Polícia

Quarta-Feira, 05 de Dezembro de 2018, 12h:03 | Atualizado: 06/12/2018, 09h:07

OPERAÇÃO MÃO DUPLA

Defaz prende servidor apontado como líder da máfia do Detran - fotos e vídeo

Silvio Bueno, servidor público, preso na manhã desta quarta (5) pela Delegacia Especializada de Crimes Fazendários e Contra a Administração Pública (Defaz), na Operação Mão Dupla, é apontado como o líder da organização criminosa que agia há pelo menos 10 anos no Detran de Mato Grosso. Foram presos nessa operação até o momento, além dele, os proprietários da auto escola Estrela em São Fleix do Araguaia (a 1.159 km de Cuiabá), o casal Luciana Zuliano e Jorge Aparecido e um ex- funcionário da empresa, Junio de Souza.

De acordo com o delegado Sylvio Vale Ferreira Junior, a coordenadoria do Detran informou à Defaz alguns processos que teriam condutas suspeitas de crime.

Com isso chegamos a um grupo que se instalou dentro do Detran buscando a facilidade na obtenção de CNHs

Delegado Sylvio Vale

Segundo o delegado,  Silvio era o cabeça e montava todo o esquema, a partir das escalas de viagens. os escalados é que iam ao interior receber as propinas em dias de provas.

“A partir deste momento a delegacia instaurou esse inquérito e foi juntando denúncias anônimas e monitoramentos. Com isso chegamos a um grupo que se instalou dentro do Detran buscando a facilidade na obtenção de CNHs de vários candidatos”, detalhou.

Avisa que carteiras de habilitação adquiridos por essa organização serão suspensas e quem comprou responderá criminalmente.  “Estamos fazendo buscas inclusive de servidores que já estão aposentadas”, avisa.

Algumas carteiras, o Detran já cancelou, depois de identificar fraudes. Os donos dos documentos compareceram ao órgão e inclusive entregaram as CNHs. Nos identificamos até o momento 30 pessoas, e por isso a operação. O nosso objetivo era identificar o maior número de candidatos que foram beneficiados pela organização”, ressalta o delegado.

O delegado detalha que o esquema funcionava da seguinte forma: a organização criminosa operava no agenciamento de candidatos que não têm capacidade técnica, para serem aprovados nos exames práticos e teóricos de direção veicular. Eles eram cooptados a fazer o pagamento da CNH, sem necessidade de realizar os testes, apenas assinavam as listas de presença e os laudos de provas. Depois disso iam embora sem realizá-los.

Pela carteira, pagavam ao entre R$ 1 mil e R$ 4 mil.

Galeria: Operação Mão Dupla

Crimes

O caso é de fraudes na obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Os crimes investigados são corrupção ativa e passiva, inserção de dados falsos no sistema Detrannet para venda ilícita de carteiras.

Segundo a apuração, os examinadores usavam proprietários ou instrutores de centros de formação de condutores (auto escolas) como intermediários, os quais ofertavam os serviços para os clientes, fazendo a arrecadação do dinheiro e, em alguns casos, repassando a parcela do examinador, agindo de forma organizada e estruturada para o cometimento das fraudes apuradas, desrespeitando as regras e os procedimentos necessários para a obtenção da CNH.

Veja vídeo

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Famílias e resgate da Praça Alencastro

emanuel praca curtinha   A praça Alencastro, em frente à prefeitura, no centro de Cuiabá, voltou a ser frequentada, de forma tranquila e segura, pelas famílias, algo até então inimaginável, principalmente à noite, porque ali estava tomado por pessoas suspeitas, inclusive de tráfico de...

Silval pagou dezembro; e Taques, não

pedro taques curtinhas   Por incrível que pareça, Pedro Taques (foto), que passou o tumultuado mandato de quatro anos olhando para o retrovisor, carimbando Silval Barbosa (foto) de quadrilheiro, corrupto e de incompetente, vai fechar o mandato, no próximo dia 31, sem pagar a folha de dezembro, ou seja, empurrando-a para o...

2 na briga para cuidar do caixa da AL

guilherme maluf curtinha   Sob articulação do pai, ex-deputado José Riva, a deputada reeleita Janaína segue articulando duro nos bastidores para compor chapa como primeira-secretária. Na prática, por mais que encontre certas resistências de alguns dos colegas votantes, ela quer ser ordenadora de...

MDB aponta o des(acordo) com Mauro

carlos bezerra curtinha   O MDB conduzido por Carlos Bezerra insiste na tese de que Mauro Mendes está descumprindo acordo de campanha. Para atrair o partido ao palanque, Mauro se comprometeu a, se eleito, oferecer duas secretarias de ponta à legenda. Agora, em reunião com o dirigente emedebista, o governador eleito sugeriu as...

Selma prevarica sobre tais extorsões

selma arruda curtinha   A juíza aposentada Selma Arruda, senadora eleita pelo PSL, arrumou mais uma confusão. Acuada por estar sendo investigada por abuso de poder econômico e sob risco de ser cassada, ela disparou sua metralhadora verbal contra membros do TRE-MT. Sem citar nome, afirmou que sofreu três tentativas de...

Derrota, acordo e permanência na AL

romualdo junior   Romoaldo Júnior (foto) está rindo à toa. Após derrota à reeleição, viu nas negociações políticas a chance de continuar legislando na Assembleia. E, pelo visto, conseguiu. O governador eleito Mauro convidou o deputado reeleito Allan Kardec (PDT) para assumir a...

Misael priorizará concurso na Câmara

misael galvao curtinha   Misael Galvão, que assume a presidência da Câmara de Cuiabá em 1º de janeiro, já definiu como uma das prioridades de sua gestão a realização de concurso público para preenchimento de diversas vagas. A equipe de transição, que levanta a real...

Definida lista tríplice para vaga no TRE

Em sessão ordinária administrativa realizada na manhã desta quinta (13), o Pleno do Tribunal de Justiça (TJ)  definiu a lista tríplice com o nome dos advogados que irão concorrer à vaga de juiz membro titular – classe jurista – do Tribunal Regional (TRE). A vaga será aberta com o término do primeiro biênio do advogado Ulisses Rabaneda  na função. Compõem a lista os advogados...

Afilhado de Jayme no staff do governo

cesar miranda curtinha   O secretário de Governo de Várzea Grande Cesar Miranda (foto), que tem como padrinho o senador eleito Jayme Campos, deve mesmo ser o secretário de Desenvolvimento Econômico da gestão Mauro Mendes. As negociações avançaram no sentido de indicá-lo na cota do DEM,...

MAIS LIDAS