PARTIDO

Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019, 15h:24 | Atualizado: 19/09/2019, 17h:13

ATO EM BRASÍLIA

Filiação ao Pode vira desagravo contra a cassação do mandato de Selma - vídeos

Assessoria

Selma Arruda Podemos

Filiação de Selma Arruda ao Podemos foi feita em coletiva à imprensa no Senado, nesta 4ª, ao lado de José Medeiros, Álvaro Dias e Niuam Ribeiro

A filiação da senadora Selma Arruda ao Podemos se transformou em ato de desagravo contra sua cassação no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) por caixa 2 e abuso do poder econômico na campanha em 2018. Agora, a juíza aposentada que deixou o PSL do presidente da República Jair Bolsonaro aguarda julgamento de recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda neste mês.

A senadora foi às lágrimas quando o deputado federal José Medeiros, que preside o Podemos em Mato Grosso e articulou sua migração, defendeu sua inocência quanto as acusações de crime eleitoral. Além disso, afirmou que a nova correligionária sofre “perseguição das oligarquias” desde a campanha eleitoral e  mandou recado aos políticos que se articulam para disputar a possível eleição suplementar ao Senado afirmando que Selma  concluirá o mandato.

“Selma não cometeu crime algum. O único crime que cometeu foi ter sido a primeira na votação e a segunda mulher na história de Mato Grosso a virar senadora. Esse é o crime da Selma, ousar. Ousar contra as oligarquias do Estado de Mato Grosso. Isso é um pecado que não passa impune ali. Quem perdeu está tentando ganhar a eleição na mão grande, como se ninguém tivesse feito pré-campanha. O Podemos está de braços abertos. Casa aberta, ar-condicionado ligado e tapete vermelho. Quero dizer para os pré-candidatos ao Senado tirar o cavalinho da chuva, que está trovejando. Selma fica até o último dia do mandato”, disse Medeiros durante coletiva no Salão Azul do Senado, na tarde desta quarta (18).

Já Selma, que oficializou a decisão de trocar o PSL pelo Podemos revelar o senador Flávio Bolsonaro (PSL-SP), filho do presidente da República, teria a pressionado aos gritos para que retirasse a assinatura do requerimento para criação da CPI da Lava Toga, discursou em defesa da Lava Jato e da ampla investigação dos Poderes, incluindo o Judiciário. Em claro recado à Família Bolsonaro, declarou  que “chega de clãs mandando no país” e voltou a chorar ao ser aplaudida pelos presentes.

“Chega de oligarquias, chega de clãs mandado nesse país. A gente não pode e não deve deixar que isso aconteça. A submissão não pode ser uma regra. Quando se fala em democracia, se fala em Parlamento livre. Eu me emociono não é porque eu sou mole, é porque eu sou corajosa. Essa lágrima é de indignação, ela não tem outro sentimento.  Assumo o compromisso de fazer o Podemos o maior partido de Mato Grosso em número de pessoas e estruturação. Vamos continuar lutando pela Lava Jato. Brasil tem que ser passado a limpo em todas as esferas. No Judiciário também. Sem acabar com a corrupção, não vamos fazer desse país, um país  sério, capaz de atrair investimentos”, concluiu.  

A assinatura da ficha de filiação foi prestigiada pela presidente nacional do Podemos Renata Abreu e pelo líder do Podemos no Senado Álvaro Dias. O líder do PSL Major Olímpio, que defendeu a permanência de Selma no partido, também estava presente. O vice-prefeito de Cuiabá Niuan Ribeiro, que se articula para disputar a Prefeitura nas  próximas eleições, foi a Brasília prestigiar o ato político.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • ROBSON JOSÉ | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 09h49
    5
    0

    Essa mulher "enquanto politico" é um exemplo claro dos motivos pelos os quais uma grande parte do povo brasileiro não acredita mais na classe política, teve seu mandato caçado com todas as provas pelo TRE e ainda é aceita por um partido político, isso com todas as honras, isso é um tapa na cara do cidadão, é chamar o eleitor de bobo. A sociedade, o cidadão eleitor não pode mais aceitar esse tipo de coisa, temos que repudiar esse tipo de político, que só denigre a imagem de alguns bons políticos que ainda existe em nosso país, observar na foto e não votar mais naqueles que estão ao lado dela, pois quem apoia atos ilegais não merece credibilidade. Aos menos o TRE/MT está de parabéns, fez o seu papel.

