PARTIDO

Quarta-Feira, 12 de Fevereiro de 2020, 18h:06 | Atualizado: 17/02/2020, 08h:57

CHEFE DO NINHO

Avalone assume PSDB, diz que Leitão é único nome ao Senado e defende Nigro

O deputado estadual Carlos Avalone, eleito presidente do PSDB de Mato Grosso em março do ano passado, tomou posse nesta quarta (12), com a missão de conduzir o partido na eleição suplementar ao Senado e nas eleições municipais de outubro. Em tom conciliador, prometeu unir os tucanos e dar continuidade ao trabalho dos antecessores Nilson Leitão e Paulo Borges.

Assessoria

Carlos Avallone, Paulo Borges, Nilson Leit�o e Ricardo Saad

Posse de Carlos Avalone no diretório do PSDB-MT nesta 4ª, contou com Paulo Borges, Nilson Leitão e Ricardo Saad, presidente da sigla em Cuiabá

Ao Senado, Avalone afirma que Leitão é o único pré-candidato do PSDB. Em relação as eleições municipais, defende que o empresário Luiz Carlos Nigro dispute à Prefeitura de Cuiabá, mas diz que a decisão pertence ao Diretório Municipal.

“Vamos dar continuidade ao trabalho iniciado pelo Leitão e pelo Paulo Borges. O PSDB tem tradição de tomar decisões consensuadas e esse foi o acordo nas eleições passadas. Estou assumindo com o desafio de conduzir a eleição ao Senado e a eleição a prefeito. Somos o maior partido do Estado, com o maior número de prefeitos e vices e mais de 240 vereadores. Vamos sentar com toda Executiva para alinhar e animar os tucanos. É isso que  o partido precisa”, afirmou Avalone durante o ato de posse.

Em 2016, quando o PSDB governava Mato Grosso, elegeu 38 prefeitos. Entretanto, pelos menos três já estão saído do partido.

Sobre a eleição suplementar ao Senado, Avalone diz que Leitão tem o aval do partido para viabilizar sua pré-candidatura. Em relação ao rumores que o ex-governador Taques pretende entrar na disputa, afirma que desconhece o desejo do correligionário.

“A Executiva do partido permitiu que Leitão trabalhe a pré-candidatura. O ex-governador Pedro Taques nunca me procurou para colocar o nome à disposição. Se isso acontecer, será discutido nas instâncias partidárias, na convenção. Nesse momento, a única pré-candidatura que nós temos é do ex-deputado Leitão”, completou.

Dívidas

Avalone também negou que as dívidas do PSDB sejam empecilho para a pré-candidatura de Nigro a prefeito de Cuiabá como declarou o vereador Renivaldo Nascimento. Embora reconheça que a bancada na Câmara esteja inclinada a apoiar a reeleição do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) defende a candidatura própria.

Para sustentar a tese, Avalone cita o exemplo das eleições de 2016. Lembra que defendeu apoio a reeleição do então prefeito Mauro Mendes (ex-PSB, hoje DEM) enquanto o deputado estadual Wilson Santos insistia na candidatura própria do PSDB. Agora, reconhece que Wilson estava correto, porque Mauro desistiu de buscar o segundo mandato na véspera da convenção partidária.

“É lógico que candidatura  própria fortalece o partido. Eu cometi um erro no passado. Disputei com Wilson Santos com ele dizendo para não apoiar a reeleição de Mauro na Prefeitura ,que nós poderíamos ficar com a brocha na mão, e ficamos. Depois,  o  próprio Wilson  foi obrigado a ser candidato e perdeu para o Emanuel Pinheiro no segundo turno. O resultado poderia ter sido diferente se a candidatura tivesse sido lançada um ano antes. Se o Nigro não se viabilizar ou desistir, ai o Diretório Municipal pode apoiar outro candidato”, concluiu.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • ELEITOR | Quinta-Feira, 13 de Fevereiro de 2020, 02h39
    1
    0

    Então senhor Avalone o senhor que vote nele porque o povo já disse não a ele e pretende escolher alguém que não queria criar a escravidão através de um projeto de lei que o trabalhador trabalhe em troca de casa e comida...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

MPE suspende censo previdenciário

jose antonio borges 400 curtinha   O procurador-geral de Justiça, promotor José Antonio Borges (foto), suspendeu o censo previdenciário cadastral dos membros e servidores inativos e pensionistas do MPE. O recadastramento deveria ter iniciado no último dia 11 para ser concluído no final de fevereiro. Borges tomou...

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.