PARTIDO

Terça-Feira, 05 de Janeiro de 2010, 15h:05 | Atualizado: 26/12/2010, 12h:15

INVESTIGAÇÃO

Livro sobre Sarney diz que Dante deixou US$ 42 mi na Suiça e vê "rolo" de Armando

    A obra Honoráveis Bandidos, lançada há dois meses pela Geração Editorial, revela a história do surgimento, enriquecimento e tomada do poder regional no Maranhão pela família Sarney e, das 199 páginas, em 6 delas há referências aos nomes dos irmãos Dante e Armando de Oliveira. Já falecido, Dante foi ministro da Reforma Agrária do governo José Sarney, deputado federal, prefeito de Cuiabá por duas vezes e governador também por dois mandatos. Armando, que na obra do jornalista Palmério Dória é chamado de Armandinho Nova República, era funcionário da Cemat.

    Quando a Centrais Elétricas Mato-Grossenses foi privatizada na gestão Dante, Armandinho constituiu a Amper Construções Elétricas. Essa empresa se viu encrencada com a Justiça Depois. Foi apontada pelo Ministério Público Federal como suspeita de lavagem de dinheiro sob a forma de dois empréstimos no valor total de US$ 3,2 milhões feitos no BankBoston e no Deutsche Bank em Montevidéu (Uruguai) e que tiveram o aval de João Arcanjo Ribeiro e a intermediação de uma offshore de Arcanjo, que recebeu uma comissão.

     Nas páginas 103 e 104, o autor lembra que Dante era amigo íntimo de Sarney e que em 2001, enquanto governador, integrou o Conselho Deliberativo da Sudam e auxiliou Roseana, que presidia a reunião, quando foi aprovado projeto de financiamento para a Usimar, uma fábrica de autopeças que seria implantada no distrito industrial de São Luís (MA) . O caso Usimar virou escândalo nacional depois por causa de denúncias de superfaturamento e corrupção com dinheiro da Sudam. No meio desse assunto, o autor escreve que o ex-governador Dante "(...) deixou ao morrer (em 2006) uma conta na Suiça com US$ 42 milhões". Insinua que seria dinheiro em paraíso fiscal num esquema envolvendo Armandinho.

   "(...) Armandinho Nova República, o funcionário público de terceiro escalão das Centrais Elétricas de Mato Grosso que se tornou o mais rico empreiteiro do Estado, sócio de uma construtora e de Fernando Sarney", escreve Palmério. Ele conta ainda que Dante se tornou ministro (em 85), graças à indicação de Roseana, filha de Sarney, e reforço do empresário Jorge Murad, esposa de Roseana. Lembra que Sarney, que lutava contra a emenda das Diretas Já, apresentada por Dante enquanto deputado, o convidou para compor o primeiro escalão. Cita que o então peemedebista, "deputado mato-grossense famoso por sua emenda à Constituição (...), teve a sorte de trocar a Prefeitura de Cuiabá, onde enfrentava índices assombrosos de desaprovação, por um Ministério da Reforma Agrária. Inócuo, mas um Ministério".

    Armando de Oliveira só não foi preso em 2004 porque conseguiu habeas corpus preventivo no Tribunal Regional Federal (TRF), da 1ª Região em Brasília. Foi o juiz Julier Sebastião da Silva quem decretou sua prisão. Ele havia autorizado a Polícia Federal a cumprir mandados de busca e apreensão de documentos na casa de Armando e na Amper.

    Polêmica

   O polêmico livro de Palmério Dória está provocando muita confusão, principalmente no Maranhão, terra da família Sarney. Em Mato Grosso, começa a ganhar repercussão por causa das citações dos irmãos Dante e Armando em suposto esquema de "dinheiro sujo". A obra discorre também sobre o controle que o patriarca Sarney exerce no Senado, com suas alianças e indicações, além de citar nomes e histórias de vários políticos envolvidos, de forma ou de outra, com o senador.

