Polícia

Quinta-Feira, 30 de Maio de 2019, 13h:15 | Atualizado: 30/05/2019, 19h:29

RESTA UM

Gerente da Colibri é encontrado em Recife e integrante da Ello se entrega ao GCCO

Atualizada às 15h10

GCCO

Jos� Carlos de Freitas e Eduardo Coutinho

José Carlos, apontado como líder em Cáceres, preso em Recife; Eduardo Coutinho após se entregar ao GCCO hoje

Mais um acusado de participar da organização criminosa ligada ao jogo do bicho foi preso, nesta quinta (30), em Recife (PE). Ele foi identificado como José Carlos de Freitas e é apontado como um dos supostos gerentes do grupo do João Arcanjo Ribeiro e Giovanni Zem, em Cáceres (a 225 km de Cuiabá).

Segundo o delegado Flávio Henrique Stringueta, José estava de férias na praia. Ele foi preso na casa de uma amiga. A Polícia Civil do Pernambuco cumpriu o mandado.

José era um dos três foragidos que não foram presos pela Operação Mantus na manhã desta quarta (29). O paradeiro dos outros dois ainda é desconhecido. A Polícia Civil investiga organizações criminosas rivais envolvidas com jogo do bicho e lavagem de dinheiro. Uma seria comandada por João Arcanjo Ribeiro e o genro Giovanni Zem, e a outra pelo empresário Frederico Muller Coutinho. Os três também foram presos.

A Polícia Civil de Mato Grosso deve mandar uma equipe para buscar José e trazê-lo para Cuiabá. Na Capital, ele vai passar por audiência de custódia no Fórum de Cuiabá. Todos os outros presos ligados ao grupo de Arcanjo tiveram as prisões mantidas e foram encaminhados à Penitenciaria Central do Estado (PCE).

A Operação Mantus foi deflagrada, na manhã desta quarta (29). Com ordem judicial, foram cumpridos 63 mandados que culminaram na prisão de 31 pessoas. Segundo a Polícia Civil, os dois grupos movimentaram em um ano, apenas em contas bancárias, mais de R$ 20 milhões.

Às 15h10 - Integrante do grupo Ello se entrega

O investigado Eduardo Coutinho Gomes acabou de se apresentar na GCCO com seus advogados. Ele é ligado a empresa Ello, liderada pelo também preso Frederico Muller Coutinho. Com isso, o número de foragidos cai para apenas um.

Na investigação da GCCO, Eduardo, conhecido como “Dudu”, é apontado como o responsável por dar apoio operacional e suporte ao grupo em Rondonópolis. Ele deve passar por audiência de custódia.

Postar um novo comentário

Comentários (2)

  • konó | Quinta-Feira, 30 de Maio de 2019, 16h40
    0
    0

    Dinheiro tá dando em árvore para essa turma

  • Nascimento | Quinta-Feira, 30 de Maio de 2019, 14h11
    1
    0

    20 milhões não é apenas os trocos???

Matéria(s) relacionada(s):

Abicalil renova pedido e segue na AL

carlos abicalil curtinhas   O ex-deputado federal Carlos Abicalil (foto), ex-presidente do Sintep e com histórico de várias disputas eleitorais, sem êxito nas urnas, como de governador e de senador, renovou o pedido junto ao governo para continuar em desvio de função até junho de 2020. Ao invés de...

Praças terão espaço à inclusão social

emanuel pinheiro curtinha   Merece elogios a ideia do prefeito Emanuel Pinheiro (foto) de dotar todos os parques municipais de Cuiabá de equipamentos especiais para permitir diversão, entretenimento e atividades físicas a pessoas com deficiência. Isso mostra a preocupação do gestor com a inclusão...

DEM é fraco em Cuiabá há décadas

O DEM dos irmãos Júlio e Jayme Campos e agora do governador Mauro Mendes enfrenta resistência histórica na tricentenária Cuiabá. Fundado em 1985 como PFL, que absorveu dissidentes do velho PDS, o DEM hoje não possui uma cadeira entre as 25 na Câmara Municipal. Aliás, não elege vereador há três legislaturas. A última vez que o partido tentou disputa para prefeito da Capital foi em 2000 e, curiosamente, tendo...

Nininho, falta à sessão e justificativa

O deputado Ondanir Bortolini, o Nininho, contesta informação de que teria "amarelado" ao não comparecer à sessão ordinária da Assembleia, que resultou na aprovação da mensagem do governo sobre reinstituição dos incentivos fiscais, em primeira votação, pelo placar de 15 a 7. Em verdade, o parlamentar do PSD justificou oficialmente sua ausência. Explica que foi internado e, por orientação...

Efetivados irregularmente e recebendo

darci lovato curtinha   Entre os quase 100 servidores da Assembleia que já tiveram estabilidade funcional cassada pela Justiça em 1º grau por alguma irregularidade em documentos, estão ex-secretários municipais, colunista social, ex-policiais, radialista, ex-prefeito, ex-vereador e outros que já tentaram, sem...

Governo quita toda a folha de junho

O governo estadual concluiu nesta sexta (19) o pagamento de junho dos servidores ativos, inativos e aposentados que ganham acima de R$ 7,5 mil. Para essa quitação foram necessários R$ 61,8 milhões. Com isso, liquidou totalmente a folha de junho dos cerca de 100 mil funcionários públicos, que consomem R$ 472,7 milhões. No dia 10 deste mês, o governo pagou a primeira parcela dos salários de junho, depositando até R$ 5,5...

ENQUETE

Profissionais da Educação estão em greve há mais de um mês. O que você acha disso?

estão corretos. Devem continuar

discordo. Deveriam voltar às aulas

pra mim, não faz diferença

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.