Cidades

Sexta-Feira, 06 de Novembro de 2020, 10h:40 | Atualizado: 06/11/2020, 13h:06

HOSPITAL CENTRAL

Consórcio quer finalizar prédio parado há 3 décadas em 1 ano e 4 meses, diz Mauro

É o anúncio feito pelo governador nesta manhã em retomada da obra, símbolo de desvios na Saúde

Tchélo Figueiredo/Secom-MT

Hospital central

Governador Mauro Mendes (DEM) tornou público nesta manhã (6) que a empreiteira vencedora da licitação para tocar a obra do prédio Hospital Central de Alta Complexidade, no Centro Político Administrativo, em Cuiabá, quer entregá-lo pronto em 1 ano e 4 meses. Disse isso na cerimônia de retomada do empreendimento, parado há mais de 30 anos. O prazo contratual previsto é um pouco maior: de 1 ano e 10 meses.

Esta obra foi lançada em 1984, na gestão de Júlio Campos (DEM), e, depois, “emperrou”, virando um “elefante branco”. Já houve até saques no prédio abandonado, de peças da construção cível e população andarilha usando-o como abrigo. Nesse tempo todo, paredes ficaram cheias de lodo.

Passaram-se seis governadores e outros que assumiram temporariamente Mato Grosso e nada mudava, mesmo estando dentro do complexo de poder, perto do gabinete do Governo, as secretarias, o Poder Judiciário, Ministério Público e não escondida em “confins”. Para Mauro, esta é uma das maiores vergonhas de Mato Grosso. “Por estas três décadas, a Saúde na Capital passou perrengues, pessoas morreram, pessoas sofreram”.

Rodinei Crescêncio

Hospital Central

Licitação

O governador ressaltou que a obra de retomada do hospital foi disputada por 14 empresas e consórcios, sendo 13 de fora. Ganhou a licitação o Consórcio LC Cuiabá, composto pela Lotufo Engenharia e Construções e Concremax Concreto, Engenharia e Saneamento. O governador avalia que a grande disputa foi fundamental para baixar custos e demonstra credibilidade resgatada do Estado, como bom pagador de seus credores.

O Consórcio é o mesmo que construiu o Hospital e Pronto-Socorro de Cuiabá, que tem 23 mil metros de área. O projeto do Hospital Central tem 32 mil. Estão previstos 290 leitos, sendo 60 para UTI e 230 para enfermarias e cuidados intermediários, além de 10 salas cirúrgicas.

Equipamentos

Quando o prédio estiver pronto, será hora de equipá-lo. Quanto a isso, o governador assegurou que haverá tempo suficiente, em 22 meses de obra, para o Governo comprar, instalar os equipamentos e aprontar tudo que for necessário para começar a receber pacientes "praticamente em tempo real".

Veja vídeo

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Mauro, desgastes e projeto à reeleição

mauro mendes curtinha   Não há como negar que o governo Mauro Mendes (foto) enfrenta forte desgaste por causa das medidas restritivas de combate à Covid e, principalmente, devido à exigência da sociedade de maior investimento e planejamento na Saúde. Por mais que o Executivo divulgue feitos e liste...

Thiago, respaldo da igreja e reeleição

thiago silva _curtinha_400   O deputado estadual Thiago Silva (foto) começa a labuta pela reeleição e não terá uma tarefa fácil pela frente. Thiago faz parte do grupo da Assembleia de Deus, que sempre prioriza o colega de Parlamento Sebastião Rezende, que vai tentar o sexto mandato. Curiosamente,...

2 suplentes já estreiam em Cuiabá

alex rodrigues 400   Com menos de quatro meses de mandato, dois dos 25 vereadores cuiabanos reeleitos no ano passado já pediram licença para abrir espaço a suplentes. Diego Guimarães (Cidadania) se afastou por 30 dias. Em sua cadeira está Maysa Leão, do mesmo partido. Marcrean Santos (PP) pediu afastamento...

Governista 2 e o desafio da reeleição

wilson santos 400 curtinha   Wilson Santos (foto), que conseguiu retornar à Assembleia "sangrando" nas urnas de 2018, impactado pelo desgaste pela defesa intransigente do Governo Pedro Taques, se prepara para atravessar outro purgatório no próximo ano, em busca de mais um mandato. O deputado tucano carrega desgaste...

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...