Polícia

Quinta-Feira, 05 de Dezembro de 2019, 16h:20 | Atualizado: 06/12/2019, 08h:00

ESPECIALIZADAS

Em meio à polêmica, diretoria da Polícia Civil define equipes da Deccor e Defaz

Em meio a polêmicas e até nota de repúdio do Sindepo, que representa os delegados de polícia de Mato Grosso, a diretoria da Polícia Civil oficializou a reorganização da Delegacia Especializada de Crimes Tributários (Defaz) e anunciou a equipe que tocará a de Combate à Corrupção (Deccor).

  Delegados Sylvio do Vale Ferreira Junior e Eduardo de Paula Botelho

Sylvio do Vale Ferreira Junior assume Defaz e Eduardo de Paula Botelho comandará Deccor

A Deccor será conduzida por Eduardo de Paula Botelho, que estava na Gerência de Combate aos Crimes de Alta Tecnologia (Gecat). A equipe é integrada também pelos delegados Luiz Henrique Damasceno, remanejado da Defaz, e por José Ricardo Garcia Bruno, que vinha atuando na especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande.

A Deccor foi criada para atuar em investigações de fraudes ou modalidades de corrupção praticadas na administração pública e em ações de agentes que atuem de forma isolada ou em grupo na lavagem ou ocultação de bens.

A nova estrutura passa a funcionar atendendo critérios estabelecidos pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública para rateio entre as unidades da federação dos recursos do Fundo Nacional de Segurança Pública.

A Deccor, por enquanto, segue na mesma sede da Defaz - que a partir de agora vai apurar apenas os crimes fazendários. Os trabalhos serão conduzidos por  Sylvio do Vale Ferreira Junior, que já vinha atuando como adjunto. Ele assume o lugar de Anderson Veiga, que está na Diretoria Metropolitana aguardando lotação. Sylvio terá Rafael Mendes Scatolon – antes da força tarefa da Grampolândia Pantaneira - como adjunto.

Antes do anúncio, o ex-adjunto da Defaz Lindomar Toffolli também foi transferido para a diretoria Metropolitana e espera lotação em uma das delegacias comuns ou especializadas. As remoções de Lindomar e de Veiga geraram desconforto nos bastidores e provocaram a reação do Sindepo, sob Maria Alice Barros Martins Amorim. Em nota, o sindicato ressaltou que "nunca se submeteram à pressão externa no exercício de suas funções".

Ocorre que o prefeito de Cuiabá Emanuel Pinheiro (MDB) protocolou na Assembleia um pedido de investigação quanto a suposto uso da máquina pública para prejudicá-lo politicamente. Segundo o emedebista, ele teve conhecimento de que os delegados teriam sido afastados, por não sederem à pressão para incriminá-lo, em investigação com base em boletim de ocorrência registrado por servidora do Hospital São Benedito, Elizabete Maria de Almeida.

Ela afirmou ter visto o gestor em uma reunião na casa do vereador Juca do Guaraná (Avante), em que teria tratado sobre pagamento de propina em troca de votos pela cassação do vereador oposicionista Abílio Júnior (PSC). Eles negam. (Com Assessoria)

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • Crítico | Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019, 01h51
    0
    0

    Crítico, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

O "pai" da destruição de documentos

jose riva 400 curtinha   Na sua delação premiada, o ex-presidente da AL, José Riva (foto), acusa o presidente do TCE, Guilherme Maluf, de ter sumido com provas que incriminavam deputados quanto ao uso de suprimentos de fundos e verba indenizatória. Só que para o MPE, foi o próprio Riva quem organizou um...

DEM dividido e quase no colo de EP

emanuel pinheiro 400 curtinha   Num almoço na casa do prefeito Emanuel Pinheiro (foto), nesta quarta, lideranças da alta cúpula do DEM de Cuiabá e Várzea Grande discutiram possível apoio à reeleição do emedebista. Essa aproximação fere de morte o Palácio...

PT, ensaio e chapa branca em Tangará

welton tangar� 400 curtinha   O PT, que já teve os vice-prefeitos José Jaconias e Zé Pequeno, estuda nem disputar a eleição majoritária em Tangará da Serra. Chegou a ensaiar uma pré-candidatura, mas parou no meio do caminho. Internamente, o partido discute lançar o...

Racha no DEM; "pepino" com Fabio

fabio garcia 400 curtinha   O presidente estadual do DEM, ex-deputado Fábio Garcia (foto), não só se encontra numa saia-justa, como tem a árdua missão de atuar como bombeiro para apagar incêndio provocado pelos irmãos Júlio e Jayme Campos, que, sem consultar o partido e nem o governador Mauro...

Álbum de casamento para 300 casais

marcia_curtinha_ok   A primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (foto), que desde 2017 lidera alguns projetos sociais de forma voluntária, fez questão de, mesmo com a pandemia da Covid-19, promover, na última segunda, entrega simbólica de álbuns de casamento para 10 casais, que foram escolhidos...

Fora de vez da disputa para senador

cidinho santos 400 curtinha   O empresário e ex-senador Cidinho Santos (foto), recém-filiado ao DEM, desistiu de vez da ideia de entrar de última hora na corrida ao Senado, na suplementar que será realizada em novembro deste ano. E por algumas razões. Primeira, como sócio do frigorífico União...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.