    Além de dedicar um capítulo para refazer toda a cronologia da vida de Sarney, relacionando-a com os acontecimentos no Brasil, o livro contém ainda um caderno especial de 16 páginas com charges assinadas pelos irmãos Caruso - Chico e Paulo - feitas em vários momentos da trajetória política de Sarney. E para provar que "o coronel" continua no controle de uma forma ou de outra, Dória conta ter recebido recentemente a notícia de que "Honoráveis Bandidos" não chegou às livrarias no Maranhão.

Postar um novo comentário

Comentários (53)

  • RODRIGUES | Segunda-Feira, 29 de Agosto de 2011, 16h58
    1
    0

    NAO FICO SURPRESO COM ESSE "COMENTARIO"DESTE TAL SENADOR VINDO DE SARNEY ESSA FAMILIA QUE O BRASIL CONHECE MUITO BEM PELOS SEUS ESCANDALOS E POR PASSAR A MÃO NO DINHEIRO PÚBLICO, NAO TEM CARATER DE FALAR DE NINGUEM NOS MATO GROSSENSE SABEMOS O VALOR QUE DANTE ERA PRA NOS, FEZ POR NOS SE ELE ERROU COMO DIZ NO SUPOSTO LIVRO DELE "SARNEY" EU NAO COMPRO UM LIVRO DE HOMEM NAO ENRIQUECE MINHA VIDA COM ESSES ASUNTOS, SERA QUE ELE FALA DA VIDA DELE NESSE LIVRO E DA SUA FAMILIA QUE SUGA O BRASIL A MAIS DE 5O ANOS.

  • olivaldo | Quinta-Feira, 16 de Setembro de 2010, 22h24
    1
    0

    eeeenta Povinho bobo, a maioria pensando que o homem (Dante) era mesmo honesto. São esses que levam o Brasil pro ralo, quero dizer...o dinheiro do povo e a qualidade de vida é zero.. acordem mato Grosso, votem certo...

  • DODO | Terça-Feira, 07 de Setembro de 2010, 20h44
    1
    0

    TEmos que exterminar o PSDB,inclusive a senhora THELMA e herdeira do DANTE Fiquem de olho. Nao podemos mais votar em RIVA, THELMA, SERYS, TETE, CARLÂO, DEUCIMAR e muitos ai que ja conhecemos que nao ajudaram em nada nosso país mais roubaram o cofre publico. É tempo de mudar nós temos o poder nas mãos ele se chama VOTO. Se o candidato tem alguma acusação contra ele nao vote, pois onde a fumaça há fogo.

  • carlos | Quinta-Feira, 06 de Maio de 2010, 07h29
    1
    0

    E nisso tudo onde está "RECEITA FEDERAL" cada dia eu acredito mais que esse orgão do gonverno só serve prá coletar e vigiar a vida da classe média no Brasil. acorda RECEITA FEDERAL

  • mario | Terça-Feira, 16 de Fevereiro de 2010, 19h11
    1
    0

    mario, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • SANELDER | Quarta-Feira, 27 de Janeiro de 2010, 09h28
    1
    0

    NÃO CONHEÇO MUITO A HISTORIA DE MATO GROSSO, FALO COM RESPEITO A POLITICOS COMO DANTE, MAS A DO MARANHÃO ONDE NESCI, E PODRE A FAMILIA SANEY TEM QUE SAIR DE CENA PARA O MARANHÃO EVOLUIR....

  • martha | Quarta-Feira, 13 de Janeiro de 2010, 21h20
    1
    0

    Mato Grosso NÃO MERECE ISSO. Lembro que entre a década de 70 a 80, passava pela Isaac Póvoas e via aqule rapaz alto magro com um megafone chamando a atenção da população para as coisas públicas, era Dante de Oliveira, admirava auqla atitude, coragem...com o tempo, os conchavos, os bastidores da política, os macacos velhos, os espertalhões, ou alguma intrínseca se manifestou...sei lá...só sei que aquele jovem mudou da água pro vinho. Não enxergava nada mais á sua volta a não ser os seus (os apadrinhados políticos, a elite...que sempre favoreceu a si mesmo e aos seus pares, basta ver aonde está infiltrado o partido do PSDB (sinonimo de acumulação de capital, concentração de renda e de patrimonio) somente a elite tem vez. Definitivamente Mato Grosso não merece, pois Mato Grosso é generoso, acolhedor.

