PARTIDO

Quarta-Feira, 16 de Fevereiro de 2011, 19h:09 | Atualizado: 17/02/2011, 07h:31

Articulação

Taques garante que nunca houve convite a Galindo para oposição

Pedro Taques e Chico Galindo   O senador Pedro Taques (PDT), que conduziu em seu escritório político a reunião com os partidos que integram o movimento “Mato Grosso Muito Mais”, se disse surpreso com as notícias veiculadas na imprensa em que o presidente do diretório estadual do PTB, o prefeito de Cuiabá, Chico Galindo, afirma não aceitar o convite para compor o grupo.

   “Jamais convidei Galindo ou o PTB para integrar nosso movimento de oposição. Até porque sabemos a relação que ele tem com o Governo”, declarou em sua página no microblog Twitter nesta quarta (16). O grupo, composto por PDT, PPS, PSB e PV se reuniu na última sexta (11) quando decidiu convidar o PSDB e o DEM para o encontro realizado na segunda (14). Na ocasião, Taques chegou a afirmar que também chamaria o PTB para participar das discussões.

   “Resumindo, tem alguém mentindo aí. Ou ele (o prefeito) ou a imprensa”, concluiu o senador. O próprio Galindo ressaltou, no entanto, que não foi convidado, mas se adiantou dizendo que, se isso acontecesse, não aceitaria. “Se for para ser oposição ao governador Silval Barbosa (PMDB) não vou me unir”, disse.

   Durante o processo eleitoral, os partidos do movimento apoiaram, sem sucesso, a candidatura do empresário Mauro Mendes (PSB) ao Paiaguás. Da mesma forma, PSDB, DEM e PTB encabeçaram a coligação que tinha o ex-prefeito de Cuiabá, Wilson Santos (PSDB) disputando o Governo. Na corrida eleitoral, Silval se mostrou hábil em cooptar apoio da maioria dos prefeitos, inclusive desses partidos. Agora, essas legendas procuram se unir para ganhar musculatura na disputa das eleições municipais em 2012 e concretizar um projeto vitorioso em 2014.

Postar um novo comentário

Comentários (5)

  • JOAO DE DEUS | Quinta-Feira, 17 de Fevereiro de 2011, 08h31
    0
    0

    Vamos trabalhar por um MATO GROSSO MELHOR e deixar essas pescuinhas, brigas para garantir cargos. Essas alianças com outros partidos é normal. Ele tem que ter a base de sustentação para outras eleições. O Senador nao é ingenuo! ele sabe o que está fazendo e pode ter certeza que será MELHOR para MATO GROSSO. "RAPOSAS TEM EM TODOS OS LUGARES. SÓ NAO PODE DEIXAR ELAS COMEREM OS PORQUINHOS..."

  • Gilmar Brunetto | Quinta-Feira, 17 de Fevereiro de 2011, 07h03
    0
    0

    Na minha umilde opinião o Senador Pedro Taques esta começando mal ao se ao procurar as velhas raposas da politica, parare que já esqueceu os populares os responsáveis pela sua eleição, cuidado!!! Pedro, a serys que o diga, nos que sempre volutáriamente ajudamos a elege la, em 8 anos de Senadora se quer recebemos um telefonema dela.

  • antonio souza | Quarta-Feira, 16 de Fevereiro de 2011, 23h12
    0
    0

    PERDI MEU VOTO MAIS UMA VEZ...ACREDITEI QUE TERIA UM SENADOR COERENTE E RESPONSAVEL, ALIAR-SE AO QUE HA DE MAIS PODRE NA POLITICA DE MATO GROSSO, JAIME E PSDB, E O FIM DA PICADA. E HORA DE TRABALHAR SENADOR TAQUES, MOSTRA PORQUE VC FOI ELEITO, TRAGA PROPOSTAS, EMENDAS ESPERANCA PARA NOSSO POVO, MT TA VIVENDO UM MOMENTO IMPORTANTE, VAMOS TRABALHAR E TRAZER OBRAS E QUALIDADE DE VIDA PRA NOSSA GENTE. AS RAPOSAS ESTAO QUERENDO VOLTAR E VC TA DANDO OPORTUNIDADES PARA ELAS, ACORDA ENQUANTO E TEMPO. NOSSO DEPUTADO ZECA VIANA NAO VAI ENTRAR NESSA BARCA FURADA, MESMO PORQUE O IRMAO DELE JA PROVOU DESSE VENENO E TA FRITO, NAO VAI FAZER O SUCESSOR. ENTAO E HORA DE VC ACORDAR E MOSTRAR PRA QUE VEIO.

  • Carlos Vidal | Quarta-Feira, 16 de Fevereiro de 2011, 21h46
    0
    0

    Ainda bem que o prefeito cuiabano não vai fazer oposição ao governo do estado que tem que ajudar a prefeitura a resolver os problemas da capital que é a cidade vitrine de todos os matogrossenses. esse Pedro Taques quer é ibope, acabou de se eleger e já quer frente contra o governo deixa o homem trabalhar

  • Franco | Quarta-Feira, 16 de Fevereiro de 2011, 19h38
    0
    0

    Dizer que dessa água não bebo, é fácil. Mas, quando a cede vem, ... às vezes bebemos. Só lembrando: Wilson Santos é do PSDB.

Olhar Dados mantém EP na liderança

emanuel pinheiro 400 curtinha   A sexta pesquisa do Olhar Dados sobre intenções de voto para prefeito de Cuiabá, divulgada nesta terça pelo site Olhar Direto, traz o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) estável, em primeiro, com 31,2%. Em segundo, com 7 pontos atrás, figura Abílio Júnior, com...

Meraldo disputa e contra próprio irmão

meraldo sa 400 curtinha   Meraldo Figueiredo Sá (foto), ex-prefeito de Acorizal por dois mandatos, está rindo à toa. Mesmo com parecer contrário do Ministério Público Eleitoral, por considerá-lo ficha-suja, Meraldo conseguiu deferimento do registro de sua candidatura. E entra no embate eleitoral com...

Gamba e efeito-vice em Alta Floresta

chico gamba 400 curtinha   O agricultor Chico Gamba (foto), que concorre a prefeito de Alta Floresta pelo PSDB, estaria disposto a substituir a vice da chapa, a empresária Roseli Gomes, a Rose da Tradição (PSC), por esta enfrentar forte desgaste político, rejeição popular e até denúncia. Mas,...

PT, candidata vetada e novo ajuste

bob pt 400 curtinha   O PT em Cuiabá, comandado pelo assessor do deputado Lúdio, Elisvaldo Almeida, o Bob (foto), terá de ajustar de novo a chapa proporcional, especialmente sobre candidaturas femininas em Cuiabá. Depois que foi intimado pela Justiça a completar a cota de mulheres, sob pena de indeferimento da...

TCE vê superfaturamento em Juara

carlos sirena 400 curtinha   Em plena campanha eleitoral o prefeito de Juara, Carlos Sirena (foto), candidato à reeleição pelo DEM, está tendo que buscar explicações sobre irregularidades apontadas pelo TCE-MT em alguns casos de dispensa de licitação, especialmente nas compras de produtos para...

Doação à campanha a pedido de Jayme

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto) não tirou um centavo do bolso para colocar na campanha de Kalil Baracat, mas é o responsável pela entrada de praticamente a metade dos R$ 1,4 milhão doados ao candidato do MDB à Prefeitura de Várzea Grande. Graças à...