Polícia

Quarta-Feira, 31 de Outubro de 2018, 09h:44 | Atualizado: 31/10/2018, 17h:14

OPERAÇÃO CARCARÁ

Preso pela PF em operação contra tráfico é acusado de executar prefeito de Colniza

Antonio

Antônio responde pela morte de prefeito Esvandir Mendes, o "Vando Colnizatur"

Antônio Pereira Rodrigues Neto, acusado pela morte do prefeito de Colniza (a 1.114 mil km de Cuiabá), Esvandir Mendes, o "Vando Colnizatur", é um dos alvos de prisão da Polícia Federal, que deflagrou, na manhã desta quarta (31), a operação Carcará. Ele está preso no Centro de Detenção Provisória (CDP), em Juína, onde presta depoimento aos agentes federais.

Antônio era quem recebia a cocaína em Colniza, mas a polícia investiga se em alguns casos ele mesmo não seria a pessoa que buscava os entorpecentes.

A organização criminosa “importava” da Bolívia a droga com alto teor de pureza.

O tráfico funcionava assim. A droga era carregada em aeronaves, que aterrizavam em Colniza. De lá seguia para São Paulo em caminhões com fundos falsos, geralmente localizados em tanques de combustíveis. 

Operação PF

PF chega à casa de família acusada de narcotráfico em Tangará da Serra

Outros presos

Também foi preso, por envolvimento no esquema de narcotráfico, Paulo Veronez, em Cuiabá. Em Tangará da Serra (a 245 km da Capital), foram presos Roberto Ferreira de Souza Miranda, a esposa dele, Elza Souza Miranda, e o filho do casal, Ricardo de Souza Miranda. Os três são acusados de lavagem de dinheiro do tráfico.

Investigações

As investigações da Operação Carcará apontam que o grupo utilizava rastreadores via satélite para monitorar os caminhões carregados com drogas.

Operação PF

Cocaína pura é escamoeteada em fundo falso

Apreensão

No decorrer da operação, nesta manhã,  agentes federais apreenderam mais de meia tonelada de entorpecentes. Todos os bens - como imóveis, carros e aeronaves - da organização também estão sendo sequestrados por ordem judicial.

Reincidente

Antônio é reincidente. Ele e os comparsas Zenilton Xavier de Almeida e Welisson Brito Silva foram presos em uma estrada entre de Juruena e Castanheira (a cerca de 800 km da Capital) acusados pela morte do prefeito. Fugiam em um Fiat Uno cinza, após o assassinato.

Eles foram abordados a 20 km de Castanheira, por uma viatura da equie Garra, da Polícia Civil de Juína, que desde que aconteceu o crime, no começo da noite de 16 de dezembro passado, auxiliava nas investigações.

Nos autos do processo criminal do caso, consta que a motivação do crime foi desavença política.

Outro lado

A reportagem do entrou em contato com a defesa de Antônio, o advogado Gilberto Carlos de Morais, que informou que ainda não teve acesso à denúncia e, assim que tiver, irá sepronunciar.

 

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

Secretário, furtos e a incompetência

rodrigo metello 400 curtinha   O secretário de Transporte e Trânsito de Rondonópolis, Rodrigo Metello (foto), filiado ao MDB e pré-candidato a vereador, corre risco de ser acionado na Justiça por centenas de pessoas que tiveram motocicletas apreendidas e que depois acabaram furtadas do Pátio Rondon. O local...

Vereador na base e críticas a Leonardo

leonardo 400 curtinha   Chico 2000, vereador pela Capital, assegura que não procede a informação de que o seu Partido Liberal irá romper com o prefeito Emanuel, não o apoiando à reeleição. Segundo ele, foi Leonardo Oliveira (foto), que participou na quarta de uma reunião do...

Embates sobre a cadeira da discórdia

selma arruda curtinha 400   A cadeira da senadora Selma Arruda (foto), que está cassada há um ano mas, mesmo assim, continua no cargo, vem dividindo opinião de vários líderes políticos, uns torcendo logo para a Mesa do Senado decretar a vacância para Carlos Fávaro assumir a vaga, outros...

PL avisa Chico que não apoiará EP

chico 2000 curtinha   O vereador Chico 2000 (foto), único do PL na Câmara de Cuiabá e governista de carteirinha, se mostrou  desconfortável politicamente quando foi informado nesta quinta que a legenda liberal não vai apoiar a reeleição do prefeito Emanuel, do MDB. O partido é comandado no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.