Judiciário

Quinta-Feira, 07 de Dezembro de 2017, 17h:31 | Atualizado: 07/12/2017, 17h:33

Acusada de assassinar marido PM tem prisão preventiva decretada em Peixoto

Reprodução

esposa_policial_morto

 Deise Ribeiro de Oliveira aparece de mãos dadas com o marido Moshe Dayan Simão

Acusada de matar o próprio marido a tiros, Deise Ribeiro de Oliveira, 23 anos, teve mandado de prisão decretada pelo juiz Evandro Juarez Rodrigues, da Segunda Vara Criminal e Cível de Peixoto de Azevedo. A decisão foi proferida nesta quarta (6). O magistrado passou por audiência de custódia hoje.

O marido de Deise era o policial militar Moshe Dayan Simão Kaveski, de 28 anos. O assassinato ocorreu na noite de segunda (4), no Distrito de União do Norte. O policial foi alvejado por disparos de arma de fogo na cabeça e na região do tórax.

Na decisão, o magistrado diz existir prova de materialidade delitiva e indícios suficientes da autoria do crime de homicídio qualificado contra o companheiro. Evandro ainda afirma que a prisão preventiva é necessária para garantir a ordem pública e pela gravidade concreta da conduta praticada pela suspeita.

O caso

A mulher era companheira da vítima e, num primeiro momento, informou que ambos foram abordados por uma pessoa, descrevendo como baixa, gorda, e com roupas escuras. Deise se contradisse e chegou a contar, depois, que eram duas pessoas e que teriam levado os aparelhos celulares, tanto seu quanto de Moshe.

No entanto, o celular do policial foi encontrado próximo ao muro da residência. O delegado Israel Pirangi Santos afirma que houve muita divergência nas versões apresentadas e que não há sinais de luta corporal, apesar de a mulher ter alegado.

Conforme o delegado, um dos disparos foi encostado e teria ocorrido no momento que a vítima estava agachada, soltando o cachorro da casa. Também há informações de discussão do casal horas antes.

Outro ponto que contribuiu para convicção da autuação foi o fato da mulher costumar portar a arma da vítima, em sua bolsa. Outro motivo é devido Deise estar embriagada, trajando bermuda, e não ter notícias de que houve movimentação de motos no local ou latidos de cachorros.

A polícia descarta o envolvimento de Valdeir Santana Francoso, 33 anos, que foi conduzido junto com a mulher até a delegacia, pois não houve elementos para presumir eventual participação dele na morte do policial. O caso continua em investigação até o total esclarecimento das circunstâncias do assassinato.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Sem alarde, vereador muda de partido

viniciys clovito curtinha   De última hora e sem alarde, o vereador pela Capital Vinicyus Hugueney (foto) resolveu deixar o PP e se filiou ao Solidariedade. Com isso, o PP não se torna o único com a maior bancada. Está com três vereadores, assim como o PV e o PSDB. No SD, Vinicyus vai concorrer internamente com...

Irmão de Thelma na lista dos traidores

ronaldo pimentel 400 curtinha   Na carta aberta assinada por Ricardo Saad, que preside o PSDB cuiabano, ele reclama de dívidas milionárias herdadas de antecessores, inclusive dos R$ 4 milhões de pendências somente do pleito de 2016, e menciona, entre outras coisas, que "(...) há correligionários, que estavam...

A bronca de Saad com Wilson Santos

ricardo saad curtinha 400   O vereador Ricardo Saad (foto), presidente do PSDB da Capital, resolveu disparar a metralhadora verbal contra colegas tucanos. Sobre o ex-prefeito e hoje deputado Wilson Santos, considera que este nada fez para ajudar o partido a se reestruturar, visando as eleições de outubro. Mesmo sendo vice-presidente...

Janela tira muitos políticos do calvário

gilberto figueiredo curtinhas   O fechamento da janela partidária, que encerrou-se no último sábado, dia 4, marcou o fim de um longo calvário aos partidos, que tiveram que suportar em seus quadros políticos que não estavam mais de “alma”, mas somente de “corpo”. Na Câmara...

Só 2 vereadores não vão à reeleição

felipe wellaton curtinha 400   Apenas dois entre os 25 parlamentares cuiabanos não vão buscar a reeleição. O licenciado Gilberto Figueiredo, que trocou o PSB pelo DEM, quer concorrer a prefeito, assim como Felipe Wellaton (foto), que até trocou de partido, saindo do PV e agora no Cidadania. Pretende disputar...

4 fora da reeleição em Rondonópolis

thiago muniz 400 curtinha   Dos 21 vereadores de Rondonópolis, somente quatro não vão à reeleição, sendo eles Thiago Muniz (foto), agora no DEM, Hélio Pichioni (PSD), Jailson do Pesque-Pague e Rodrigo da Zaeli (ambos do PSDB). Eles garantem se tratar de um caminho sem volta. Destes, dois tentam...

MAIS LIDAS

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Você concorda com a decisão de prefeitos, que começam a decretar estado de emergência, fechando comércio, serviços públicos e o transporte coletivo?

sim

não

sei lá!

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.