Polícia

Terça-Feira, 24 de Dezembro de 2019, 12h:20 | Atualizado: 25/12/2019, 06h:40

OSTENTAÇÃO

Suspeitas presas por assalto na casa de Janaina posam com R$ 42 mil levados veja

Divulgação/PM

Weslei Tiago, Edivaldo Manoel, Mirian Maira e Leidiane Santana

Weslei Tiago, Edivaldo Manoel, Mirian Maira e Leidiane Santana foram presos por suposta participação no assalto à casa da deputada Janaina Riva

Suspeitas de participação no assalto à casa da deputada Janaina Riva (MDB) tiraram selfies "ostentando" o dinheiro roubado da casa da parlamentar. A ação criminosa foi na madrugada desta terça (24), no bairro Santa Rosa, em Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, as imagens foram encontradas nos celulares que estavam em posse de Leidiane Santana de Arruda, de 27 anos, e Mirian Maíra da Silva, de 20 anos.

Além delas, foram presos dois homens identificados como Weslei Tiago de Arruda da Silva, de 24 anos, e Edivaldo Manoel Santana de Arruda, de 35 anos. Eles teriam invadido a casa de Janaina e feito ela o empresário Diogénes Fagundes, marido da emedebista, reféns. Todos os 4 suspeitos foram presos no bairro Doutor Fábio, na Capital, nesta manhã. O dinheiro - R$ 42 mil em cédulas - e iPhones das vítimas foram recuperados.

Em vídeo do circuito de segurança da casa, é possível ver que os dois indivíduos andam tranquilamente pela rua. Após virarem a esquina da casa eles testam o controle eletrônicos. Quando o portão abre, eles entram na casa. É possível ver um veículo saindo da mesma rua que os suspeitos surgem, mas segue o caminho e apenas os suspeitos entram na residência. As filmagens ajudaram a polícia na apuração do crime.

Divulgação/PM

Mirian Maira e Leidiane Santana

Imagens divulgadas pela PM mostram Mirian Maira e Leidiane Santana "ostentando" os R$ 42 mil roubados da casa da deputada Janaina Riva, hoje

Após de acionados, em monitoramento, os policiais encontraram a tornozeleira rompida por Wesley em uma área no Doutor Fábio. Em diligência na busca dos suspeitos, os militares foram informados da residência do suspeito, que é monitorado e mora no mesmo bairro onde o equipamento foi encontrado.

Quando chegaram no imóvel encontraram a dupla e as duas mulheres. No celular de uma delas os militares encontraram fotos do grupo ostentando o dinheiro levado. O aparelho foi apreendido e recuperado R$ 41.100. As vítimas reconheceram os suspeitos que foram entregues na delegacia.

Postar um novo comentário

Comentários (7)

  • Norberto Castro | Quarta-Feira, 25 de Dezembro de 2019, 13h00
    1
    0

    Esse caras são mais do que manjados e temíveis mesmo, e ainda estão soltos? Tenha a paciência.

  • Joao | Quarta-Feira, 25 de Dezembro de 2019, 10h18
    1
    0

    Filha de Peixe...

  • Marco Antônio | Quarta-Feira, 25 de Dezembro de 2019, 00h55
    0
    0

    Marco Antônio, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Ariosvaldez Rodrigues de LIma | Terça-Feira, 24 de Dezembro de 2019, 17h59
    5
    0

    Não basta ser ladrão, é preciso ser idiota também...

  • João Carlos | Terça-Feira, 24 de Dezembro de 2019, 16h46
    12
    3

    Com essa quantia em casa a Receita Federal vai ficar quieta?

  • a barroso | Terça-Feira, 24 de Dezembro de 2019, 13h43
    16
    0

    Bandido é assim mesmo. Podem ser atrevidos mas são bem burrinhos senão seriam pessoas descentes e trabalhadoras. Aos jovens: vamos trabalhar e estudar senão,... vira isso.

  • Marlon | Terça-Feira, 24 de Dezembro de 2019, 13h39
    22
    1

    É muito dinheiro pra se ter guardado em casa.

Senadora, ataques e defesa de Galvan

selma arruda 400 curtinha   Selma Arruda, senadora cassada por crimes eleitorais, um deles caixa 2, escreveu artigo entitulado "MP x Aprosoja. Afinal, quem tem razão", especialmente para defender o aliado político Antonio Galvan, presidente da Aprosoja. Ao concordar com plantio de soja dentro de período proibido pela...

Deputado, carona e ainda se gabando

paulo araujo 400 curtinha   Considerado de baixo clero na Assembleia, o deputado Paulo Araújo (foto) agiu de carona e num oportunismo condenável acerca do decreto do governador Mauro Mendes da última quinta, quando resolveu relaxar as medidas restritivas em meio à pandemia do coronavírus e liberou o funcionamento...

Políticos querem suspender eleição

Cresce o movimento entre políticos para adiar as eleições municipais de outubro. O argumento utilizado é o impacto que o coronavírus terá na economia, saúde e vida das pessoas. Isso porque, neste ano, uma vacina não deve ficar disponível ao mercado e os prejuízos causados pela Covid-19 ainda estão só começando. Entre os políticos de MT que defendem adiar o pleito para 2022, quando a...

Ex-vereador, demagogia e contradição

everton pop 400   O ex-vereador por Cuiabá e apresentador de um programa popular de TV que leva o seu nome, Everton Pop (foto), gravou um vídeo em que critica o fato da Mesa Diretora da Câmara da Capital pagar os servidores todo dia 20, antecipando o salário em 10 dias do fechamento do mês. Pop só não...

Jayme é contra decreto do governador

jayme campos 400 curtinha   O senador Jayme Campos (foto), que já foi governador e prefeito, engrossa a lista dos que defendem isolamento social mais rigoroso neste momento. A postura vai na contramão do correligionário Mauro Mendes. O governador editou decreto que prevê a abertura de shoppings e comércio, desde...

EP e 2 medidas junto à Águas Cuiabá

emanuel pinheiro 400 curtinha   O prefeito Emanuel Pinheiro (foto) impôs duas medidas à concessionária Águas de Cuiabá. A empresa está proibida de cortar a água de inadimplentes e não terá direito a um aumento de 6%, aprovado pela Arsec. As medidas, segundo o prefeito, são...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.