Polícia

Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2018, 07h:10 | Atualizado: 21/11/2018, 11h:42

OPERAÇÃO NASCOSTOS

Envolvidos em morte de personal Danilo são presos por elo com facções - vídeos

Atualizada às 11h36

Reprodução

acusados mandar matar personal

 

A Polícia Federal em Sorocaba (SP) deflagrou na manhã desta quarta (21) a Operação Nascostos, com objetivo de reprimir crimes cometidos por indivíduos que ocupam posições de liderança na estrutura de rede de facções criminosas que atuam dentro e fora de presídios no Brasil. Em Mato Grosso, entre os presos estão os suspeitos de encomendar e matar o personal trainer de Várzea Grande, Danilo Campos, de 28 anos.  

Pelo homicídio, Guilherme Dias de Miranda, 35, e Walisson Magno de Almeida, 27, foram presos no dia 9 de março deste ano em São Paulo. Eles foram transferidos para Cuiabá no dia 16 de março.

 Agora, os amigos são suspeitos de receberem carros que eram alugados e nunca devolvidos às locadoras para dar um fim. Há suspeita de lavagem de dinheiro para as organizações criminosas Comando Vermelho e Primeiro Comando da Capital (PCC). Além da dupla, a atual esposa de Guilherme, Yonar Sudres, também foi presa.

Em Cuiabá estão sendo cumpridos 10 mandados de busca e apreensão e três mandados de prisão preventiva e quatro prisões temporárias. 

Veja vídeo de Danilo Romão, um dos presos, chegando à sede da PF

Veja a chegada da suspeita Yonar Sudres à PF

 

Guilherme e Walisson devem ir a júri popular por encomendar e executar o personal. Segundo as investigações feitas pela Polícia Civil, Guilherme mandou matar o personal por ciúmes da então mulher de Guilherme, Ana Lise Hovoruski.

Segundo a investigação, Guilherme é conhecido pela agressividade e arrogância na convivência com outras pessoas. Ele já possui passagem por estelionato.

Elo com facção

Em julho deste ano, durante depoimento ao juiz Flávio Miraglia Fernandes na 2ª audiência do processo sobre o homicídio, o representante comercial, Carlos Alexandre Meireles, 35, amigo de infância de Danilo, foi ouvido como testemunha de acusação. Além de confirmar que a vítima recebeu ameaças de morte, também relatou ter ouvido dizer que Guilherme, apontado como mandante do homicídio, tinha ligação com a facção criminosa Comando Vermelho (CV). Durante seu depoimento, os réus foram retirados da sala de audiência a pedido da testemunha.

O assassinato

Danilo é filho do vereador Nilo Campos (DEM), de Várzea Grande. Segundo o boletim de ocorrência, o personal foi encontrado caído fora do veículo dele, na noite do dia 8 de novembro de 2017, na rua General Ramiro de Noronha, por volta de 21h20, perto de uma distribuidora de bebidas do Bairro Duque de Caxias, na capital.

Atualizada às 9h30 - Delegado de Sorocaba está em Cuiabá acompanhando as prisões

O delegado federal de Sorocaba (PF), Márcio Magno Carvalho Xavier, que está à frente da operação veio a Cuiabá acompanhar as prisões de alvos que são importantes no esquema apurado.

A PF esclare que o nome da operação, Nascostos, significa "oculto" em italiano e faz alusão ao modus operandi usado pela organizalção para cometimento de estelionato, pois, sempre usavam documentos falsos em redes sociais e sites, para ocultar as verdadeiras identidades de seus integrantes.

A PF explica ainda que cumpre cinco mandados de prisão preventiva, nove de prisão temporária, 27 de busca e apreensão e oito de sequestro e bloqueio de bens , em decorrência de investigações iniciadas em 2017, no âmbito do inquérito que tramita na delegacia de Sorocaba (SP) para apurar crimes de estelionato, falsidade ideológica, uso de documento falso e organização criminosa com associação para o tráfico de entorpecentes.

Segundo a investigação, criminosos, fazendo-se passar por magistrado federal e se utilizando de documentos falsos, inclusive cartões clonados, de vítimas, compravam passagens aéreas para terceiros por rotas atípicas, em detrimento do nome de juiz federal e da imagem da Justiça Federal perante terceiros de boa-fé.

