PARTIDO

Sexta-Feira, 16 de Agosto de 2019, 17h:27 | Atualizado: 16/08/2019, 17h:47

PSL busca filiar 5 prefeitos, mas discórdia com suplente pode barrar Adriano Pivetta

Rodinei Crescêncio

Nelson Barbudo

Deputado federal mais votado em MT, Nelson Barbudo preside o PSL estadual e lidera campanha de novas filiações

Quatro prefeitos já confirmaram adesão ao PSL do presidente da República Jair Bolsonaro durante a 1ª Campanha Nacional de Filiação que será realizada nesta sábado (17), com eventos em Cuiabá e outras cidades-polo de Mato Grosso. São eles  Adriano Pivetta (Nova Mutum),  Antônio Rufatto (Paranaíta), Leocir Hanel (Nobres) e Jonas Canarinho (Aripuanã). As lideranças partidárias ainda trabalham com a possibilidade filiar Maurício Souza (Peixoto de Azevedo).

Atualmente, o PSL conta com três prefeitos em Mato Grosso. Além de Rafael Machado (Campo Novo do Parecis), o partido de Bolsonaro agrega Valcir Casagrande (Sapezal) e Iraldo Ebertz (Tapurah).

Irmão do vice-governador Otaviano Pivetta (PDT), Adriano está no PDT e exerce o quarto mandato de prefeito em  Nova Mutum, eleito como candidato único em 2016. Um fator que pode impedir sua filiação nas últimas horas são divergências com o assentado da reforma agrária Gilberto Cattani, que é suplente de deputado estadual pelo PSL. Dirigentes partidários tentam contornar a situação.

Já Antônio Ruffato e Leocir Hanel estão  deixando o PSDB, enquanto o prefeito Jonas Canarinho já estava sem partido. Se confirmar a adesão, Maurício Souza também migrará da legenda tucana. 

Campanha

A Executiva Estadual do PSL já se organiza para as eleições municipais de 2020. Os partidos terão até outubro para emplacar as adesões e fortalecer suas candidaturas para o próximo pleito, conforme resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

No Estado, o evento é organizado pelo presidente da sigla, deputado federal Nelson Barbudo, senadora Selma Arruda e pelos deputados estaduais Silvio Fávero e Delegado Claudinei.

Segundo comunicado, o intuito  também é de reforçar a ideia de que o PSL é uma sigla, hoje, que não é somente o presidente Bolsonaro. Isso porque  tem senadores, deputados federais, deputados estaduais governadores, prefeitos e vereadores.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Marco Araújo | Sábado, 17 de Agosto de 2019, 00h25
    0
    0

    Sou vereador em Rosário Oeste e pré- candidato a prefeito. Comunico a todos que assim que abrir a janela partidária estarei deixando o PSDB e me filando também ao PSL.

  • Medeiros | Sexta-Feira, 16 de Agosto de 2019, 19h59
    0
    0

    O Barbudo e todo o PSL votaram para trabalharmos em domingos e feriados... Agora querem os municípios para tirar o dia das famílias desses municípios se reunirem!!! Jamais deixaremos!!!

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

Lúdio desiste e PT perde com Barranco

ludio cabral 400 curtinha   O deputado Lúdio Cabral (foto) estava se movimentando para tentar convencer o PT a lançá-lo ao Senado, por aclamação, e ainda instigar o diretório estadual a buscar recursos junto à Nacional para a campanha. Mas o tiro saiu pela culatra. O guru do partido no Estado,...

Carta de Abicalil cita traição de Lúdio

carlos abicalil 400 curtinha   Carlos Abicalil (foto), ex-federal e hoje assessor do deputado Valdir Barranco, demonstra até hoje estar "atravessado" com Lúdio Cabral por causa da traição política de 2010. Na época, mesmo o PT o tendo lançado ao Senado, Lúdio, ex-vereador por Cuiabá e...

Júlio apoiou Bolsonaro pra varrer o PT

julio campos 400 curtinha   Júlio Campos (foto), pré-candidato a senador pelo DEM, diz que em 2018 não só votou em Bolsonaro, como participou de carreata e vestiu camisa com as cores verde e amarela em apoio à candidatura do capitão. Lembra que estava convicto naquele momento de que era preciso varrer o PT...

Já com apoio de mais de 50 prefeitos

otaviano pivetta 400 curtinha   Otaviano Pivetta (foto) não para nas articulações políticas. E, se apoio elevado de prefeitos vier a ser decisivo, ele será eleito senador na suplementar de 26 de abril. Dos 141 gestores municipais do Estado, mais de 50 já anunciaram que estarão no palanque do...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.