PARTIDO

Sábado, 17 de Agosto de 2019, 19h:21 | Atualizado: 18/08/2019, 09h:46

PARTIDO DE BOLSONARO

Com protesto de filiado, PSL recebe três prefeitos e milhares de membros assista

Assessoria

PSL1

Deputados Delegado Claudineu e Sílvio Fávero ouvem o discurso da senadora Selma Arruda durante o evento do PSL

O ato de filiação promovido pelo PSL do presidente da República Jair Bolsonaro em Mato Grosso contou com adesão de pelo menos 3 mil novos membros. O evento realizado no Hotel Fazenda Mato Grosso, na tarde deste sábado (17) teve a presença da cúpula do partido no Estado, e também foi marcada pela manifestação de um de seus membros.

O servidor da Empaer, Natan de Queiroz, foi ao ato levando uma melancia. A fruta era uma forma de protesto para chamar atenção para agricultura familiar. Em determinado momento, a Polícia Militar foi acionada para retirar o manifestante. Mas ele revidou. “É ditadura? Vão me tirar daqui. Sou filiado. Estou aqui há mais de 10 anos”, disse.

Natan fez o protesto no momento em que o vereador por Cuiabá Wilson Kero Kero, que é presidente municipal do partido, discursava. “Já pendurou a melancia no pescoço agora senta aí”, rebateu o vereador.

Apesar do pequeno contratempo, o presidente regional do PSL, o deputado federal Nelson Barbudo avalia que o evento foi uma oportunidade para agregar as pessoas que queriam se filiar ao partido do presidente Jair Bolsonaro.

 “Hoje nós concretizamos o sonho de muitas pessoas, inclusive nós calculamos que chegou a casa dos 3 mil filiados de todo o Estado. É muito satisfatório ver a casa cheia, um dia muito importante para o PSL de Mato Grosso. O resultado é muito positivo na minha opinião”, pontuou.

O deputado estadual Sílvio Fávero avaliou que o evento serve para que o PSL ganhe musculatura e se prepare para as eleições 2020. “Não foi só nas eleições que o povo apoiou Bolsonaro. O povo está aqui. O PSL precisa de novas lideranças, pessoas que defendem a família, deus e acima de tudo o combate à corrupção. A ideia é lançar candidatos nos 141 municípios. O PSL precisa de musculatura, precisamos ajudar o presidente. Isso é importante para nós”.

Entre os que que se filiaram ao PSL neste sábado estão os prefeitos Leocir Hanel (Nobres) e Antônio Domingos Rufatto (Paranaíta) que eram do PSDB. Outro que aderiu foi  Jonas Canarinho (Aripuanã) que já estava sem partido.

O pedetista Adriano Pivetta, cuja filiação também era esperada, acabou optando por não mudar de partido.  O irmão do vice-governador Otaviano Pivetta (PDT) exerce o quarto mandato de prefeito em Nova Mutum, eleito como candidato único em 2016. O que impediu sua  filiação foram divergências com o assentado da reforma agrária Gilberto Cattani, que é suplente de deputado estadual pelo PSL, que reside no mesmo município. Dirigentes partidários não conseguiram contornar a situação.

o PSL já contava com três prefeitos em Mato Grosso. Além de Rafael Machado (Campo Novo do Parecis), o partido de Bolsonaro agregava Valcir Casagrande (Sapezal) e Iraldo Ebertz (Tapurah).

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Luis | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 11h01
    1
    0

    Será que o cara não sabia que no PSL só pode laranja. Melancia não!

  • Thales Marino | Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019, 08h00
    3
    1

    O PSL( vai ser o partido que terá, seu encolhimento, mais rápido da história. Só aguardar. Primeiro vai ser uma debandada geral para o PSDB, que aliás, já começou.

Matéria(s) relacionada(s):

EP cita 4 pela força do MDB em Cuiabá

rafael bastos 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro disse neste sábado, no encontro do MDB, que acabou atraindo a presença de representantes de outros 12 partidos, que a agremiação emedebista foi construída e ganhou força e espaço na Capital graças aos filiados históricos Rafael...

Júlio, do DEM, vê boa gestão de EP

julio campos 400 curtinha   Júlio Campos (foto), uma das lideranças históricas do DEM, foi "apertado" nesta sexta, em entrevista a Antero de Barros, na rádio Capital FM, especialmente sobre o fato do ex-governador e ex-senador demonstrar simpatia e apoiar a gestão do prefeito Emanuel, enquanto outros do partido...

Empresário ensaia de novo em ROO

 luizao_curtinha400   Em Rondonópolis, o empresário Luiz Fernando de Carvalho, o Luizão, dono da Agro Ferragens Luizão, ensaia mais uma vez disputar a prefeitura. Como a sua pré-candidatura não é considerada novidade, ele é visto como uma espécie de "cavalo paraguaio", que tem arrancada...

2 governistas prontos para a briga

chico2000_curtinha400   O prefeito Emanuel tem 2 aliados de primeira hora na Câmara que não resistem a uma provocação. Tratam-se de Renivaldo Nascimento (PSDB) e Chico 2000 (foto), do PL. Sabendo do estopim curto, os vereadores de oposição, especialmente Diego e Abílio, não perdem a chance de...

Niuan agora sob rédeas do Podemos

niuan ribeiro curtinha 400   O vice-prefeito Niuan Ribeiro, agora no Podemos, se torna obrigado, conforme exigência estatutária, a contribuir com 5% dos R$ 15 mil que recebe mensalmente . Ou seja, vai ter que repassar R$ 750 para o seu novo partido. Considerado um partido com novas concepções, regras e exigências, o...

Efeito-senado e briga no ninho tucano

carlos-avalone_curtinha400   O deputado estadual Carlos Avalone não tem certeza de que o acordo pré-estabelecido para ele se tornar presidente do PSDB-MT, a partir de fevereiro, ou seja, daqui 5 meses, será cumprido. Pela costura entre a cúpula tucana, Paulo Borges renunciaria à presidência, abrindo assim...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Mauro Mendes?

excelente

bom

regular

ruim

péssimo

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.