Polícia

Domingo, 28 de Fevereiro de 2021, 09h:33 | Atualizado: 28/02/2021, 09h:39

Festa clandestina com adolescentes, maconha e cocaína é fechada pela PM

Reprodução

Festa clandestina em Cáceres fechada pela PM

Pelo menos 8 menores  participavam da festa em Cáceres, onde havia presença de álcool, cocaína e maconha, além de aglomeração na pandemia

Oito menores participavam de uma festa clandestina com cocaína, maconha e álcool. A aglomeração foi dispersada pela Polícia Militar, na madrugada deste domingo (28), que foi até lá para verificar denúncia de descumprimento das medidas para evitar o contágio de Covid-19. Dois bebês também estavam no local e o Conselho Tutelar foi acionado.

Com som alto, os vizinhos se incomodaram com a festa que ocorria em um bairro de Cáceres (219 km da Capital). Além dos menores, foram levadas à delegacia seis pessoas maiores de idade.

Durante a abordagem, alguns fugiram do local e os PMs levaram os suspeitos, que podem responder por tráfico de drogas e corrupção de menores. Foram encontradas seis porções de maconha e quastro de pasta base de cocaína.

Uma equipe da vigilância sanitária ez a autuação da organização do evento e apreendeu toda a bebida alcoólica. Já a Polícia Militar Ambiental realizou a aferição via decibelímetro e verificou que o som estava acima do permitido para o horário, realizando a apreensão dos equipamentos.

Galeria de Fotos

Credito: Reprodução
Credito: Reprodução
Credito: Reprodução

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Eleitor | Segunda-Feira, 01 de Março de 2021, 04h42
    1
    0

    Esse pessoal não devem serem humanos porque tamanha insensibilidade com tanta gente morrendo as UTIS lotadas e essas desgraças fazendo festa.. Essas imundices não devem terem país, tios e avós. O Pior é que nem sempre essas pragas são pegas pela policia... O congresso tem que criar uma lei imediatamente passando a considerar aglomerações em tempo de pandemia como crime hediondo, porque não tem outra maneira de lidar com esses assassinos. Quem faz aglomeração vendo as pessoas morrerem e as utis lotadas são assassinos e cumplices do Covid19.

  • Cuiabano | Domingo, 28 de Fevereiro de 2021, 16h51
    6
    0

    A policia tem que descer o porrete nessas desgraças porque por causa desses infelizes os hospitais estão cheios e faltando vagas para os pais de famílias que são vitimas do vírus disseminado por essas desgraças que não respeitam as leis. A policia tem chegar chegando nesses trates..

Nobres chora a morte de ex-prefeito

flavio dalmolin 400   A pequena e turística Nobres, de 16 mil habitantes, parou neste Feriado de Tiradentes em comoção pela morte, por Covid-19, do ex-prefeito Flávio Dalmolin (foto). Um cortejo percorreu ruas e avenidas, parou em frente ao estádio municipal Balizão e à prefeitura, onde...

Derrotado ensaia disputa ao Governo

reinaldo morais 400 curtinha   O empresário Reinaldo Morais (foto), o rei dos porcos, está disposto a gastar mais uns milhões com nova candidatura majoritária, agora para governador. No ano passado, concorreu ao Senado e obteve votação decepcionante. Foi o penúltimo colocado numa corrida com 11...

Sicredi recua de comprar praça pública

enilson rios 400 prefeito araputanga   A diretoria do Sicredi nem esperou ser votado na Câmara Municipal o polêmico projeto sobre negociação de uma praça pública no centro de Araputanga para cancelar o negócio. A cooperativa havia "amarrado" entendimento com o prefeito Enilson de Araújo...

Sessão, voto e namoro com cantora

ulysses moraes 400   Na sessão virtual da Assembleia desta segunda, o deputado Ulysses Moraes (foto), do PSL, estava demorando para computar o voto na apreciação de um veto do governador. O presidente Max Russi (PSB), então, cobrou agilidade do colega e brincou, dizendo que agora ele só tem olhos para a Maraisa....

Misal é reeleito para o 10º mandato

misael galv�o 400 curtinha   Após dois anos fora do comando do Shopping Popular, período em que respondeu pela presidência da Câmara da Capital, o ex-vereador Misael Galvão (foto) voltou à direção do empreendimento, que abriga 500 lojas. E, sob forte...

Oscarlino, Pros e "nocaute" em Gisela

oscarlino 400   Na queda-de-braço dentro do Pros por espaço político, o ex-sindicalista Oscarlino Alves (foto) nocauteou a ex-superintendente do Procon-MT, Gisela Simona. Ele foi um dos filiados que não aceitaram apoio a Abílio na disputa de segundo turno para prefeito de Cuiabá, se aliou ao projeto de...