Polícia

Terça-Feira, 24 de Novembro de 2020, 09h:07 | Atualizado: 24/11/2020, 12h:42

OPERAÇÃO TAPIRAGUAIA 5

Fraude em licitação complica ex-prefeito, engenheiro, empreiteiro e servidor, diz PF

Assessoria

Sede da PF Barra do Gar�as

Delegacia da Polícia Federal em Barra do Garças (a 500 km de Cuiabá) deflagrou hoje (24) mais uma fase da investigação que tem como objetivo o enfrentamento dos crimes contra a administração pública e corrupção nos municípios do Vale do Araguaia. É a Operação Tapiraguaia 5, da PF com apoio da Controladoria-Geral da União (CGU) e do Ministério Público Federal (MPF).

A ação visa combater um esquema de fraudes licitatórias e desvio de recursos públicos federais na prefeitura de Serra Nova Dourada (a 1015 km de Cuiabá).

São alvos da operação um ex-prefeito, um engenheiro civil fiscal, um empreiteiro e um servidor público municipal. Os investigados irão responder por crimes licitatórios e desvio de recursos públicos, podendo pegar até 16 anos de prisão. “Os endereços onde são cumpridas as ordens judiciais comprovam a completa ausência de capacidade financeira das pessoas em que registrados os endereços dos proprietários e da sede da própria construtora”. São supostos "laranjas".

Participam da ação 12 policiais federais, que cumprem dois mandados de busca e apreensão e oito medidas cautelares probatórias e patrimoniais nos municípios mato-grossenses de Serra Nova Dourada e Barra do Garças. Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal de Barra, que também determinou o sequestro de bens e valores.

A quinta fase é resultado da análise dos dados bancários e dos objetos apreendidos durante a terceira fase da operação, ocorrida em 17 de junho deste ano. O material colhido aponta que, em 2014, determinado prefeito, em conluio com determinado empresário “laranja” do ramo da construção civil, teria orquestrado um esquema criminoso com o fito de desviar recursos públicos federais.

A fraude consistia em fraudar procedimentos licitatórios a fim de beneficiar determinada empresa “laranja” previamente escolhida, atestar falsamente a execução da obra pública objeto da licitação fraudada e, por fim, desviar os recursos públicos recebidos pelo serviço não executado. Apurou-se que o prejuízo aos cofres públicos chegou ao montante aproximado de R$ 360 mil reais.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • Eleitor Atento | Terça-Feira, 24 de Novembro de 2020, 10h41
    0
    0

    Cadeia Neles.

  • Rui | Terça-Feira, 24 de Novembro de 2020, 10h40
    0
    0

    Rui, Há expressões agressivas, ofensas e/ou denúncias sem provas. Queira, por gentileza, refazer o seu comentário

Para presidente, BRT é ultrapassado

juca 400 curtinha   Numa sintonia política com o prefeito Emanuel, o novo presidente da Câmara de Cuiabá, vereador Juca do Guaraná (foto), disse ser contra a decisão do governo estadual de "enterrar" o projeto do VLT, cujas obras estão paralisadas desde 2014, para implantar o modal BRT na Região...

Prefeito vai homenagear 2 ex-aliados

ze do patio 400 curtinha   O ex-vereador, ex-deputado estadual e hoje prefeito de Rondonópolis, Zé do Pátio (foto), que está no terceiro mandato, vai homenagear dois aliados que faleceram recentemente, sendo eles o ex-vereador de três mandatos Juary Miranda, que foi líder do Executivo na Câmara...

Maluf deve consultar STF sobre Teis

guilherme maluf 400 curtinha   Assim que retornar de férias, o presidente do Tribunal de Contas do Estado, Guilherme Maluf (foto), dará prosseguimento à análise do pedido de aposentadoria de Waldir Teis, que está afastado do Pleno há três anos e cinco meses, assim como outros três conselheiros...

Novo líder de Pátio na Câmara de ROO

reginaldo santos 400 curtinha   Reginaldo dos Santos (foto), que assume vaga na Câmara de Rondonópolis pela quarta vez, é o novo líder do prefeito Zé do Pátio, com a missão de fazer o trabalho de articulação e defesa do Executivo junto aos colegas do Legislativo. Na legislatura passada,...

Agro sugere Daniella de volta no Indea

daniella bueno 400 indea   Representantes do setor produtivo e um grupo de servidores sugeriram ao governador Mauro o nome da médica-veterinária e servidora de carreira Daniella Bueno (foto) para reassumir a presidência do Indea-MT. Aproveitaram a vulnerabilidade no cargo do presidente Marcos Catão Dornelas, denunciado...

Aumento para vereador só em 2022

Alguns vereadores em Cuiabá, tanto novatos quanto aqueles reeleitos, ficaram surpresos quando informados pela Mesa Diretora de que o aumento salarial de R$ 15,1 mil para R$ 18,9 mil, aprovado agora no final de dezembro, só começa a valer a partir de janeiro de 2022. Não entra em vigor de imediato, mesmo se tratando de nova legislatura, por causa da pandemia, que levou o governo federal a estabelecer, em lei, veto a qualquer tipo de reajuste para servidores até...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

O Governo de MT optou pela implantação do BRT em Cuiabá-VG em detrimento do VLT. O que você acha disso?

Estou de acordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.