Polícia

Terça-Feira, 16 de Outubro de 2018, 08h:47 | Atualizado: 16/10/2018, 14h:34

Gaeco prende delegado e 2 investigadores acusados de crime de tortura em Colniza

Atualizada às 14h23

�dson pick

Édson Pick, delegado em Colniza, é acusado de tortura, junto com outros 2 investigadores

O Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco), composto por membros do Ministério Público, Polícia Civil e Militar, e a Promotoria de Justiça de Colniza (a 759 km de Cuiabá) desencadearam a Operação Cruciato na manhã desta terça (16) para prender o delegado Edson Ricardo Pick e dois investigadores do município, Woshington Kester Vieira e Ricardo Sanches. As investigações estão em curso e apuram a prática de crimes de tortura.

A tortura teria sido cometida no contexto de uma chacina local, em abril de 2017, em que morreram 9 grileiros. O caso teve repercussão internacional. O delegado conduziu inquérito do caso.

A vítima da tortura - um homem - denunciou que, em depoimento ao delegado, sofreu agressões, para que contasse detalhes da chacina. Exames de corpo delito foram realizados e comprovaram a violência. Laudo aponta vestígios no corpo do homem.

Gaeco pris�es

Gaeco cumpre mandados na cidade

Acompanhado pelo advogado, ele levou o caso à Corregedoria Geral de Polícia Civil, que, nesta terça, emitiu nota confirmando que deu apoio ao Gaeco no cumprimento dos mandados de prisão, requisitados pelo MP e concedidos pelo Judiciário. O juiz Ricardo Frazon Menegucci, da Vara Única de Colniza, determinou as prisões.

A Corregedoria informa que não teve acesso prévio ao teor da denúncia feita pelo MP, no entanto já deu início às diligências para apurar os fatos no âmbito administrativo disciplinar.

Histórico do delegado

O delegado Edison é do concurso fevereiro de 2009, mas só foi empossado em 23 de janeiro do ano passado. É natural de São João do Paraná (PR) e morador de Mato Grosso desde o ano de 1986. Residiu em Aripuanã, onde trabalhou como procurador do município. Atuou em vários casos emblemáticos em Colniza, entre eles o da chacina  e o da morte do prefeito Esvandir Antonio Mendes, de 61 anos, em 15 de dezembro de 2017.

Por outro lado ele acumula polêmicas, em agosto deste ano prendeu um médico legista depois dele se negar a fazer um exame de necropsia em uma vítima de acidente de trânsito, que morreu após cair em um rio às margens da BR-175 (a 145 km do Distrito de Guariba).

Em setembro de 2017, a Corregedoria da Polícia Civil abriu investigação contra o mesmo delegado, acusado em denúncia de usar a viatura da delegacia para fins particulares, como ir à igreja, supermercado e lojas, além de transportar a esposa no veículo, que não é policial e nem servidora do Estado.

Na denúncia, também foi juntado um vídeo, que mostra supostamente o delegado de polícia fazendo uso indevido da viatura.

Outro lado

O tentou falar com o delegado, mas o celular dele está desligado. O presidente do sindicato da classe, Wagner Bassi, disse que a assessoria jurídica da entidade está avaliando o caso para só então se manifestar.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Pedro | Terça-Feira, 16 de Outubro de 2018, 12h02
    3
    3

    PAD, demissão e manda para Brasília trabalhar com Bolsonaro.

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

Secretário, furtos e a incompetência

rodrigo metello 400 curtinha   O secretário de Transporte e Trânsito de Rondonópolis, Rodrigo Metello (foto), filiado ao MDB e pré-candidato a vereador, corre risco de ser acionado na Justiça por centenas de pessoas que tiveram motocicletas apreendidas e que depois acabaram furtadas do Pátio Rondon. O local...

Vereador na base e críticas a Leonardo

leonardo 400 curtinha   Chico 2000, vereador pela Capital, assegura que não procede a informação de que o seu Partido Liberal irá romper com o prefeito Emanuel, não o apoiando à reeleição. Segundo ele, foi Leonardo Oliveira (foto), que participou na quarta de uma reunião do...

Embates sobre a cadeira da discórdia

selma arruda curtinha 400   A cadeira da senadora Selma Arruda (foto), que está cassada há um ano mas, mesmo assim, continua no cargo, vem dividindo opinião de vários líderes políticos, uns torcendo logo para a Mesa do Senado decretar a vacância para Carlos Fávaro assumir a vaga, outros...

PL avisa Chico que não apoiará EP

chico 2000 curtinha   O vereador Chico 2000 (foto), único do PL na Câmara de Cuiabá e governista de carteirinha, se mostrou  desconfortável politicamente quando foi informado nesta quinta que a legenda liberal não vai apoiar a reeleição do prefeito Emanuel, do MDB. O partido é comandado no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.