PARTIDO

Segunda-Feira, 17 de Fevereiro de 2020, 09h:40 | Atualizado: 17/02/2020, 10h:43

ALIANÇA PELO BRASIL

Fávero pede que bolsonaristas não usem partidos de MT como "barriga de aluguel"

JLSiqueira

Silvio F�vero

O deputado estadual Silvio Fávero durante discurso na tribuna da AL; deputado nega que esteja fazendo campanha para esvaziar o PSL em MT

O ativista Rafael Yonekubo, líder do movimento Direita MT e um dos coordenadores do Aliança pelo Brasil no Estado, acredita na meta de coletar 2 mil assinaturas para contribuir com a legalização do partido fundado pelo presidente da República Jair Bolsonaro. Entretanto, o número será contabilizado somente após o encerramento da coleta, no final de fevereiro.

Em âmbito nacional, a meta é coletar 491.967 assinaturas para registrar o Aliança pelo Brasil no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). A militância corre contra o tempo para tentar viabilizar a participação do novo partido nas eleições de outubro.

Reprodução

Comunicado Silvio Favero

Comunicado divulgado pelo deputado Silvio Fávero, em que nega estar fazendo campanha para filiação ao Aliança

Já o deputado estadual Sílvio Fávero (PSL), que chegou a ser anunciado como presidente da silga em Mato Grosso, esclarece que está focado no mandato parlamentar e não encabeça coleta de assinaturas nem atua para viabilizar a migração dos correligionários já que considera a adesão ao Aliança pelo Brasil um "decisão individual" de cada militante. Pede ainda que a militância bolsonarista seja sincera quanto a intenção de mudar da partido para não usar o PSL ou outra sigla como “barriga de aluguel”.

“Caso o Aliança não esteja apto para as eleições 2020, se tiver que se filiar a outra sigla, sejam francos e declarem a intenção de apoiar o presidente Bolsonaro e que pretendem, posteriormente, migrar para o Aliança, pós-eleições”, diz comunicado divulgado por Fávero neste final de semana.

“A coleta de assinaturas está sendo feita em todos os municípios do Estado, mas ainda não contabilizados. Isso será feito no final de fevereiro. As pessoas que acreditam no presidente Bolsonaro estão aderindo. Por temos certeza que a meta foi batida. Estamos recebendo adesões no Cartório do 6º Ofício, em Cuiabá”, explicou Rafael Yonekubo.

O Aliança pelo Brasil foi lançado pelo próprio Bolsonaro em novembro do ano passado, após ruptura com o PSL, para ser um partido conversador e de direita. O número será 38 em alusão ao calibre da arma de fogo.

Em Mato Grosso, o partido deve receber o deputado federal Nelson Barbudo e os deputados estaduais  Fávero e Delegado Claudinei. Os parlamentares aguardam a legalização do partido para desembarcarem do PSL. Prefeitos e vereadores também devem aderir.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

MPE suspende censo previdenciário

jose antonio borges 400 curtinha   O procurador-geral de Justiça, promotor José Antonio Borges (foto), suspendeu o censo previdenciário cadastral dos membros e servidores inativos e pensionistas do MPE. O recadastramento deveria ter iniciado no último dia 11 para ser concluído no final de fevereiro. Borges tomou...

Juca e os 7 secretários da Câmara

andre pozetti 400 curtinha   O presidente Juca do Guaraná definiu sete dos nove secretários que vão ajudá-lo a administrar a Câmara de Cuiabá. O secretário de Administração é Bolanger José de Almeida. O coronel PM da reserva Edson Leite conduz o Patrimônio e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.