  • Ivonildo | Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019, 07h04
    2
    7

    A casa caiu dessa falsa moralista que sempre agiu ilicitamente. Nao deveria nem ter assumido o mandato.

  • Chico | Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019, 20h20
    0
    2

    Chico, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Thomas Morus | Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019, 17h13
    11
    5

    A Senadora SELMA Merece o nosso respeito, teve 678.542 mil votos, só em Cuiabá-MT foram 159.188 mil votos, mais que o dobro de Jaime Campos. A Senadora está sendo perseguida pelos seus algozes, aqueles que ela mandou prender que deveriam estar na cadeia. PARABENS! O processo de cassação no TRE foi Record, demorou 100 dias, o parecer do Ministério Público no TSE demorou (7) sete horas com 72 páginas – Será que não é perseguição? Mesmo que seja cassada...voltará mais forte.

  • CHIRRÃO | Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019, 16h42
    10
    5

    ONDE EU ACHO AS FICHAS PRA ME FILIAR??? ATÉ QUE ENFIM UM PARTIDO NOVO..OU UM NOVO PARTIDO..

Puxando o "rei" pra baixo em Tangará

reinaldo morais 400 curtinha   A pré-campanha ao Senado do empresário Reinaldo Morais (foto), o "rei dos porcos", evangélico e bolsonarista, vem ganhando aceitação popular em vários municípios. Mas, em Tangará da Serra, enfrenta muita resistência. Algumas pessoas próximas ao...

3 estaduais e 2 federais para prefeito

juarez costa 400 curtinha   Se na Assembleia, três dos 24 deputados se articulam por candidatura a prefeito, na Câmara Federal dois entre oito da bancada mato-grossense também pretendem fazer o mesmo. Tratam-se do emedebista Juarez Costa (foto), que apostará todas as fichas no retorno ao comando de Sinop, e do petebista...

PSDB rachado sobre nome a prefeito

ricardo saad 400 curtinha   O tucanato enfrenta uma incógnita em Cuiabá. A bancada na Câmara, hoje composta pelos vereadores Renivaldo Nascimento, Ricardo Saad (foto) e Toninho de Souza, defende apoio ao projeto de reeleição do prefeito Emanuel Pinheiro. O partido, presidido na Capital por Saad, já faz parte...

Poucos da AL se arriscam pra prefeito

silvio favero 400 curtinha   Inicialmente seriam seis dos 24 deputados estaduais dispostos a concorrer ao pleito de novembro deste ano. Mas a lista vem sendo reduzida à medida que se aproxima das convenções. Sílvio Fávero (foto), por exemplo, sabe que a chance de ganhar a Prefeitura de Lucas do Rio Verde, onde...

Transferindo pandemia para Cuiabá

lucimar campos 400   Prefeita de Várzea Grande, Lucimar Campos (foto) transferiu praticamente o pepino da pandemia da Covid-19 à gestão da cidade vizinha, comandada por Emanuel Pinheiro. Ela faz questão de enfatizar que, numa reunião com porta-vozes do governo estadual, do TCE, da Assembleia e dos dois maiores...

"Oposição desorganizada ajuda Pátio"

blairo maggi 400 curtinha   Com a experiência de quem já foi governador por dois mandatos, senador e ministro da Agricultura, o megaempresário Blairo Maggi (foto) disse, em entrevista numa live nesta sexta, com os jornalistas Eduardo Ramos e Lucas Perrone, que se a oposição não se organizar em...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.