Polícia

Sábado, 13 de Abril de 2019, 15h:00 | Atualizado: 13/04/2019, 15h:22

Caso Rodrigo

Conselho inocenta Ledur e diz que está apta a permanecer no Corpo de Bombeiros

A oficial Izadora Ledur Souza Dechamps, acusada de torturar o aluno Rodrigo Patrício Lima Claro, de 21 anos, morto em novembro de 2016, durante um treinamento na Lagoa Trevisan, reuni condições para continuar no Corpo de Bombeiros. A decisão é do Conselho de Justificação da corporação, de 20 de fevereiro, que foi anexada ao processo criminal ao qual a tenente Ledur responde e que corre na 11ª Vara Militar de Cuiabá, sob a titularidade do juiz Marcos Faleiros.

Gilberto Leite

Izadora ledur

Tenente Izadora Ledur foi julgada culpada devido golpes de nadadeiras contra os alunos 

O procedimento interno foi instaurado em 2017. O conselho - formado pelo tenente-coronel Lahel Rodrigues da Silva Major (presidente), pelo major Mario Henrique Faro Ferreira (relator) e pelo capitão Donato Coelho de Almeida (escrivão) - julgou, por meio de processos especiais, a capacidade de um militar continuar - ou não - na corporação.

Eles constataram que Ledur é inocente em quatro dos cinco itens imputados a ela. Foi declarada culpada devido golpes de nadadeiras contra os alunos durante o treinamento. "Salvo melhor juízo, reúne condições de permanecer na ativa do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Mato Grosso", disse o conselho.

A defesa de Ledur alega que não houve qualquer ferimento à moral, à ética ou à disciplina, apesar dos xingamentos proferidos por Ledur - classificados por alguns alunos como pressão psicológica. Argumenta ainda que as palavras, na verdade, são apenas jargões muito comuns no meio militar. “Inclusive no Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Mato Grosso: cagão, mocorongo, morcego, tapado, cu de tropa, caga pau, bisonho, bicho, lixão, monstro, muquiço, mulambo, mulambento, pica, xerebento, etc”, diz a defesa. O argumento foi aceito pelo Conselho.

A decisão foi anexada ao processo criminal ao qual a tenente Ledur responde e que corre na 11ª Vara Militar de Cuiabá. Na próxima terça (16), a tenente vai depor ao juízo militar sobre o caso no Fórum de Cuiabá.

Volta ao trabalho

A tenente voltou aos trabalhos em janeiro deste ano, após dois anos afastada por problemas de saúde. Ela está atuando na parte administrativa da Diretoria de Segurança Contra Incêndio e Pânico.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Divina Aparecida Costa | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 15h52
    0
    0

    Infelizmente o corporativismo existe e as famílias que é as vitimas vão carregar para sempre a dor da Perda junto os casos de impunidade!

  • alex r | Segunda-Feira, 15 de Abril de 2019, 08h39
    4
    0

    Vergonha! Agora entendo do pq da população não ter mais confiança nas instituições!!

  • lucas | Domingo, 14 de Abril de 2019, 14h29
    4
    0

    impunidade??

Matéria(s) relacionada(s):

Desgaste no começo, lisura e entregas

emanuel pinheiro curtinha   A dedicação com que o prefeito Emanuel Pinheiro conduz a capital administrativamente e sem escândalo, coisa que se tornou raro nos executivos municipais, tem surpreendido lideranças até da oposição. Com a massificação do episódio do vídeo em que...

Selma diz não para "fio desencapado"

abilio junior curtinha   O emblemático vereador Abílio Júnior (foto), do PSC, iria lançar pré-candidatura a prefeito de Cuiabá esta semana, conforme ele próprio havia planejado. Só faltava um detalhe: apoio da senadora Selma Arruda, do PSL. Mas, na última sexta, ao ser perguntada sobre...

Recado do governador e a carapuça

junior fecomercio curtinha   Em comunicado oficial, o governador Mauro Mendes manda recado a alguns empresários, quando destaca que incentivos fiscais foram concedidos no passado a determinados setores de forma irregular, em troca de propina, confessada, inclusive, em delação premiada. O recado tem endereço certo:...

Elogios ao prefeito e à primeira-dama

julio campos curtinha   O ex-governador, ex-senador, ex-deputado e ex-prefeito várzea-grandense Júlio Campos (foto), um dos líderes do DEM, partido do governador Mauro, disse nesta quarta, em visita à sede do Rdnews, que é preciso reconhecer que o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro está fazendo uma...

Oposição tenta vencer pelo cansaço

L�dio Cabral curtinha   A oposição formada pelos deputados Lúdio Cabral (foto), Valdir Barranco - ambos do PT - e Wilson Santos (PT), que decidiu obstruir a pauta da Assembleia enquanto o Executivo não apresentar uma prosposta aos trabalhadores da educação, tentam vencer o presidente...

Boicote à audiência sobre Fethab Milho

Conduzida pelo deputado Ulysses Moraes, a audiência pública na Assembleia para debater a questão do Fethab Milho e a possibilidade de exclui-lo da taxação não aconteceu conforme o planejado por causa de boicote dentro da própria AL. A TV Assembleia, que costuma transmitir ao vivo esse tipo de debate, não o fez. Alegou que uma peça de transmissão estragou. De última hora, mudaram a sessão de local, de um...

ENQUETE

Profissionais da Educação estão em greve há mais de um mês. O que você acha disso?

estão corretos. Devem continuar

discordo. Deveriam voltar às aulas

pra mim, não faz diferença

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.