Polícia

Segunda-Feira, 03 de Agosto de 2020, 11h:13 | Atualizado: 04/08/2020, 10h:29

EXCLUSIVO - CASO ISABELE

Crime "não condiz com disparo acidental", aponta polícia, ao pedir para fazer buscas

Olhar Direto/Arquivo Pessoal

CASO ISABELE

Garota que atirou chegando à delegacia para prestar depoimento e a amiga Isabele,  víitima

Consta em pedido de busca e apreensão, encaminhado pela Polícia Civil ao Judiciário, que a dinâmica dos fatos narrados em depoimento pela adolescente de 14 anos, que matou a amiga, Isabele Ramos Guimarães, de mesma idade, não condiz com disparo acidental. 

O depoimento foi prestado à Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), dia 14 de julho, dois dias após ocorrência no condomínio Alphaville I.

A juíza Cristiane Padim da Silva analisou o pedido, assinado pelo delegado Wagner Bassi, da Delegacia Especializada do Adolescente (DEA), e o acatou.

O teve acesso ao documento, que tem detalhes sobre as primeiras etapas da investigação. 

As investigações iniciais apontam um disparo com entrada do projétil na altura do nariz da vítima, com saída na nuca, em sentido reto, o que indica que o disparo foi como se a adolescente estivesse apontando a arma para a vítima, na altura do rosto. O que não é condizente com o disparo acidental 

O crime, supostamente acidental, está sendo tratado em extremo sigilo. Em três inquéritos, a polícia investiga o "Caso Isabele" ou "Caso Alphaville", como ficou conhecido, tendo enorme repercussão.

Um deles, da 2ª Delegacia do Planalto (Carumbé), está concluso, com indiciamento do pai da garota que atirou, Marcelo Cetrari, de 46 anos, por posse irregular de arma de fogo e adulteração de pistolas. Ainda em curso, correm outros dois inquéritos na DEA e Deddica.

O pedido de busca e apreensão, que coloca em xeque se o tiro foi acidental, resultou em operação da DEA e Deddica, que cumpriram mandados na casa do empresário Marcelo, no Alphaville I, e também na casa do pai do namorado da garota, Glaucio Fernando Mesquita Correa da Costa. O filho dele tem 16 anos.

No documento assinado pelo delegado Wagner Bassi Junior, titular da DEA, ao qual o teve acesso, ele relata a confusão.

“Cabe destacar que a oitiva da adolescente aponta uma dinâmica dos fatos confusa e contraditória, já que a arma seria guardada no quarto do pai, pela adolescente, porém o disparo ocorreu no quarto da própria adolescente. Além disso, as investigações iniciais apontam um disparo com entrada do projétil na altura do nariz da vítima, com saída na nuca, em sentido reto, o que indica que o disparo foi como se a adolescente estivesse apontando a arma para a vítima, na altura do rosto. O que não é condizente com o disparo acidental. Há necessidade de apuração dos detalhada desses fatos, a fim de esclarecer de forma clara, a dinâmica dos fatos”, diz o pedido autorizado pela Justiça.

Ele destaca que os fatos podem caracterizar, a princípio, em tese um ato infracional análogo a crimes de homicídio (Art. 121 do CP) e porte de arma de fogo.

O pedido frisa ainda que houve um primeiro atendimento pela DHPP, que requisitou o exame pericial do local e apreendeu as armas de fogo utilizadas na ocorrência, bem como os celulares da vítima e da adolescente, o que tornou possível as medidas investigativas iniciais.

A polícia reforça ainda que as informações colhidas, em confronto com a posição em que o corpo foi encontrado, não deixaram suficientemente clara a dinâmica dos fatos. “Há a real necessidade de esclarecer a real posição em que a suspeita se encontrava no momento do disparo”, diz trecho.

Crime

O crime ocorreu na parte superior da casa, localizada na rua dos Tinguins. Segundo a adolescente que disparou, o pai é atirador esportivo e possui uma “gama de armas de fogo”. Os policiais do 3º Batalhão foram acionados, por volta das 22h34, para atender uma ocorrência registrada como homicídio. No local a vítima estava no banheiro já sem vida.

Na casa foram encontradas sete armas de fogo, sendo uma em nome do pai da adolescente que atirou, quatro em processo de documentação junto ao Exército Brasileiro e mais duas em nome de uma terceira pessoa.

Diante da situação, os militares acionaram o Samu, a DHPP e a Politec. Quando o Samu chegou à casa para verificar a situação de disparo acidental de arma de fogo, somente pode constatar a morte de Isabele.

Consta no BO que, após a confirmação do crime, a parte superior da casa foi preservada e ninguém mais teve acesso ao local. Consta no boletim de ocorrência registrado pelo médico do Samu, que, em relatos, a adolescente que disparou frisou que atirou acidentalmente. No local, além dos pais da jovem, de testemunhas estavam uma mulher de 44 anos e um outro adolescente, da mesma idade das meninas, com o mesmo sobrenome da suspeita.

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Heloisa | Segunda-Feira, 03 de Agosto de 2020, 19h43
    1
    0

    Há um equivoco na reportagem. O assassinato ocorreu na rua das Cataias, rua dos Tinguis é onde a garota vítima residia.

Podemos se alia à esquerda em Barra

sandro saggin 400 curtinha   O direitista Podemos, comandado no Estado pelo deputado Medeiros, fechou coligação com partidos de extrema esquerda em Barra do Garças, como PC do B, PT e Pros. Sandro Saggin (foto), até então pré-candidato a prefeito pelo Pode, recuou e compôs com o grupo liderado pelo...

Coordenador quer mostrar obras de EP

vanderlucio curtinha   Coordenador da campanha de Emanuel Pinheiro à reeleição, Vanderlúcio Rodrigues (foto) garante que o grupo vai focar na divulgação de propostas e não fará ataques pessoais aos 7 adversários. O ex-secretário de Obras Públicas avalia que o grupo...

Tucano ainda com sequelas da Covid

ricardo saad curtinha 400   O vereador cuiabano e presidente do PSDB na Capital, Ricardo Saad (foto), segue na luta para reverter as sequelas deixadas pela Covid-19. Mesmo Dois meses após ser infectado, diz que 53% do seu pulmão ainda está comprometido e que, por isso, sente muita falta de ar. Candidato à...

Tentando golpe político em Tangará

amauri 400 curtinha   O deputado estadual Paulo Araújo (PP) sofreu uma tentativa de golpe vinda de uma pessoa em quem ele confiava totalmente, o seu ex-assessor Amauri Paulo Cervo (foto). Até há poucos dias, Amauri estava lotado no gabinete do deputado, na AL, quando se licenciou com intenção de concorrer...

Regiões e representantes na disputa

nilson leitao curtinha   A maior parte das regiões está bem representada em relação aos cabeças de chapa que disputarão vaga no Senado. Pelo Nortão e Médio-Norte, encaram às urnas o ex-prefeito de Sinop Nilson Leitão (foto) e o senador tampão Carlos Fávaro (PSD). Na...

Candidatos e definição de suplentes

jos� medeiros curtinha 400   Alguns candidatos ao Senado estão batendo cabeça para compor suas suplências ou reedita-las, como é o caso de José Medeiros (foto), que, na primeira convenção (anulada), havia fechado chapa pura do Podemos com o vice-prefeito de Cuiabá Niuan...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você está animado para votar nas eleições de novembro?

sim

não

nem sei!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.