...

Adair lançará ex-vice em Alto Paraguai

adair 400 curtinha   O ex-prefeito de Alto Paraguai, advogado emedebista Adair José Alves Moreira (foto), não vai disputar novamente, apesar da insistência do seu grupo. A tendência é de apoiar o seu ex-vice Luiz Figueiredo, com quem administrou a cidade de 2013 a 2016. Luiz também é do MDB e...

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

Lúdio desiste e PT perde com Barranco

ludio cabral 400 curtinha   O deputado Lúdio Cabral (foto) estava se movimentando para tentar convencer o PT a lançá-lo ao Senado, por aclamação, e ainda instigar o diretório estadual a buscar recursos junto à Nacional para a campanha. Mas o tiro saiu pela culatra. O guru do partido no Estado,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.