Polícia

Quarta-Feira, 25 de Abril de 2018, 06h:36 | Atualizado: 25/04/2018, 17h:31

Defaz deflagra operação contra fraude no transporte e prende empresários e mais 1

Facebook

Júlio Sales Setromat

Empresário Júlio César é primeiro preso

A Delegacia Especializada de Crimes Fazendários e Contra Administração Pública deflagrou operação "Rota Final" no início da manhã desta quarta (25) contra fraudes em concessão do transporte intermunicipal e o presidente do Sindicato das Empresas de Transporte de Mato Grosso, Júlio César Sales,  empresário do setor, foi preso em casa, no bairro Jardim das Américas.

O empresário foi conduzido à Defaz. Ao todo já são quatro prisões efetivadas na Capital.

Outras ordens judiciais autorizando prisões e busca e apreensão estão sendo cumpridas e a investigação está sob sigilo.

A delegada Maria Alice Barros conduz os trabalhos e disse ao que não pode se pronunciar sobre o cumprimento dos mandados porque a operação está sob sigilo por ordem do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJ-MT). A Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos (Ager), responsável pelo intermunicipal, também não se manifestou ainda.

Às 08h19 - Ex-presidente da Ager é alvo da operação

Equipe da Defaz cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do ex-presidente da Ager, Eduardo Moura (PSD), em Cuiabá. Ele não estava no local. Eduardo entregou o cargo recentemente e assinou carta contra reeleição de Pedro Taques, de quem já foi aliado político.

Às 08h25 - Motivo do sigilo é envolvido no caso com foro privilegiado

De acordo com o que apurou, a operação é fruto de delação do ex-governador Silval Barbosa.  Um dos citados tem foro privilegiado e a Defaz pediu em Brasília a prisão dele porém foi negada. Não há informações se foi autorizado mandado de busca e apreensão.

Às 08h37 - Dono da Verde Transportes também é preso

Entre os presos está também o empresário Eder Augusto Pinheiro, dono da Verde Transportes. Um funcionário da empresa Max Wilian também é alvo e chegou à Defaz sem se pronunciar. 

 

 

Às 10h16 - Empresário Júlio Cesar Sales chega detido à Defaz

Policiais da Defaz escoltaram o empresário Sales na chegada à Defaz. Não falou com a imprensa. O advogado dele, Paulo Fabrini, disse que se pronuncia assim que possível.

 Às 11h30 - Advogado da Verde diz que é "prematuro" comentar sobre delação

Advogado Ricardo Almeida, da Verde Transportes, afirma que está "tomando pé" do assunto e que somente após analisar os fatos irá se pronunciar. Sobre de que forma a empresa foi citada na delação, ele diz que ainda é "prematuro" comentar.

 

Postar um novo comentário

Comentários (6)

  • Ricardo Ramos | Quarta-Feira, 25 de Abril de 2018, 14h52
    2
    0

    Ex - Eleitor, use o bom senso pois você é um cara inteligente. Enquanto na administração passada ninguém foi preso, agora a limpeza acontece enquanto os corruptos estão com as bocas nas botijas. Pois as estruturas de desvios continuaram operando no novo governo, mas isso não quer dizer o governador saiba, pois a máquina já vinha lubrificada de há muito tempo para isso, bem antes do governo anterior. O Permínio pegou o bonde andando e invés de coibir passou a mamar na teta da educação e deu no que deu. As ladroeiras do Sinval existiam em todas as áreas e, só se o Taques fosse uma Mãe Dinah, para visualizar e coibir tudo. Impossível, pois mesmo quando um órgão é investigado se leva tempo para a ação final, pois os culpados não podem ser acusados enquanto não existirem provas cabais contra eles, caso contrário eles vai pedir indenizações por todos tipos de danos existentes na língua portuguesa. Então meu amigo, pense bem, se os eleitores não votar em Taques vão votar em quem? No Pivetta? No Fagundes? No Júlio? Quaisquer um deles não tem um comportamento tão republicano assim. Mas antes de sermos culpados por não sabermos votar eu pergunto, os órgãos de controle servem para que? Para garantir empregos bem remunerados para os seus componentes? Pense nisso!

  • Robson Souza | Quarta-Feira, 25 de Abril de 2018, 11h56
    1
    0

    Robson Souza, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

  • Ze | Quarta-Feira, 25 de Abril de 2018, 11h55
    1
    0

    Eduardo não foi preso.

  • Xomano | Quarta-Feira, 25 de Abril de 2018, 11h32
    6
    0

    Ex-eleitor do taques, esse Eduardo Moura é mais ums que se rebelou, pediu demissao do cargo . COmo estamos dizendo...a desmama vai acontecendo aos poucos.... Infelizmente o legado de Silval ainda tem resquícios como dito na materia ... mas se continuar jájá acabam todos mamadores na teta do estado . Avante MT. matérias como esta dá esperança de um MT melhor.

  • Ex-eleitor do Taques | Quarta-Feira, 25 de Abril de 2018, 09h14
    9
    9

    Este Eduardo Moura é mais dos honestos e competentes nomeados pelo Pedro Taques... Com este mais este preso a gestão do Pedro Taques chega a marca de dez secretários presos... Taques o Governo da honestidade...... KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK,, Pedro Taques nunca mais terá o meu voto e nem de minha família....

  • Renato Mello | Quarta-Feira, 25 de Abril de 2018, 06h55
    1
    1

    Renato Mello, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

Secretário, furtos e a incompetência

rodrigo metello 400 curtinha   O secretário de Transporte e Trânsito de Rondonópolis, Rodrigo Metello (foto), filiado ao MDB e pré-candidato a vereador, corre risco de ser acionado na Justiça por centenas de pessoas que tiveram motocicletas apreendidas e que depois acabaram furtadas do Pátio Rondon. O local...

Vereador na base e críticas a Leonardo

leonardo 400 curtinha   Chico 2000, vereador pela Capital, assegura que não procede a informação de que o seu Partido Liberal irá romper com o prefeito Emanuel, não o apoiando à reeleição. Segundo ele, foi Leonardo Oliveira (foto), que participou na quarta de uma reunião do...

Embates sobre a cadeira da discórdia

selma arruda curtinha 400   A cadeira da senadora Selma Arruda (foto), que está cassada há um ano mas, mesmo assim, continua no cargo, vem dividindo opinião de vários líderes políticos, uns torcendo logo para a Mesa do Senado decretar a vacância para Carlos Fávaro assumir a vaga, outros...

PL avisa Chico que não apoiará EP

chico 2000 curtinha   O vereador Chico 2000 (foto), único do PL na Câmara de Cuiabá e governista de carteirinha, se mostrou  desconfortável politicamente quando foi informado nesta quinta que a legenda liberal não vai apoiar a reeleição do prefeito Emanuel, do MDB. O partido é comandado no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.