PARTIDO

Segunda-Feira, 04 de Janeiro de 2010, 09h:30 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

Rumo a Copa do Mundo

Copa-2014 perde R$ 1,8 bi na versão final do Orçamento

   O relator-geral do Orçamento da União para este ano, deputado Geraldo Magela (PT-DF), apresentou nesta segunda-feira (4) os números consolidados do projeto que será enviado à sanção do presidente Luiz Inácio Lula da Silva nos próximos dias. Segundo os dados divulgados por ele, a pressão realizada pelos partidos de oposição no Congresso fez com que a Copa do Mundo de 2014, que vai ocorrer no Brasil, perdesse R$ 1,8 bilhão em investimentos para este ano.

   O relator deve entregar o relatório final ainda nesta segunda-feira à Secretaria-Geral do Congresso, que poderá remeter ao Executivo. "A única coisa que a gente não cancelou da copa foi o pagamento da bolsa-formação dos policiais do Rio de Janeiro", disse Magela.

   As mudanças de última hora feitas no projeto durante a votação ocorrida na noite de terça-feira (22) remanejaram R$ 2,4 bilhões das emendas pessoais de Magela para emendas elaboradas pelos demais parlamentares a partir das bancadas estaduais. Para Magela, as suas emendas, da forma como foram realizadas, teriam execução garantida. Mas o remanejamento de verbas para emendas estaduais acabou tornando incerto o investimento dos recursos. Pela nova peça orçamentária, as bancadas estaduais puderam apresentar emendas em um valor total de R$ 11,1 bilhão.

   Magela fez questão de deixar claro o seu descontentamento com o resultado final do relatório orçamentário. “A copa perde cerca de R$ 1,8 bilhão que estava destinado a estados e ministérios ligados ao evento e infelizmente a perda é maior do que nós havíamos previsto inicialmente. As obras que teriam de ser iniciadas agora infelizmente vão ter prejuízos e sofrerão atrasos”, previu Magela.

   Para o relator-geral do Orçamento, a responsabilidade por eventuais dificuldades de organização da copa é de quem pressionou pelo corte das emendas: “Estou dizendo agora com todas as letras. O DEM prejudicou muito a copa do mundo. O alvo era o meu relatório e não o Orçamento. O objetivo era fazer com que o governo não tivesse o Orçamento aprovado para esse ano.”

   A perda a que se refere Magela acontece porque a oposição exigiu a retirada de todas as emendas do relator que fossem relativas a investimentos. Líderes de PSDB e DEM argumentavam que não seria correto o relator ter mais poder para direcionar investimentos do que bancadas regionais. Ao todo, Magela fez mais de 2 mil emendas ao Orçamento. Por acordo, foram retiradas cerca de cem. (Robson Bonin - Do Portal G1)

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Secretário, furtos e a incompetência

rodrigo metello 400 curtinha   O secretário de Transporte e Trânsito de Rondonópolis, Rodrigo Metello (foto), filiado ao MDB e pré-candidato a vereador, corre risco de ser acionado na Justiça por centenas de pessoas que tiveram motocicletas apreendidas e que depois acabaram furtadas do Pátio Rondon. O local...

Vereador na base e críticas a Leonardo

leonardo 400 curtinha   Chico 2000, vereador pela Capital, assegura que não procede a informação de que o seu Partido Liberal irá romper com o prefeito Emanuel, não o apoiando à reeleição. Segundo ele, foi Leonardo Oliveira (foto), que participou na quarta de uma reunião do...

Embates sobre a cadeira da discórdia

selma arruda curtinha 400   A cadeira da senadora Selma Arruda (foto), que está cassada há um ano mas, mesmo assim, continua no cargo, vem dividindo opinião de vários líderes políticos, uns torcendo logo para a Mesa do Senado decretar a vacância para Carlos Fávaro assumir a vaga, outros...

PL avisa Chico que não apoiará EP

chico 2000 curtinha   O vereador Chico 2000 (foto), único do PL na Câmara de Cuiabá e governista de carteirinha, se mostrou  desconfortável politicamente quando foi informado nesta quinta que a legenda liberal não vai apoiar a reeleição do prefeito Emanuel, do MDB. O partido é comandado no...

Bolsonarista esperançoso no Patriota

roberto franca curtinha   Roberto França (foto) decidiu fazer uma aposta arriscada com vistas às urnas de outubro. Aos 71 anos, metade deles ocupando cargos eletivos, como de vereador, deputado estadual e federal e prefeito de Cuiabá, ele trocou um partido nanico por outro, do PV para o Patriota. A esperança do...

Ex-vereador abandona rei dos porcos

fernando morais 400 curtinha   Mesmo impedido de ser candidato, já que está inelegível por oito anos, o ex-vereador pela Capital Abílio Júnior segue se articulando politicamente, deixou o PSC e se filiou ao Podemos. Acabou dando de ombros para o empresário Fernando Morais (foto), o "rei dos porcos",...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.