PARTIDO

Terça-Feira, 15 de Outubro de 2019, 15h:37 | Atualizado: 15/10/2019, 19h:14

Com resultado proclamado, apuração de fraudes em eleição do PT acaba em pizza

Ronaldo Mazza

Valdir Barranco

Valdir Barranco na tribuna da AL; ele teve quase 65% dos votos na 1ª fase da eleição

Ao que tudo indica, a apuração das denúncias de fraudes no Processo de Eleição Direta (PED) do PT de Mato Grosso, em que nome de filiado morto teria aparecido como votante e foram registrados casos de falsificação de assinaturas de filiadas que estavam na Itália no dia da votação, vai acabar em pizza. Isso porque a Comissão Executiva Nacional, reunida nessa segunda (14), resolveu proclamar a totalização dos votos publicada em 20 de setembro, com base nas apurações de 10 de setembro,  como resultado final da 1ª etapa do 7º Congresso Nacional do partido.

Para “passar um pano” na situação e fingir que está tomando providências, os dirigentes petistas constituíram uma Comissão Especial composta por sete membros representantes das forças políticas que compõe a Comissão Executiva Nacional, para averiguar denúncias de irregularidades nos processos de votação locais e  atos de violência no processo eleitoral. Entretanto, qualquer conclusão não terá resultado prático para alterar resultados do PED.

Até 25 de outubro, a Comissão levantará todos os casos a serem averiguados e fará as devidas instruções.  Em 4 de novembro encerra o prazo para a Comissão ouvir as partes envolvidas nos casos elencados e ir aos Estados em que a averiguação for necessária.

Segundo a resolução, até 11 de novembro, a Comissão emitirá parecer aos processos dos casos averiguados e remeterá para decisão da Comissão Executiva Nacional, que se reúne em 15 de novembro. No dia 16 de novembro, os casos serão julgados pelo Diretório Nacional do PT.       

Apenas quatro dirigentes nacionais votaram contra a proclamação do resultado do PED com suspeitas de fraude.  São eles, o deputado federal Paulo Pimenta (RS) e Silvana Donatti (SP), Ivan Lima (BA) e Juçara Dutra Vieira (RS).

Já os favoráveis a resolução aprovada foram a presidente nacional do PT Gleise Hoffmann (PR), senador Humberto Costa (PE), Alberto Cantalice (RS), Alex Padilha (SP), Carlos Árabe (SP), Ellen Costa (PI), Emídio de Souza (SP), Fátima Cleide (RO), Gleide Andrade (MG), José Guimarães (CE), Luiz Dulci (MG), Luzianne Lins (CE), Márcio Macedo (SE), Markus Sokol (SP), Micaela Costa (RJ), Moara Soboia (MG), Mônica Valente (SP), Nadia Rocha (SP), Najara Bento (SP), deputado federal Paulo Teixeira (SP), Renato Simões (SP), Romênio Pereira (MG), Sara Prado (BA) e Vilson Oliveira (SP).

Na reunião, a chapa Plenária Livre de Mato Grosso, que apresentou os recursos contra as fraudes no PED local, foi representada pela ex-vereadora por Cuiabá Enelinda Scala. A petista defendeu que a resolução proclamando o resultado da votação não fosse aprovada, mas não teve direito a voto.

Supostas Fraudes

O caso do morto votando aconteceu em Juruena. Já em Terra Nova do Norte, três votantes estavam em viagem para a Itália na data da eleição. Além disso, 45 municípios não enviaram ou enviaram fora do prazo a lista de participantes.

Por isso, a chapa Plenária Livre reivindica a suspensão do PED. Todas as irregularidades teriam favorecido a chapa da corrente majoritária Construindo um Novo Brasil (CNB), liderada pelo deputado estadual Valdir Barranco, atual presidente do PT mato-grossense. Nesta etapa do PED, o grupo obteve 64,66% dos votos.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Keops Müller | Terça-Feira, 15 de Outubro de 2019, 17h02
    3
    1

    PT sendo PT... Corrupção é o DNA desse partido.

  • KACO DO CPA | Terça-Feira, 15 de Outubro de 2019, 16h12
    2
    2

    64.66 % ... uma falta de respeito com a maioria absoluta do PT-MT .... TIVEMOS UMA VITORIA ESMAGADORA... 64,66% dos votos de toda militância petista... MAIS UMA VEZ, RESPEITEM A VONTADE DA MAIORIA... RESPEITEM NOSSA DEMOCRACIA INTERNA... RESPEITEM O PED... RESPEITEM A CNB.. forte abraço KACO DO CPA

Galvan vai deixar PDT e ir pra o PRTB

antonio galvan 400 curtinha   Embora não tenha perdido de vistas o Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado por Bolsonaro, Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja e que acabou levado à frigideira dentro do PDT em meio ao embate por tentativa de candidatura ao Senado, se mostra disposto a ingressar no...

"Pátio igual gato, comendo e miando"

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, disse que o prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, está parecendo gato, comendo e miando, pois recebe recursos federais, inclusive de programas habitacionais e, mesmo assim, ainda alardeia nos...

Adair lançará ex-vice em Alto Paraguai

adair 400 curtinha   O ex-prefeito de Alto Paraguai, advogado emedebista Adair José Alves Moreira (foto), não vai disputar novamente, apesar da insistência do seu grupo. A tendência é de apoiar o seu ex-vice Luiz Figueiredo, com quem administrou a cidade de 2013 a 2016. Luiz também é do MDB e...

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

Lúdio desiste e PT perde com Barranco

ludio cabral 400 curtinha   O deputado Lúdio Cabral (foto) estava se movimentando para tentar convencer o PT a lançá-lo ao Senado, por aclamação, e ainda instigar o diretório estadual a buscar recursos junto à Nacional para a campanha. Mas o tiro saiu pela culatra. O guru do partido no Estado,...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.