Polícia

Segunda-Feira, 19 de Outubro de 2020, 20h:11 | Atualizado: 20/10/2020, 09h:13

ESTUPRO NO HMC

Coren classifica como leviana acusação contra suposto enfermeiro: quer apuração

Sicom

Inaugura��o HMC

O presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Mato Grosso (Coren-MT), Antônio César Ribeiro, considerou, nesta segunda (19), levianas as acusações que apontam um enfermeiro como autor do estupro de uma paciente, de 45 anos, ocorrido, no último sábado (17), na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Municipal de Cuiabá (HMC). 

Apesar da Prefeitura de Cuiabá não ter citado, em nota, que um enfermeiro é suspeito do crime, a paciente identificou o agressor como sendo um homem de vestes verdes, usada por todos os profissionais da equipe. Cada uma é composta por 5 técnicos de enfermagem, 1 fisioterapeuta, 2 enfermeiros, 1 médico e 1 supervisor. Todos foram afastados preventivamente por causa da investigação - saiba aqui

“Sem benefício da dúvida, sem investigação. Pegam a descrição e acusação da paciente e já apontam um culpado e comprometem a imagem do profissional”, questionou César.

O Coren enviou ofício ao hospital cobrando investigação e pedindo a análise de possível imagens de câmeras de segurança. Cesár afirma ainda que as informações contidas no registro feito pela vítima, não coincidem com o perfil do profissional que estava atuando na unidade no dia do fato.

“Ela relata um homem negro de roupa verde. O enfermeiro que estava de serviço neste dia não usava branco e têm pele clara. O médico que estava neste plantão também não tem as características compatíveis”, esclareceu o presidente.

Ao , Antônio César disse que as circunstâncias de fato, direcionam para um profissional da saúde, visto que para praticar o estupro contra a paciente, foi feita uma sedação intravenosa, que direciona a uma pessoa com conhecimentos técnicos em saúde.

O representante da categoria disse ainda que está indignado com os julgamentos precoces que acusaram os profissionais que trabalhavam na UTI neste dia, sem dar sequer o benefício da dúvida.

“É algo grave e inadmissível acusar quando as investigações ainda não foram concluídas. Vamos acompanhar de perto tudo isso até encontrar o verdadeiro autor desta barbaridade”, afirma.

Questionado sobre as penalidades, caso o autor do crime seja identificado da área da enfermagem, César explica que a gravidade da ação praticada implica na cassação do diploma e veto total ao exercício da profissão.

Transferência

A vítima foi transferida para outra unidade após o suposto abuso para seguir o tratamento que fazia na UTI do HMC, após sofrer um infarto.

A ocorrência foi  registrada no sábado (17) no  Plantão de Atendimento às Vítimas de Violência Doméstica e Sexual e  encaminhada à Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, que segue investigando o caso.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • De olho | Segunda-Feira, 19 de Outubro de 2020, 23h54
    2
    0

    Cuidado ao afirmar que a perícia constatou pois não sai resultado assim rápido Checar informações antes de publicar e acabar com a vida de pessoas

  • Marco Antonio Moura | Segunda-Feira, 19 de Outubro de 2020, 21h29
    9
    0

    É preciso uma punição exemplar depois de identificado o autor deste crime. Tudo feito com transparência para não haver impunidade e nem injustiça

Deputado ajudou a enterrar Binotti

neri 400 curtinha   O deputado federal Neri Geller (foto), que se acha um grande líder político, ajudou a enterrar nas urnas o projeto de reeleição do prefeito Luiz Binotti (PSD), derrotado à reeleição. Perdeu para o ex-vice-prefeito Miguel Vaz (Cidadania), que contou com apoio do ex-prefeito e atual...

Euclides "torra" R$ 8 mi na campanha

euclides ribeiro 400 curtinha   O advogado milionário Euclides Ribeiro (foto), que tem na carteira de clientes grandes produtores rurais, registra R$ 8,2 milhões de receitas e despesas de campanha ao Senado. Concorrendo pelo Avante, Euclides só chegou a 58.455 votos. Ficou em nono lugar, à frente apenas de Reinaldo...

Fávaro é quem mais gastou ao Senado

carlos favaro 400 curtinha   O senador reeleito Carlos Fávaro (foto) foi o que mais gastou na campanha. Oficialmente, arrecadou R$ 11,7 milhões. As maiores contribuições financeiras vieram de empresários do agronegócio. Orcival Guimarães, dono de rede de empresas de implementos agrícolas, doou...

Beto deve repensar projeto a federal

beto farias 400 curtinha   A derrota nas urnas do seu afilhado político, vice-prefeito Wellington Marcos (DEM), que tentou o Executivo de Barra do Garças e ficou em segundo lugar, obtendo somente metade dos votos em relação aos atribuídos ao eleito Adilson Gonçalves, pode levar o prefeito Beto Farias (foto)...

Erros estratégicos e fim de mandato

niuan ribeiro 400   Niuan Ribeiro (foto) termina melancolicamente o mandato de vice-prefeito da Capital, marcado pela ambiguidade, erros estratégicos e vacilações. Logo no início da gestão, resolveu romper politicamente com o prefeito Emanuel, a quem passou a criticar, achando que se consolidaria como...

Retorno ao TCE ou cargo no governo

marcelo bussiki 400 curtinha   A partir de 1º de janeiro, com o fim do mandato de vereador pela Capital, Marcelo Bussiki (foto) retorna ao cargo efetivo de auditor do TCE-MT. Mas é possível que ele seja convidado por Mauro Mendes para compor o quadro de principais assessores do chefe do Executivo estadual. Bussiki foi...