Polícia

Quarta-Feira, 21 de Outubro de 2020, 13h:55 | Atualizado: 21/10/2020, 17h:20

QUEDA NO PANTANAL

Integrante da Força Nacional é levado em UTI aérea de Mato Grosso para o Rio

Secom-MT

Transporte de integrante da For�a Nacional em UTI A�rea

Renato de Oliveira Souza, que integra a Polícia Civil do Distrito Federal, está fora de perigo e continuará tratamento na cidade natal, para onde decolou hoje

Um dos integrantes da Força Nacional que foi vítima do acidente aéreo ocorrido no Pantanal, em 8 de outubro, foi transferido para o Rio de Janeiro (RJ), na UTI Aérea do Governo do Estado. Renato de Oliveira Souza, que integra a Polícia Civil do Distrito Federal, estava internado em um hospital em Cuiabá. Na manhã de hoje (21), decolou na aeronave do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), após receber autorização médica.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) e da Secretaria de Estado de Saúde (SES), prestaram apoio no transporte aeromédico.

O irmão de Renato, Rogério de Oliveira Souza, que estava em Cuiabá há 15 dias, e se emocionou ao falar da recuperação do policial. “Ele está confiante, acreditamos que vai recuperar todos os movimentos dele, tem um problema urinário, mas que está sob controle. Acho que se não fosse esse respaldo do governo, da Força Nacional e dos companheiros que teve aqui, seria muito mais difícil”.

Ainda emocionado, Rogério Souza avalia que em três meses o irmão estará recuperado fisicamente, e frisa que é preciso valorizar os heróis em vida. “Quando a gente vê uma pessoa querida, é uma situação complicada, então é uma alegria ver que ele está fora de perigo agora, principalmente porque é raro sobreviver a acidentes aéreos. Felizmente, o Renato conseguiu dar os últimos comandos e o tripulante conseguiu adotar tudo, então na verdade um salvou o outro”.

O médico do Samu Otávio Fernandes, que compõe a equipe da UTI Aérea, falou sobre a avaliação que resultou na aprovação do transporte do paciente. “Ele teve uma fratura na lombar, foi feita a cirurgia necessária, é um paciente estável que está retornando para a cidade natal, onde vai dar continuidade aos cuidados. Tem uma equipe médica já que irá recebe-lo no aeroporto e depois ele segue para casa, já que o atendimento será feito em sistema de home care”.

Secom-MT

Integrante da For�a Nacional � transportado por UTI

Sobre o acidente

O helicóptero da Força Nacional caiu no Pantanal, próximo ao Porto Jofre, na tarde de 8 de outubro, com três integrantes. Além de Renato, estavam no helicóptero o copiloto Luiz Fernando Berberick, da Polícia Civil do RJ, e o 2° sargento PM Emerson Miranda Martins, da PM do Rio de Janeiro. Todos foram resgatados por um helicóptero da Marinha do Brasil com vida e foram encaminhados até Cuiabá para atendimento médico pela UTI Aérea do Ciopaer.

A aeronave e a tripulação auxiliavam os trabalhos da Operação Pantanal II, que combate as queimadas naquela região, sob orientação do Comitê Integrado Multiagências de Mato Grosso (Ciman-MT). O envio de aproximadamente 40 integrantes da Força Nacional ocorreu em setembro, após liberação do Ministério da Justiça e Segurança Pública, em atendimento ao pedido do governo.

O coordenador do Ciopaer, coronel PM Juliano Chiroli, ressaltou que desde o início as equipes da Marinha do Brasil, Corpo de Bombeiros Militar (CBM-MT), Samu e Ciopaer estiveram envolvidas no resgate e apoio aos feridos.

“Até o Rio de Janeiro serão três horas de voo, com toda a segurança necessária e acompanhamento da equipe médica, e no próximo sábado (24) está previsto o transporte de outro integrante da Força Nacional também. Já o outro ferido está em melhores condições de saúde e não precisará da UTI Aérea”. Desde a ativação da UTI Aérea em Mato Grosso, em maio deste ano, até 23 de setembro, já foram realizadas 18 missões, totalizando 53 horas de voo.

As causas do acidente são apuradas pelo Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa), da Força Aérea Brasileira.

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Candidato a reitor e 2 apoios fortes

dimorvan rui 400   O candidato de oposição a reitor do IFMT, Deiver Teixeira, recebeu dois apoios importantes. As manifestações de adesão à candidatura vieram dos professores Ruy Oliveira e Dimorvan Brescancim. Ruy foi candidato a reitor nos últimos dois pleitos e é um pesquisador...

Abílio e Medeiros rejeitam Fernanda

coronel fernanda 400 curtinha   Abílio Júnior e o deputado José Medeiros, presidente do Pode-MT e que foi derrotado para senador, querem distância da coronel Rubia Fernanda (foto) da campanha neste segundo turno em Cuiabá. Nos bastidores, comentam que não precisam da militar filiada ao Patriota e que ficou...

Com maioria na Câmara de Cáceres

eliene liberato 400 curtinha   A prefeita eleita de Cáceres Eliene Liberato (foto), que conquistou 15.881 votos (38,16% dos válidos), terá apoio da maioria dos 15 vereadores. Destes, oito garantiram cadeira pela coligação da própria Eliene, o que representa 53%. As duas maiores bancadas são do PSB de...

Gamba quer Tuti presidindo a Câmara

tuti 400 alta floresta curtinha   O prefeito eleito de Alta Floresta, Chico Gamba (PSDB), tem se articulado para eleger presidente da Câmara o vereador reeleito do seu partido, Oslen Dias dos Santos, o Tuti (foto), que obteve a segunda maior votação, com 814 votos. Na tentativa de convencer os novos integrantes da próxima...

Várzea Grande paga a folha já na 6ª

lucimar campos 400   A prefeita várzea-grandense Lucimar Campos, prestes a concluir o segundo mandato, anunciou que na sexta, a três dias de fechar o mês, conclui o pagamento da folha de novembro. E, nesta quarta (25), já libera a diferença da correção do piso federal para os professores. No total...

Críticas à busca do poder pelo poder

marcia pinheiro 400   Em um ato realizado na praça Alencastro, nesta segunda à noite, a primeira-dama de Cuiabá Marcia Pinheiro disparou críticas aos adversários do prefeito Emanuel, que busca a reeleição. Segundo ela, as alianças formadas por Abílio neste segundo turno são...