PARTIDO

Sábado, 12 de Outubro de 2019, 13h:22 | Atualizado: 13/10/2019, 10h:09

Eleição do PT

Filiados pedem punição para o irmão de Barranco e outros 2 citados em fraudes

Reprodução

PT-Print-doc

Acima, carta em que filiados solicitam a adoção de medidas em relação às supostas fraudes nas eleições do PT

As supostas fraudes no Processo de Eleições Diretas (PED) do PT em Terra Nova do Norte (a 643 km de Cuiabá) continuam causando conflitos internos no partido.

Um grupo de filiados, liderados pelo advogado Paulo Lemos, está exigindo que a Executiva Estadual acione a Comissão de Ética para punir os responsáveis.

Os denunciados pelas fraudes são Lairton José Ferst, Gilson Damasceno Santos e Claudemir Mendes Barranco, irmão do deputado estadual Valdir Barranco, presidente do PT em Mato Grosso e vencedor da primeira etapa PED com quase 65% dos votos. Os três eram membros da Comissão Eleitoral em Terra Nova do Norte.

  Na representação, os denunciantes acusam os três correligionários de elaborar  e assinar  ata de votação e seus anexos, comunicando de maneira oficial para a instância superior do partido, resultados forjados da eleição, fruto de fraude eleitoral;   fazer  a retenção da lista de votação, que tinham a obrigação de encaminhar para a instância superior juntamente com o resultado das eleições, com a finalidade de produzir as assinaturas que dariam lastro ao comparecimento de filiados, informados na ata e, visando impossibilitar o acesso a ela dentro dos prazos de recursos;    elaborar  e assinar  um documento, encaminhado para a instância superior do partido, mentindo que a comissão fez todo o trabalho do PED de forma transparente seguindo o estatuto do partido e o regulamento; e falsificar  assinaturas de inúmeros filiados, na lista de votação.  

Como prova da falsificação de assinaturas, citam caso de um serventuário do Poder Judiciário que, não é mais filiado  ao PT, e registrou BO quando seu nome foi envolvido na fraude. Além disso, provaram que três filiadas que constam na lista de votação estavam de férias na Itália no dia do PED em Terra Nova do Norte.

Nesta semana, Paulo Lemos divulgou carta aberta a militância petista classificando os fatos ocorridos como escândalo e descalabro.  O advogado  ainda pediu para Barranco não atuar pra proteger o irmão.

“Seja presidente, não advogado do irmão, usando seu cargo de direção, para salvar a pele dele e induzir a militância e opinião pública a erro.  Não destrua a imagem do partido dessa maneira, passando a mensagem que o PT de Mato Grosso é conivente com crimes e se esforça para jogar panos quentes sobre a atuação de delinquentes, que atentaram contra a honra e dignidade dos filiados de Terra Nova do Norte/MT, fraudando suas assinaturas no dia da eleição”, escreveu.

Além da punição nas instâncias partidárias, Paulo Lemos pediu para avaliar se não cabe denúncia do caso à Polícia Civil e ao Ministério Público. Isso porque falsificação de assinaturas é crime de falsidade ideológica previsto no Código Penal Brasileiro.

O posicionamento de Paulo Lemos desagradou os petistas que estão no grupo de Whatsapp da direção estadual. Um dirigente aproveitou que o advogado não participa para pedir sua punição por cobrar providências sob o pretexto de “disciplina partidária” e disse que o “PT não é PSL”.

Reprodução

PT-Print

 

Paulo recebeu o print com a manifestação e cobrou postura dos correligionários. Inclusive, o desafiou a acioná-lo na Comissão de Ética do PT porque quer utilizar o espaço para reafirmar as denúncias contra as fraudes no PED.

Paulo Lemos ficou conhecido nacionalmente ao tatuar Lula Livre no braço. O advogado era assessor do deputado estadual Lúdio Cabral, mas resolver se desligar do cargo sem maiores explicações.

 Outro lado

O   deputado Valdir Barranco, afirmou que na instância estadual, a chapa Plenária Livre apresentou recurso apenas com relação à participação de Claudemir como mesário em Terra Nova do Norte. "Em nenhum lugar do regulamento do PED diz que isso é proibido. Tanto é que em muitas cidades do Brasil, inclusive em outras cidades de Mato Grosso, das diversas correntes, tivemos municípios ligados ao deputado Lúdio, ligado à Edna, que os presidentes também estiveram como mesários", afirmou o deputado.

Barranco destacou que o PT é o único partido que faz eleições diretas para suas representações em todos os níveis e disse esperar que a Executiva Nacional não acolha o recurso.

"Qualquer outra informação ou denúncia não cabe mais, porque já foi superado na instância estadual e quando se recorre à instância nacional só se pode recorrer em relação a aquilo que foi vencido aqui na instância estadual", explicou.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Filho de Taborelli assume vaga em VG

Willy taborelli _ curtinha400   O pai coronel Taborelli está fora de combate, mas o filho Willy (PSC), suplente de vereador, vai assumir cadeira na Câmara de VG a partir de 2 de março. Vai atuar na vaga do correligionário Miguel Baracat, que se licencia para fazer tratamento de saúde. O filho do polêmico...

Sem acordo para ter apoio de Selma

otaviano pivetta 400 curtinha   O empresário e vice-governador Otaviano Pivetta, pré-candidato ao Senado, disse que, de fato, recebeu convite para se filiar ao Podemos, inclusive do deputado Medeiros, um de seus prováveis adversários nas urnas de abril, mas que segue firme no PDT. Destaca ser um admirador do senador...

Na expectativa para disputar Senado

nelson barbudo 400 curtinha   Se o TRE flexibilizar a data de filiação para quem quer concorrer ao Senado, na eleição suplementar de abril, a inflação de candidatos tende a ser ainda maior. Entrariam no páreo, além dos 10 que já se dizem pré-candidatos, o ex-governador Pedro...

Conflito armado entre Ulysses e Elizeu

ulysses moraes curtinha   Já está dando confusão no PSL/DC o acórdão feito entre os deputados estaduais Ulysses (foto) e Elizeu. O primeiro confidenciou a amigos que não pretende apoiar a possível candidatura de Elizeu ao Senado, na eleição suplementar, marcada para abril. A considerar...

Jornalistas lançam 1º Anuário Jurídico

antonielle_curtinhas   O site Ponto na Curva e o Animus Centro Empresarial lançam em maio o primeiro Anuário Jurídico de Mato Grosso. A publicação, que é inédita no Estado, é conduzida pelas jornalistas e advogadas Antonielle Costa (foto) e Débora Pinho. A ideia é dar destaque a...

Ao Senado e com apoio de Bolsonaro

jose medeiros 400 curtinha   Com o apoio garantido por Bolsonaro, José Medeiros dá um passo largo rumo ao Senado, já nesta fase de pré-campanha. Entusiasmado, ele marcou a convenção do Podemos para 12 de março. De um lado, o ex-senador e hoje federal entra no rol dos mais cotados por causa do peso do...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.