"O tráfico nacioal já foi configurado. No Acre uma menina foi presa com dois quilos cocaína e passagens compradas de forma fraudulenta. Outro integrante, que teve o mandado de prisão cumprido em Presidente Prudente foi preso com 1,4 toneladas de maconha", cita o delegado.

Ainda de acordo com a investigação, a base da organização criminosa era São Paulo (SP), Campo Grande (MS) e Cuiabá, com atuação em âmbito nacional e internacional. Há indícios de ligação e/ou ser uma célula integrante das facções criminosas CV e PCC.

Os criminosos também alugava, veículos e não os devolviam as locadoras, fazia reserva de hotéis e realizava financiamentos para pessoas cooptadas, entre eles suspeitos presos por tráfico de drogas.

"Os suspeitos Guilherme e Walisson são dois dos estelionatários da quadrilha, eles usavam documentos falsos para cometer as fraudes. São indiciados por prestar serviço de logística as facções criminosas. "Eles recebiam os carros  alugados e que não eram devolvidos às locadoras para dar um fim", conta o delegado. "Há indícios de que a quadrilha agia desde 2011".

Integrantes da organização já respondem por homicídio e tráfico de drogas e há indícios de transações financeiras internacionais.  Todos os presos serão ouvidos no sábado (24), pois o Artigo 23 da Lei nº 12.850 de 2013, que define organização criminosa e dispõe sobre a investigação criminal, determina que os advogados devam ter acesso aos laudos do cliente, três dias antes das oitivas.

Veja galeria de fotos

Galeria: Operação Nascostos

Postar um novo comentário

Comentários (1)

  • francisco fanaia | Quarta-Feira, 21 de Novembro de 2018, 09h47
    1
    2

    OBRIGADO. SOU CUIABANO E ESTOU GOSTANDO IMENSAMENTE DAS NOTICIAS DA MINHA TERRA. CONTINUE MANDANDO FOI UMA ÓTIMA SACADA A CRIAÇÃO DA RED NEWS.

Vereadores de ROO e trocas de siglas

fabio cardozo 400 curtinha   Em Rondonópolis, praticamente a metade dos vereadores está aproveitando a janela, que se encerra neste sábado, para mudar de partido, e já com as atenções voltadas à reeleição. E, com a dança das cadeiras, o Solidariedade do prefeito Zé do...

Podemos absorve a turma do barulho

O Podemos conseguiu juntar no seu diretório em Cuiabá a turma do barulho. Dela fazem parte dois com mandatos cassados, Abílio Júnior, que perdeu a cadeira de vereador por quebra de decoro, e a senadora Selma Arruda, cassada por caixa 2 e abuso de poder econômico, mas que ainda continua no cargo. Selma impôs condições para seguir no partido. Chegou a negociar ida para o PSC. E ganhou a presidência municipal do Pode, forçando o...

Secretário, furtos e a incompetência

rodrigo metello 400 curtinha   O secretário de Transporte e Trânsito de Rondonópolis, Rodrigo Metello (foto), filiado ao MDB e pré-candidato a vereador, corre risco de ser acionado na Justiça por centenas de pessoas que tiveram motocicletas apreendidas e que depois acabaram furtadas do Pátio Rondon. O local...

Vereador na base e críticas a Leonardo

leonardo 400 curtinha   Chico 2000, vereador pela Capital, assegura que não procede a informação de que o seu Partido Liberal irá romper com o prefeito Emanuel, não o apoiando à reeleição. Segundo ele, foi Leonardo Oliveira (foto), que participou na quarta de uma reunião do...

Embates sobre a cadeira da discórdia

selma arruda curtinha 400   A cadeira da senadora Selma Arruda (foto), que está cassada há um ano mas, mesmo assim, continua no cargo, vem dividindo opinião de vários líderes políticos, uns torcendo logo para a Mesa do Senado decretar a vacância para Carlos Fávaro assumir a vaga, outros...

PL avisa Chico que não apoiará EP

chico 2000 curtinha   O vereador Chico 2000 (foto), único do PL na Câmara de Cuiabá e governista de carteirinha, se mostrou  desconfortável politicamente quando foi informado nesta quinta que a legenda liberal não vai apoiar a reeleição do prefeito Emanuel, do MDB. O partido é comandado no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.