Polícia

Quinta-Feira, 30 de Maio de 2019, 13h:15 | Atualizado: 30/05/2019, 19h:29

RESTA UM

Gerente da Colibri é encontrado em Recife e integrante da Ello se entrega ao GCCO

Atualizada às 15h10

GCCO

Jos� Carlos de Freitas e Eduardo Coutinho

José Carlos, apontado como líder em Cáceres, preso em Recife; Eduardo Coutinho após se entregar ao GCCO hoje

Mais um acusado de participar da organização criminosa ligada ao jogo do bicho foi preso, nesta quinta (30), em Recife (PE). Ele foi identificado como José Carlos de Freitas e é apontado como um dos supostos gerentes do grupo do João Arcanjo Ribeiro e Giovanni Zem, em Cáceres (a 225 km de Cuiabá).

Segundo o delegado Flávio Henrique Stringueta, José estava de férias na praia. Ele foi preso na casa de uma amiga. A Polícia Civil do Pernambuco cumpriu o mandado.

José era um dos três foragidos que não foram presos pela Operação Mantus na manhã desta quarta (29). O paradeiro dos outros dois ainda é desconhecido. A Polícia Civil investiga organizações criminosas rivais envolvidas com jogo do bicho e lavagem de dinheiro. Uma seria comandada por João Arcanjo Ribeiro e o genro Giovanni Zem, e a outra pelo empresário Frederico Muller Coutinho. Os três também foram presos.

A Polícia Civil de Mato Grosso deve mandar uma equipe para buscar José e trazê-lo para Cuiabá. Na Capital, ele vai passar por audiência de custódia no Fórum de Cuiabá. Todos os outros presos ligados ao grupo de Arcanjo tiveram as prisões mantidas e foram encaminhados à Penitenciaria Central do Estado (PCE).

A Operação Mantus foi deflagrada, na manhã desta quarta (29). Com ordem judicial, foram cumpridos 63 mandados que culminaram na prisão de 31 pessoas. Segundo a Polícia Civil, os dois grupos movimentaram em um ano, apenas em contas bancárias, mais de R$ 20 milhões.

Às 15h10 - Integrante do grupo Ello se entrega

O investigado Eduardo Coutinho Gomes acabou de se apresentar na GCCO com seus advogados. Ele é ligado a empresa Ello, liderada pelo também preso Frederico Muller Coutinho. Com isso, o número de foragidos cai para apenas um.

Na investigação da GCCO, Eduardo, conhecido como “Dudu”, é apontado como o responsável por dar apoio operacional e suporte ao grupo em Rondonópolis. Ele deve passar por audiência de custódia.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • konó | Quinta-Feira, 30 de Maio de 2019, 16h40
    0
    0

    Dinheiro tá dando em árvore para essa turma

  • Nascimento | Quinta-Feira, 30 de Maio de 2019, 14h11
    1
    0

    20 milhões não é apenas os trocos???

Matéria(s) relacionada(s):

4 fora da reeleição em Rondonópolis

jailton 400 vereador curtinha   Em Rondonópolis, quatro dos 21 vereadores não devem ir à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (DEM), Rodrigo da Zaeli (PSDB), Hélio Pichioni (PSD) e Jailton do Pesque e Pague (foto), do PSDB. Thiago e Rodrigo têm esperanças de concorrer a...

Prefeito apoia vice à briga em Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   Francis Maris vai mesmo declarar apoio oficial à pré-candidatura da empresária Eliene Liberato à sucessão em Cáceres. Em público, o prefeito faz mistério para não contrariar outros pretensos candidatos do grupo e que têm esperanças de receber...

Preparando um dos aliados a federal

mauro carvalho 400 curtinha   Embora não comente publicamente, o governador Mauro Mendes está "costurando" acordos políticos com líderes mais próximos, visando não só o pleito de 2020, mas também às eleições gerais de 2022. Em época de busca de projetos e de...

Salvando 1º ano de mandato no cargo

selma arruda 400 curtinha   Embora "sangrando" e com a imagem arranhada, a juíza aposentada e senadora cassada pelo TRE-MT Selma Arruda, que trocou o PSL pelo Podemos, consegue concluir este primeiro de oito anos de mandato. E vai se licenciar nos próximos dias para ceder espaço aquele que financiou a sua campanha,...

Barbudo é menos empreguista de MT

nelson barbudo 400 curtinha   Dos oito deputados federais de MT, o estreante Nelson Barbudo (foto) é o menos "empreguista". Nestes 10 primeiros meses de mandato, ele nomeou no gabinete em Brasília e no escritório político em Cuiabá apenas 15 assessores. Cada gabinete pode ter até 25 secretários...

Rossato quer "minar" reeleição de Ari

dilceu rossato 400 curtinha   Em Sorriso, a capital nacional do agronegócio, a tendência é da disputa à sucessão no próximo ano ficar polarizada entre o prefeito Ari Lafin, do PSDB, e seu antecessor, Dilceu Rossato (foto), hoje filiado ao PSL. Embora se movimente nos bastidores, o deputado Xuxu Dal Molin...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.