  • Rene | Sexta-Feira, 08 de Janeiro de 2010, 08h53
    1
    0

    Tudo que se podre no Brasil é carente de investigação,aos que postaram à apologia ao saudoso político a sua execlência Dante de Oliveira sugiro um grau de alhegado. No duermes Brasil...

  • Rui Ramos | Quinta-Feira, 07 de Janeiro de 2010, 20h59
    1
    0

    Incrivel eu moro perto dos velhinhos daquele famoso episodio contado pelo então candidato á prefeito´´ Wuirso pinóquio´´,os velinhos depois do episódio desfilam de caminhete importada, e suas filhas de corsa sedan zero guri, e tbem são cargos comissionados da prefeitura cba. Até quem fim acharam o paradeiro de dinheiro da venda da nossa saudosa cemat. No tempo do PSDB no poder venderam tudo que podiam, O FERNANDINHO HENRIQUE era o leiloeiro-mor, prestem atenção na nossa querida sanecap, wursinho pinóquio ta coçando pra entregar , como fez com com aquela rua la no porto .vamos varrer esse povo daqui.

  • Ademar Adams | Quinta-Feira, 07 de Janeiro de 2010, 11h51
    1
    0

    Desculpem, mas esse Edson Nogueira dizer que temos eleições diretas graças a Dante de Oliveira, é uma bobagem sem tamanho... Só para quem não conhece a história ele pode dizer uma asneira destas.

Políticos e prisões nos últimos 2 anos

gaspar lazzari 400 curtinha   Vários políticos, que exerceram mandatos eletivos, como de vereador, prefeito, deputado e de governador, foram em cana nos últimos dois anos em MT. Eis alguns deles com passagem pelo cárcere: ex-governador Silval Barbosa, ex-deputados José Riva, Mauro Savi e Gilmar Fabris e o hoje...

Contratos da MTI vão ser suspensos

kleber geraldino mti curtinha 400   O governador Mauro Mendes vai determinar que o presidente Kleber Geraldino Ramos dos Santos (foto) suspenda todos os contratos da Empresa Mato-Grossense de Tecnologia da Informação (MTI - ex-Centro de Processamento de Dados do Estado), após ser informado de irregularidades em pelo menos dois...

Diretor define contratos emergenciais

alexandre beloto 400 curtinha diretor hospital   O diretor-geral da Empresa Cuiabana de Saúde Pública, Alexandre Beloto Magalhães (foto), tem feito compras emergenciais de materiais hospitalares para surprir demandas, especialmente do São Benedito e do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC), que detém uma...

Bancada garante R$ 10 mi para IFMT

neri 400 curtinha   O deputado Neri Geller (foto), coordenador da bancada federal mato-grossense, anunciou destinação de R$ 10 milhões em emendas para o Instituto Federal de Mato Grosso no orçamento de 2020. Dirigentes do IFMT promoveram duas reuniões para debater projetos para melhorar a estrutura física...

Juca e aval do prefeito a projeto social

juca do guaran� curtinha 400   Juca do Guaraná Filho (foto), do Avante, conseguiu sensibilizar o prefeito Emanuel Pinheiro a apresentar uma mensagem à Câmara isentando do pagamento de IPTU os portadores de câncer e HIV. O  projeto foi apresentado originalmente na Câmara Municipal da...

Supremo enterra pedido contra Maluf

maluf_400   A 1ª Turma do STF enterrou de vez um pedido do advogado Waldir Caldas (Novo), ex-candidato ao Senado, que tentava revogar os atos que conduziram o ex-deputado Guilherme Maluf (foto) a uma cadeira no Tribunal de Contas. Caldas queria, ele próprio, ter a chance de ser indicado ao cargo, que era de prerrogativa da Assembleia. O...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O que você acha das denúncias, principalmente sobre pagamento de propina, feitas pelo ex-presidente da AL José Riva, que tenta fechar delação?

São verdadeiras

Nem tudo é verdade

Acho que ele está mentindo

Não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.