Polícia

Segunda-Feira, 24 de Junho de 2019, 19h:42 | Atualizado: 25/06/2019, 08h:16

FREEZER NA PCE

Diretores se dizem enganados por PMs e negam conluio para entrada de celulares

Reprodução

Rev�trio Francisco da Costa

Revétrio Francisco da Costa (detallhe) foi um dos ouvidos na Gcco, na tarde desta segunda

O diretor da Penitenciária Central do Estado (PCE), Revétrio Francisco da Costa, e o subdiretor, Reginaldo Alves dos Santos, negaram, na tarde desta segunda (24), que tenham facilitado a entrada de celulares na unidade prisional. Em depoimento à Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), disseram que foram enganados por policiais militares.

O diretor e o subdiretor da PCE foram presos durante a Operação Assepsia, deflagrada na última terça (18), que apura a facilitação de entrada de aparelhos celulares na unidade. Além deles, também foram presos o subtenente Ricardo de Souza Carvalhaes e o cabo Denizel Moreira, ambos da Rotam, e o tenente Cleber de Souza Ferreira, lotado no Terceiro Batalhão.  

Em depoimento à GCCO, o diretor e o subdiretor da PCE afirmaram que não sabiam que o freezer que entrou com celulares na unidade – que culminou na operação – carregava diversos celulares em seu interior.

Os dois afirmaram que os três PMs alvos da Assepsia foram os responsáveis por pedir a entrada do freezer na unidade prisional. Segundo os depoimentos, os militares, que trabalham na área de Inteligência da PM, argumentaram que o eletrodoméstico seria um agrado a Paulo Cesar da Silva, conhecido como Petróleo – preso na PCE –, para conseguir informações para futuras apreensões.

Ainda conforme os depoimentos desta segunda, o freezer entrou na unidade prisional sem passar pelo scanner, pois agentes prisionais disseram que o eletrodoméstico não precisaria de tal procedimento.

Os diretores da PCE afirmaram que foram alvos de uma armação por parte dos três militares presos, com os quais tinham proximidade. Revétrio disse que, antes do freezer, os PMs chegaram a pedir permissão para que entrassem com celulares na unidade prisional, mas o diretor da PCE disse ter negado tal pedido, pois argumentou que a secretaria de Segurança Pública não permitiria.

Os depoimentos dos dois serão anexados aos autos do inquérito sobre o caso, que deverá ser concluído nesta quinta (27). Na manhã desta terça (25), os policiais militares serão ouvidos pela GCCO.  

Presos do CV

Além dos policiais e dos diretores da PCE, outros dois alvos da Assepsia foram Petróleo e Luciano Mariano da Silva, o Marreta. Os dois são apontados como principais líderes do Comando Vermelho em Cuiabá. Eles já estavam presos e foram alvos de mandados de prisão preventiva. Segundo as apurações, eles teriam se beneficiado pelas entradas ilegais dos celulares na PCE.

Um vídeo, que consta no inquérito policial da Assepsia, mostra os policiais militares, Revétrio e Petróleo indo à sala da direção da PCE, na tarde do último dia seis. O registro de circuito interno da penitenciária é considerado uma das provas da ligação entre eles.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Paulo | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 11h20
    3
    7

    O diabo veste fardas . Isso é certo.

  • Polícia MT | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 08h28
    4
    4

    Até agora não vi nada que envolva o o Adjunto do Diretor Revétrio, as filmagens divulgadas não o mostram o mesmo

  • andre | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 08h26
    2
    3

    É um empurrando no outro, rapaz, seja HOMEM e assume o que vc fez, se fez, não é? É melhor, até judicialmente, mas não, querem continuar nessa versão

Pátio, adversários fracos e reeleição

ze do patio 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis Zé do Pátio (foto), por mais populista, demagogo e com uma gestão avaliada pela maioria como desastrosa, caminha a passos largos para conquista de mais um mandato. Tende a vencer pela lógica do menos pior. Seus virtuais adversários são...

Pode recebe 2 já derrotados em BG

sandro saggin curtinha 400   O Podemos conseguiu juntar em Barra do Garças o grupo de dois já derrotados à prefeitura, Daltinho, que também foi deputado e em 2018 teve votação pífia na tentativa de reeleição, e Sandro Saggin (foto), um "eterno" candidato. Entregue ao ostracismo,...

Câmara de Barra devolve R$ 100 mil

joao rodrigues 400 presidente c�mara barra do gar�as   A Câmara Municipal de Barra do Garças devolveu à prefeitura R$ 100 mil para serem investidos em medidas de combate ao novo coronavírus. O presidente do Legislativo, vereador João Rodrigues de Souza, o doutor...

Auditor assume Secretaria de Controle

demilson nogueira 400   O auditor Newton Gomes Evangelista, servidor de carreira, é o novo secretário de Controle Interno da Assembleia. Ele já respondeu também pela Auditoria-Geral da Casa. Newton assumiu a Controladoria Interna no lugar do ex-prefeito de Ponte Branca, Demilson Nogueira (foto), que deixou o posto...

Cuiabá é a unica com tudo fechado

emanuel pinheiro curtinha   A pressão sobre o prefeito Emanuel Pinheiro (foto) fica agora mais forte para flexibilizar logo o decreto restrito por causa do coronavírus. Ele é o único dos gestores das maiores cidades mato-grossenses que ainda mantém decisão de fechar praticamente tudo na Capital, com...

Deputado põe aliado no lugar do irmão

ronaldo taveira 400 curtinha   Coube ao próprio deputado Wilson Santos indicar um nome para o lugar do irmão Elias Santos, que na última sexta (3) deixou a secretaria de Gestão de Pessoas da Assembleia para concorrer a vereador em Cuiabá. E o ex-prefeito emplacou no cargo que rende R$ 19,9 mil mensais o velho...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.