Polícia

Segunda-Feira, 24 de Junho de 2019, 19h:42 | Atualizado: 25/06/2019, 08h:16

FREEZER NA PCE

Diretores se dizem enganados por PMs e negam conluio para entrada de celulares

Reprodução

Rev�trio Francisco da Costa

Revétrio Francisco da Costa (detallhe) foi um dos ouvidos na Gcco, na tarde desta segunda

O diretor da Penitenciária Central do Estado (PCE), Revétrio Francisco da Costa, e o subdiretor, Reginaldo Alves dos Santos, negaram, na tarde desta segunda (24), que tenham facilitado a entrada de celulares na unidade prisional. Em depoimento à Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), disseram que foram enganados por policiais militares.

O diretor e o subdiretor da PCE foram presos durante a Operação Assepsia, deflagrada na última terça (18), que apura a facilitação de entrada de aparelhos celulares na unidade. Além deles, também foram presos o subtenente Ricardo de Souza Carvalhaes e o cabo Denizel Moreira, ambos da Rotam, e o tenente Cleber de Souza Ferreira, lotado no Terceiro Batalhão.  

Em depoimento à GCCO, o diretor e o subdiretor da PCE afirmaram que não sabiam que o freezer que entrou com celulares na unidade – que culminou na operação – carregava diversos celulares em seu interior.

Os dois afirmaram que os três PMs alvos da Assepsia foram os responsáveis por pedir a entrada do freezer na unidade prisional. Segundo os depoimentos, os militares, que trabalham na área de Inteligência da PM, argumentaram que o eletrodoméstico seria um agrado a Paulo Cesar da Silva, conhecido como Petróleo – preso na PCE –, para conseguir informações para futuras apreensões.

Ainda conforme os depoimentos desta segunda, o freezer entrou na unidade prisional sem passar pelo scanner, pois agentes prisionais disseram que o eletrodoméstico não precisaria de tal procedimento.

Os diretores da PCE afirmaram que foram alvos de uma armação por parte dos três militares presos, com os quais tinham proximidade. Revétrio disse que, antes do freezer, os PMs chegaram a pedir permissão para que entrassem com celulares na unidade prisional, mas o diretor da PCE disse ter negado tal pedido, pois argumentou que a secretaria de Segurança Pública não permitiria.

Os depoimentos dos dois serão anexados aos autos do inquérito sobre o caso, que deverá ser concluído nesta quinta (27). Na manhã desta terça (25), os policiais militares serão ouvidos pela GCCO.  

Presos do CV

Além dos policiais e dos diretores da PCE, outros dois alvos da Assepsia foram Petróleo e Luciano Mariano da Silva, o Marreta. Os dois são apontados como principais líderes do Comando Vermelho em Cuiabá. Eles já estavam presos e foram alvos de mandados de prisão preventiva. Segundo as apurações, eles teriam se beneficiado pelas entradas ilegais dos celulares na PCE.

Um vídeo, que consta no inquérito policial da Assepsia, mostra os policiais militares, Revétrio e Petróleo indo à sala da direção da PCE, na tarde do último dia seis. O registro de circuito interno da penitenciária é considerado uma das provas da ligação entre eles.

Postar um novo comentário

Comentários (3)

  • Paulo | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 11h20
    3
    7

    O diabo veste fardas . Isso é certo.

  • Polícia MT | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 08h28
    4
    4

    Até agora não vi nada que envolva o o Adjunto do Diretor Revétrio, as filmagens divulgadas não o mostram o mesmo

  • andre | Terça-Feira, 25 de Junho de 2019, 08h26
    2
    3

    É um empurrando no outro, rapaz, seja HOMEM e assume o que vc fez, se fez, não é? É melhor, até judicialmente, mas não, querem continuar nessa versão

Recuo do DEM e agora no Republicano

gabriel guilherme 400 curtinha   O DEM terá de excluir da lista de pré-candidatos a vereador pela Capital o nome do jovem Gabriel Guilherme (foto), de 22 anos. Ele optou por se filiar ao Republicano. Lotado na Assembleia como assistente da Secretaria de Orçamento e Finanças e filho do ortopedista Paulo Fonseca...

Galvan vai deixar PDT e ir pra o PRTB

antonio galvan 400 curtinha   Embora não tenha perdido de vistas o Aliança pelo Brasil, partido que está sendo criado por Bolsonaro, Antonio Galvan (foto), presidente da Aprosoja e que acabou levado à frigideira dentro do PDT em meio ao embate por tentativa de candidatura ao Senado, se mostra disposto a ingressar no...

"Pátio igual gato, comendo e miando"

jose medeiros 400 curtinha   O deputado José Medeiros (Podemos), vice-líder do Governo Bolsonaro na Câmara, disse que o prefeito Zé do Pátio, de Rondonópolis, está parecendo gato, comendo e miando, pois recebe recursos federais, inclusive de programas habitacionais e, mesmo assim, ainda alardeia nos...

Adair lançará ex-vice em Alto Paraguai

adair 400 curtinha   O ex-prefeito de Alto Paraguai, advogado emedebista Adair José Alves Moreira (foto), não vai disputar novamente, apesar da insistência do seu grupo. A tendência é de apoiar o seu ex-vice Luiz Figueiredo, com quem administrou a cidade de 2013 a 2016. Luiz também é do MDB e...

Deputado bolsonarista critica prefeito

claudinei deputado curtinha 400   O deputado Claudinei Lopes (foto), morador em Rondonópolis, ficou na bronca com o discurso populista do prefeito Zé do Pátio, para quem o povo nordestino votou em massa no PT e que não tem conseguido construir mais casas populares porque, diferente dos governos petistas, o presidente...

Sem Senado e tudo pela Mesa da AL

max russi curtinha 400   Presidente regional do PSB-MT, o deputado Max Russi (foto) tem participado das discussões para definição de candidaturas ao Senado, na suplementar de abril, mas não mais como pré-candidato. Seu desafio é outro. A prioridade é a busca da reeleição como...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Na sua opinião, como está indo o Governo Bolsonaro...

excelente

bom

razoável

ruim

péssimo

não sei

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.