PARTIDO

Quarta-Feira, 16 de Outubro de 2019, 19h:25 | Atualizado: 20/10/2019, 10h:45

CRISE PARTIDÁRIA

Barbudo rechaça pecha de traidor e diz que Bolsonaro desmentiu revista - veja

JLSiqueira

Nelson Barbudo

Deputado Nelson Barbudo durante entrevista; ele nega traição ao presidente Bolsonaro

O deputado federal Nelson Barbudo, presidente do PSL em Mato Grosso, gravou vídeo desmentindo a informação publicada pelo colunista Guilherme Amado, da revista Época, que estaria sendo tachado de traidor pelo presidente da República Jair Bolsonaro (PSL). O parlamentar resolveu se pronunciar após o próprio Bolsonaro contestar a informação, em declaração a imprensa, na tarde desta quarta (16).    

Além de Bardudo, os “traidores” seriam  os deputados federais Delegado Waldir, Júnior Bozzella, Joice Hasselmann, Julian Lemos, Nereu Crispim e Felipe Francischini por apoiarem  o presidente nacional do  PSL Luciano Bivar. Outro incluído na lista foi o  senador Major Olímpio.

  “Estou aqui para desmentir mais um mequetrefe da Rede Globo tentando acabar com o PSL. Não vai conseguir (...) Ontem fui ao Palácio do Planalto para saber uma coisa que eu já sabia, era mentira. A Revista Época e esse jornalista [Guilherme Amado] todo dia inventa uma mentira na tentativa de desestabilizar o bom andamento do PSL, dos deputados como eu, Delegado Waldir, Joice, Francischini, enfim, aqueles que abraçam de verdade o presidente Jair Bolsonaro” postou Barbudo nas redes sociais.      

Além disso, Barbudo negou que seu  interesse em apaziguar o PSL está relacionado aos recursos do Fundo Partidário. Além disso, reafirmou o posicionamento de não tomar partido no conflito entre Bolsonaro e Bivar.

“Você que quer denegrir a imagem do deputado Nelson Barbudo, me acompanhe nas redes sociais. Aliás, no PSL foi dito que eu estou apoiando o Bivar por causa do milhões. (...). Eu administrarei os milhões porque até agora não pegamos um centavo do PSL. Eu apoio o Bivar sim, porque ele é meu presidente. Eu apoio Bolsonaro, sim, porque ele meu presidente. Não se preocupem que dindim do PSL nem R$ 1 eu administrei. Iriei  administrar porque sou presidente em Mato Grosso  e tenho a confiança do Bivar”, completou.

Conforme Barbudo, os conflitos no partido são naturais. Lembrou ainda que continua sendo bem recebido pelos ministros e no Palácio do Planalto.

 

“Uma meia dúzia de deputado criando problema é normal, é natural, não me incluam nesta lista. Eu sou bem recebido por todos os ministros (...) Eles acharam o fim do mundo eu ser tachado como traidor. A colocação que os sete deputados mais o Major Olímpio são traidores acabou de ser desmentida por Jair Bolsonaro", completou.  

Além disso, Barbudo fez pronunciamento na tribuna sobre a crise no PSL. Fez questão de reafirmar a lealdade ao Governo Bolsonaro enquanto o tripé “pátria, família e Cristo” perdurarem no vocabulário do presidente da República e pediu que os ânimos se acalmem entre os correligionários.

“Já diz a Biblia. Há muito lobo vestido de carneiro e vossa excelência tem que tomar cuidado porque estão tentando minar, estão tentando transformar o PSL numa bancada da briga e não é essa a intenção daqueles que, como eu, fizeram campanha 1 ano e 4 meses a vossa excelência e agora vê a discórdia querer imperar em nosso partido”, lamentou.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Benedita da Silva | Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019, 10h33
    0
    0

    A rede globo até pode não conseguir, mas o PSL sim, ele vai se auto destruir. Uma lojinha ao invés de partido, esta briga pública mostra quem é o PSL. O antigo PMDB se matava no privado e mantinha a fachada no público. Tem muito a aprender sobre política partidária.

  • Jurema Lima | Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019, 10h07
    1
    0

    Esse bruta montes não tem nenhum traquejo político e muito menos assessoria competente. Só ridiculariza o Estado de Mato Grosso. Uma vergonha.

  • dauzanades | Quinta-Feira, 17 de Outubro de 2019, 09h40
    1
    0

    Esse ser pré histórico, esta fazendo o papel dele. Ser o parasita do escroto do Bolsonaro e representando a imagem de Mato Grosso em todos os sentidos.

Matéria(s) relacionada(s):

TCE-MT aprova e elogia gestão Binotti

binotti 400 curtinha   O conselheiro interino do TCE, Isaías Lopes, rasgou elogios ao primeiro ano de mandato do prefeito e empresário Luiz Binotti (foto), de Lucas do Rio Verde. Relator das contas do exercício de 2018 da prefeitura, com aprovação unânime pelo Pleno, Isaías destacou que os resultados...

Primavera fará 4 intervenções na BR

leonardo 400 curtinha   Com recursos próprios, a Prefeitura de Primavera do Leste fará quatro intervenções na BR-070, no perímetro urbano, com readaptação e construção de trevos para ajustar o trânsito a uma nova e moderna realidade do município com quase 100 mil...

Vice do DEM-Cuiabá elogia gestão EP

joao celestino 400 curtinha   O advogado João Celestino (foto), vice-presidente da comissão provisória do DEM de Cuiabá e ligado ao senador Jayme Campos, se mostra simpático à gestão Emanuel Pinheiro, do MDB. Aliás, na segunda, Celestino fez uma visita ao prefeito e elogiou a...

Prefeito Beto faz mistério sobre apoio

beto farias 400 curtinha   O prefeito de Barra do Garças, Beto Farias (foto), que está no segundo mandato e com a popularidade em alta, não revela quem apoiará para a disputa à sucessão, nem para aqueles aliados mais próximos. Quando perguntado, o emedebista costuma dizer que não está...

Filho de ex-prefeito, enfim, é cassado

thomaz 400 curtinha   Quase dois anos depois de cassado, enfim, o vereador tucano de Chapada dos Guimarães, Thomas Jefferson Xavier (foto), deixa efetivamente o cargo. O juiz Ramon Fagundes Botelho, da 34ª Zona Eleitoral, determinou, em decisão da última quinta (7), que a presidência da Câmara convoque de...

Bolsonaro, partido, Barbudo e Galli

nelson barbudo 400 curtinha   Da bancada federal de MT, composta por 11 parlamentares, apenas um deve acompanhar o presidente Bolsonaro para outro partido: Nelson Barbudo (foto). Ele vai sair do PSL junto com o capitão. A intenção de Bolsonaro é de se desfiliar e ficar um bom tempo sem partido. Até lá...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.