PARTIDO

Segunda-Feira, 02 de Setembro de 2019, 09h:45 | Atualizado: 02/09/2019, 10h:26

De malas prontas

Em reunião em Chapada, senadora "quase fecha" filiação ao Pode e cita afinidades

A senadora Selma Arruda está de "malas prontas" para sair do PSL e deve migrar para o Podemos. Neste final de semana, em reunião na sua residência, em Chapada dos Guimarães, foi feita a primeira tratativa para a filiação da senadora. O presidente regional da sigla, o deputado federal José Medeiros e vice-prefeito de Cuiabá, Niuan Ribeiro, que fizeram o convite a Selma.

Jane de Araújo

Selma Arruda

Selma Arruda destaca fato de sigla apoiar presidente Bolsonaro e bandeiras ideológicas

O Podemos tem a terceira maior bancada no Senado, com nove senadores. A tendência é que a filiação de Selma seja formalizada dentro dos próximos 15 dias. Antes, Medeiros irá articular uma nova reunião, mas desta vez entre Selma e membros do diretório nacional, que é presidido pela deputada federal Renata Abreu (Pode-SP) e que tem o senador pelo Paraná Álvaro Dias como uma das suas principais lideranças.

De acordo com interlocutores ligados ao partido, Selma disse neste domingo (1º) que a escolha pelo Podemos é motivada pelo alinhamento da sigla com o presidente Jair Bolsonaro (PSL), e pela proximidade ideológica e de bandeiras como a defesa da Lava Jato e o combate à corrupção.

Dentro do PSL, Selma tem sido vista como uma pessoa desagregadora e causadora de conflitos. O partido do presidente, que atraiu diversos perfis do conservadorismo e da direita, agora vive o turbilhão dos conflitos de ideologias, tais como as defendidas pelos olavistas, militaristas ou evangélicos.

O Podemos, por sua vez, é um partido novo que tem atraído lideranças de outras legendas. Medeiros, por exemplo, foi filiado ao Cidadania (Ex-PPS) é dissidente do PSD e o presidente do partido na Capital, Niuan Ribeiro, é ex-PTB e ex-PSD. Apesar de pequeno, o partido já desenha um cenário de participação ativa nas eleições 2020 com candidaturas próprias nas cidades pólos, inclusive na Capital, com a projeção de Niuan.

Apesar de não de ter feito nenhuma exigência ao Podemos para se filiar, Selma deverá receber o convite para ocupar algum cargo no diretório estadual.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Lúdio e incógnita sobre quem apoiar

ludio cabral 400 curtinha   Em 2010, com PT rachado, o hoje deputado estadual Lúdio Cabral (foto) não apoiou Carlos Abicalil, do seu partido, para o Senado. Preferiu virar cabo eleitoral de Pedro Taques, que se elegeu. Agora, para este pleito suplementar ao Senado marcado para 26 de abril, para preencher a vacância devido...

Cotado à cadeira de desembargador

francisco faiad 400 curtinha   É forte o movimento nos bastidores entre os juristas, dentro e fora da OAB/MT, pela indicação do nome de Francisco Faiad (foto) pela classe Quinto Constitucional à cadeira de desembargador. Bem articulado e com bom conceito no meio jurídico, Faiad foi presidente da OAB/MT por dois...

Pivetta promete permanecer no PDT

allan kardec 400 curtinha   O empresário Otaviano Pivetta, que se tornou o mais badalado nesta fase de pré-campanha ao Senado por causa da grande logística em torno do seu nome, se encontra numa saia-justa. Para líderes do Podemos com os quais passou a ter afinidade política, como os senadores Álvaro Dias e...

Ao Senado, 2 partidos e apoio para EP

elizeu nascimento 400 curtinha   Elizeu Nascimento (foto), terceiro-sargento PM licenciado, não é nada bobo. Ex-vereador pela Capital e no mandato de deputado estadual, Elizeu hoje controla o DC-MT e ainda levou aliados de confiança para o PSL-MT, partido que ainda está ligado ao presidente Bolsonaro e que só de...

Digital de Selma no apoio para Pivetta

olga lustosa curtinha 400   Mesmo com laços antigos de amizade com Otaviano Pivetta, Olga Lustosa, que está se desligando do cargo de assessora do gabinete da senadora cassada Selma Arruda em Brasília, causou aquele climão dentro do Podemos quando apareceu no encontro do PDT, neste sábado. O ato marcou o...

Fritado ao Senado, Galvan deixará PDT

antonio galvan 400 curtinha   Como já esperado, o presidente da Aprosoja, Antonio Galvan (foto), foi mesmo patrolado dentro do PDT estadual na tentativa de concorrer ao Senado na suplementar de abril. Com a decisão oficial do partido de lançar o vice-governador Otaviano Pivetta à disputa, Galvan agora pensa em sair da...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.