Polícia

Quarta-Feira, 08 de Julho de 2020, 06h:26 | Atualizado: 08/07/2020, 12h:00

CUIABÁ

Advogado é alvo de operação da PF; 5 são presos por tráfico internacional de drogas

Atualizada às 8h26

A Polícia Federal deflagou na manhã desta quarta (8) uma operação e está cumprindo mandados contra diversos acusados de tráfico de cocaína e lavagem de dinheiro, incluindo um advogado na Capital. Cerca de seis equipes estão na rua com 30 policiais federais. A Operação Fausto foi deflagrada pela especializada de repressão ao tráfico internacional de drogas e visa desmantelar um esquema de tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

Ao todo, cinco pessoas foram presas, sendo dois homens e duas mulheres, e uma de gênero desconhecido. A PF também apreendeu quantia em dinheiro. Um dos mandados foi cumprido no Jardim Itália, bairro nobre da Capital.

O apurou que o advogado seria alvo de prisão. Apesar disto, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/MT) não teria sido avisada da ordem, como ocorre na praxe. Conforme o apurado, a carteirinha dele estaria suspensa. O motivo não foi informado.

Agência Brasil/Foto Ilustrativa

PF pol�cia federal opera��o

De acordo com a assessoria da PF, são no total 12 mandados de busca e apreensão e cinco de prisão em Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais. As ordens foram expedidas pela 5ª Vara Federal de Mato Grosso.

O trabalho policial aponta que os investigados teriam movimentado entre 2017 e 2020 mais de R$ 20 milhões. A maior parte da movimentação suspeita era realizada em nome de familiares e empresas de fachada.

Os investigados vinham ostentando elevado padrão de vida, com imóveis sofisticados, carros de luxo e viagens a lazer.

A PF identificou que o tráfico de drogas era financiado por meio de uma suposta empresa de turismo. A instituição comercial alugava veículos, imóveis e reservava hotéis na região de fronteira. Além disso, equipamentos eram comprados e os valores eram transferidos para os investigados e seus familiares.

A empresa também operava contratos aparentemente falsos de compra e venda de dólar, usando cadastro de pessoas sem autorização, esquema conhecido como “boletagem”.

A Polícia Federal informa que a realização de operações de câmbio e a movimentação de moeda estrangeira de forma ilegal ou em desacordo com as normas do Banco Central (Bacen) e da Resolução do Conselho Monetário Nacional – CMN nº 3.568/2008, constitui crime contra o sistema financeiro nacional e indica lavagem de dinheiro.

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Cuiabano Cansado | Quarta-Feira, 08 de Julho de 2020, 14h43
    2
    0

    Pessoal, esqueceram que a nova lei de abuso de autoridade proibiu a divulgação dos nomes. Se fosse pela Polícia, os nomes já teriam sido divulgados. Viva a vergonhosa Justiça brasileira

  • Servidor Aposentado | Quarta-Feira, 08 de Julho de 2020, 11h03
    0
    0

    Servidor Aposentado , Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Afonso | Quarta-Feira, 08 de Julho de 2020, 11h00
    10
    0

    O que adianta divulgar os nomes ? Vai acontecer o que ocorre com os políticos que desviam rios de dinheiro da saúde, educação, segurança, transporte, e ainda são eleitos e reeleitos. Outro dia encontrei um deles com a filha e netos fazendo compras em supermercado. E acredite se quiser, vários clientes do supermercado aproximaram dele sorridentes para comprimentá-lo, só faltou distribuir autógrafos.

  • Servidores públicos | Quarta-Feira, 08 de Julho de 2020, 09h20
    10
    1

    Não podemos tampar o sol com a peneira, enquanto não começarmos a divulgar os nomes dos corruptos, aqueles envolvidos com narcotráfico, vamos assim incentivar é preciso sempre falar a verdade quem sabe estes caras diminui

  • Os indignados | Quarta-Feira, 08 de Julho de 2020, 09h12
    11
    1

    Quem são essas 4 pessoas envolvidas? Nomes?

  • Os Matogrossenses | Quarta-Feira, 08 de Julho de 2020, 08h55
    13
    2

    Queremos saber quem é este advogado? É preciso ter transparência

Túlio, inabilidade política e frustração

tulio fontes 400 curtinha   Túlio Fontes (foto), que ainda faz mistério sobre disputa à sucessão em Cáceres, ficará mesmo fora do embate das urnas. Ex-prefeito e derrotado duas vezes para deputado estadual, ele não moveu uma palha para fortalecer o seu nanico PV. Conclusão: o partido só...

Pátio, vice, o MDB e ex-secretário

adonias fernandes 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio não desistiu de vez do seu antigo partido, o MDB, no qual militou por mais de duas décadas. Embora em rota de colisão com alguns líderes emedebistas, Pátio ainda tem bom contato com o ex-padrinho político, o...

Prefeito de Sapezal e aditivo com 15%

valdecir casagrande 400 curtinha sapezal prefeito   O prefeito de Sapezal, Valcir Casagrande (foto), autorizou o quarto aditivo de um contrato sem licitação, firmado em 2019 entre o município e a Casa de Saúde Santa Marcelina. Chamam atenção o valor e o aumento. A continuidade do atendimento aos...

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.