Polícia

Segunda-Feira, 24 de Junho de 2019, 19h:42 | Atualizado: 25/06/2019, 08h:16

FREEZER NA PCE

Diretores se dizem enganados por PMs e negam conluio para entrada de celulares

Reprodução

Rev�trio Francisco da Costa

Revétrio Francisco da Costa (detallhe) foi um dos ouvidos na Gcco, na tarde desta segunda

O diretor da Penitenciária Central do Estado (PCE), Revétrio Francisco da Costa, e o subdiretor, Reginaldo Alves dos Santos, negaram, na tarde desta segunda (24), que tenham facilitado a entrada de celulares na unidade prisional. Em depoimento à Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), disseram que foram enganados por policiais militares.

O diretor e o subdiretor da PCE foram presos durante a Operação Assepsia, deflagrada na última terça (18), que apura a facilitação de entrada de aparelhos celulares na unidade. Além deles, também foram presos o subtenente Ricardo de Souza Carvalhaes e o cabo Denizel Moreira, ambos da Rotam, e o tenente Cleber de Souza Ferreira, lotado no Terceiro Batalhão.  

Em depoimento à GCCO, o diretor e o subdiretor da PCE afirmaram que não sabiam que o freezer que entrou com celulares na unidade – que culminou na operação – carregava diversos celulares em seu interior.

Os dois afirmaram que os três PMs alvos da Assepsia foram os responsáveis por pedir a entrada do freezer na unidade prisional. Segundo os depoimentos, os militares, que trabalham na área de Inteligência da PM, argumentaram que o eletrodoméstico seria um agrado a Paulo Cesar da Silva, conhecido como Petróleo – preso na PCE –, para conseguir informações para futuras apreensões.

Ainda conforme os depoimentos desta segunda, o freezer entrou na unidade prisional sem passar pelo scanner, pois agentes prisionais disseram que o eletrodoméstico não precisaria de tal procedimento.

Os diretores da PCE afirmaram que foram alvos de uma armação por parte dos três militares presos, com os quais tinham proximidade. Revétrio disse que, antes do freezer, os PMs chegaram a pedir permissão para que entrassem com celulares na unidade prisional, mas o diretor da PCE disse ter negado tal pedido, pois argumentou que a secretaria de Segurança Pública não permitiria.

Os depoimentos dos dois serão anexados aos autos do inquérito sobre o caso, que deverá ser concluído nesta quinta (27). Na manhã desta terça (25), os policiais militares serão ouvidos pela GCCO.  

Presos do CV

Além dos policiais e dos diretores da PCE, outros dois alvos da Assepsia foram Petróleo e Luciano Mariano da Silva, o Marreta. Os dois são apontados como principais líderes do Comando Vermelho em Cuiabá. Eles já estavam presos e foram alvos de mandados de prisão preventiva. Segundo as apurações, eles teriam se beneficiado pelas entradas ilegais dos celulares na PCE.

Um vídeo, que consta no inquérito policial da Assepsia, mostra os policiais militares, Revétrio e Petróleo indo à sala da direção da PCE, na tarde do último dia seis. O registro de circuito interno da penitenciária é considerado uma das provas da ligação entre eles.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Paulo | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 11h20
    3
    7

    O diabo veste fardas . Isso é certo.

  • Polícia MT | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 08h28
    4
    4

    Até agora não vi nada que envolva o o Adjunto do Diretor Revétrio, as filmagens divulgadas não o mostram o mesmo

  • andre | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 08h26
    2
    3

    É um empurrando no outro, rapaz, seja HOMEM e assume o que vc fez, se fez, não é? É melhor, até judicialmente, mas não, querem continuar nessa versão

Chefe do Escritório de ROO em Cuiabá

mario marques 400 curtinha   O prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio, que iniciou neste mês o 3º mandato, mantém como parte da estrutura da administração um cargo de chefe do Escritório de Representação do município na Capital. E Pátio nomeou para esta...

Prefeito cria comitê pra debater modal

emanuel pinheiro 400 curtinha   Mesmo o governador Mauro Mendes já tendo anunciado que vai implantar o BRT na Região Metropolitana, em detrimento do VLT, o prefeito cuiabano Emanuel Pinheiro (foto) criou um comitê de análise técnica para, segundo ele, definir o modal de transporte para a região. Emanuel...

Desembargadores recebem 6 auxílios

maria helena povoas 400   O Tribunal de Justiça de MT, presidido pela desembargadora Maria Helena Póvoas (foto), vai pagar uma série de direitos e vantagens que "engordam" substancialmente o subsídio de seus magistrados e que foram programados pelo ex-presidente Carlos Alberto para liberá-los no orçamento...

Hospital cobra R$ 2,4 mi da prefeitura

luiz carlos pereira 400 tce   O Instituto de Saúde Santa Rosa recorreu ao TCE, na esperança de encontrar respaldo para receber R$ 2,4 milhões da secretaria de Saúde da Capital. Argumenta que a prefeitura, com quem mantém contrato desde 2019, está inadimplente, pois não teria pago integralmente os...

Definido novo presidente do Sanear

hermes avila 400   O prefeito Zé do Pátio nomeou à presidência do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) o engenheiro Hermes Ávila de Castro (foto), que tende a se efetivar no cargo. Hermes ocupa a cadeira que, desde janeiro de 2017, pertencia à Terezinha Silva de Souza,...

Afilhado de Bezerra nomeado adjunto

clovis cardoso 400   O MDB, sob o cacique político Carlos Bezerra, "emplacou" mais um filiado histórico em cargo relevante na gestão Mauro Mendes. O advogado e ex-superintendente regional do Incra-MT, Clovis Figueiredo Cardoso (foto), foi indicado e já nomeado para o cargo de secretário-adjunto de Agricultura...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.