Polícia

Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 15h:31 | Atualizado: 01/07/2020, 15h:37

Coronavírus

Farmácia cobra R$ 570 por ivermectina, é fiscalizada e mostra valor do insumo

Reprodução

Farm�cia

De acordo com a denúncia, no dia 16 de junho a comunicante comprou 60 cápsulas do medicamento utilizado para tratamento do Covid pelo valor de R$ 59

A Polícia Civil realizou, na manhã desta quarta (01), uma fiscalização em uma farmácia de manipulação denunciada por aumentar o valor do medicamento ivermectina em mais de 865%. A ação foi realizada através da Delegacia Especializada do Consumidor (Decon) em parceria com o Procon Municipal de Cuiabá

De acordo com a denúncia, em 16 de junho, a comunicante comprou 60 cápsulas do medicamento utilizado para tratamento do Covid-19, pelo valor de R$ 59. Aproximadamente uma semana depois, em 23 de julho, foi repassado à consumidora pela a mesma quantidade do medicamento, o valor de R$ 570, totalizando um aumento de 866% no valor do produto.

Inconformada com aumento do preço no curto espaço de tempo, ela procurou a Decon para registrar a ocorrência. Com base nas informações, os policiais da Decon e a equipe de agentes do Procon foram até a farmácia de manipulação, onde foram atendidos pela responsável pelo estabelecimento que apresentou cópias das notas de compra da matéria prima.

Segundo a responsável, a substância vem da China e Índia e em novembro de 2019,  a farmácia adquiriu um quilo do insumo utilizado na manipulação da ivermectina pelo valor de R$ 105. Na segunda quinzena de junho deste ano, a mesma quantidade do produto foi comprada pelo valor de R$ 3,4 mil, um aumento de mais de 3000% no preço. Ela informou ainda às equipes que outros medicamentos utilizados no tratamento do Covid-19, como a hidroxicloroquina, o aumento de preço da matéria-prima foi ainda maior.

Segundo o delegado da Decon, Rogério Ferreira, nos últimos dias, a imprensa tem divulgado que profissionais da saúde têm recomendado o uso do medicamento ivermectina e de hidroxicloroquina para o tratamento da COVID-19, “Esse fato tem feito a procura pelos medicamentos aumentarem bastante, levando a Polícia Civil e o Procon  procurarem coibir e reprimir eventuais práticas de aumentos abusivos de preços ao consumidor”, disse o delegado.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Amaral antunes | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 16h36
    4
    0

    Ta barato em cuiabá. Em Sinop comprei segunda e paguei 37,00 (trinta e sete reais) por 6 capsulas.

  • Antonio | Quarta-Feira, 01 de Julho de 2020, 16h26
    4
    0

    O problema chamasse teste, quando será que os nossos governantes das cidades de MT vai começar a testar a população em massa? E tem que começar a realizar o tratamento precoce contra o COVID, o estado do Pará é um caso clássico de sucesso quando começou a tratamento precoce. Avisa o secretario de estado de saúde e dos municípios a assistirem uma LIve que esta disponível no Youtube do Jornalista Alexandre Garcia com vários médicos e especialistas da saúde (com tema TRATAMENTO PRECOCE SALVA VIDAS) que estão fazendo tratamento precoce em vários hospitais e cidade e tem obtido resultados excelentes. Vamos deixar a política de lado e salva VIDAS. Assistam e tirem suas conclusões.

Túlio, inabilidade política e frustração

tulio fontes 400 curtinha   Túlio Fontes (foto), que ainda faz mistério sobre disputa à sucessão em Cáceres, ficará mesmo fora do embate das urnas. Ex-prefeito e derrotado duas vezes para deputado estadual, ele não moveu uma palha para fortalecer o seu nanico PV. Conclusão: o partido só...

Pátio, vice, o MDB e ex-secretário

adonias fernandes 400 curtinha   Em Rondonópolis, o prefeito Zé do Pátio não desistiu de vez do seu antigo partido, o MDB, no qual militou por mais de duas décadas. Embora em rota de colisão com alguns líderes emedebistas, Pátio ainda tem bom contato com o ex-padrinho político, o...

Prefeito de Sapezal e aditivo com 15%

valdecir casagrande 400 curtinha sapezal prefeito   O prefeito de Sapezal, Valcir Casagrande (foto), autorizou o quarto aditivo de um contrato sem licitação, firmado em 2019 entre o município e a Casa de Saúde Santa Marcelina. Chamam atenção o valor e o aumento. A continuidade do atendimento aos...

Partidos acirram disputa a vice de Léo

leonardo 400 curtinha   Em Primavera do Leste, o prefeito emedebista Léo Bortolin (foto), um dos mais bem avaliados gestores mato-grossenses, convive com uma disputa acirrada de pretendentes ao cargo de vice-prefeito de sua chapa. A corrida por novo mandato está tão confortável que Léo praticamente não tem...

MDB e PRB devem se juntar em ROO

luizao 400 curtinha   Ao menos dois blocos de oposição em Rondonópolis estão levando a sério a observação do ex-governador e ex-senador Blairo Maggi, para quem Zé do Pátio ganharia a reeleição numa boa se o município tiver várias candidaturas. Ou seja, quanto...

Parlamentares numa disputa cômoda

thiago silva 400 curtinha   Parlamentares que estão se aventurando na disputa a prefeito nada têm a perder. Não precisam nem se afastar dos mandatos para concorrer ao pleito. Em caso de derrota nas urnas de novembro, continuam com suas cadeiras garantidas até 2022 (situação de estadual e federal) e...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT estuda retomada das atividades escolares presenciais possivelmente em agosto ou setembro. O que você acha?

Estou de acordo

Não - aulas não podem voltar por agora

tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.