Polícia

Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019, 14h:00 | Atualizado: 19/11/2019, 18h:35

TRAIÇÃO E TEMOR

Marreta diz ter matado Petróleo sozinho dentro de cela e armado cena de suicídio

Audi�ncia Ass�psia Marreta

Luciano Mariano da Silva, o “Marreta”, durante audiência à juíza Ana Cristina Mendes, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá

Luciano Mariano da Silva, o “Marreta”, apontado como uma das lideranças do Comando Vermelho em Mato Grosso, confessou ter matado sozinho Paulo Cesar da Silva, o “Petróleo”, com que dividia cela.

Nesta segunda (18), acompanhado do advogado Rafael Winck do Nascimento, Marreta decidiu prestar novo depoimento e, diferente da tese de suicídio, admitiu ter matado o colega. O corpo de Petróleo foi encontrado na cela na madrugada de 27 de outubro, na Penitenciária Central do Estado (PCE). O laudo apontou estrangulamento como a causa da morte.

Marreta declarou ao delegado Caio Albuquerque que, dois dias antes de matar Petróleo na cela, descobriu que ele estava repassando informações sobre “seus negócios fora da cadeia” para a Rotam.

Segundo ele, a descoberta ocorreu durante audiência da Operação Assepsia. Pois os depoimentos de testemunhas continham informações que apenas Petróleo sabia.

No caminho do Fórum de Cuiabá à PCE, o detento confrontou o amigo sobre o fato dele estar lhe entregando aos policiais. Petróleo lhe respondeu que eles conversariam depois da visita na cadeia, que ocorreria no sábado (26).

Durante os dois dias, eles não se falaram e passaram a se encarar como inimigos. No sábado, depois da visita, “Marreta” disse que ambos ficaram “se cuidando com os olhos”.

Ele contou que, quando “Petróleo” descuidou, foi ao banheiro e fez uma trança com um lençol. Em seguida, se aproximou do colega de cela e lhe enforcou com o lençol, seguido de um golpe de arte marcial. Em seguida, o fez inalar um perfume.

Depois disso Marreta conta que pendurou o desafeto a cerca de 25 centímetros do chão. Ele garante que não teve ajuda de nenhum dos outros três presos que estavam na cela. Somente no outro dia, por volta das 6h, ele chamou por Petróleo na cela, mas este não respondeu. Foi ao banheiro e viu o companheiro de cela pendurado. Ele criou uma cena para falar que o ex-companheiro de crime se suicidou. 

“Marreta”, que negou ser líder ou membro do Comando Vermelho em Mato Grosso, afirmou que matou Petróleo por temer que ele tirasse sua vida, em virtude do diálogo que tiveram no caminho entre o Fórum e a PCE. Ele disse que, antes da audiência, considerava a vítima “como um irmão”. 

“Ele alega, que toda essa execução, que começou por volta das 23h e terminou às 2h da manhã. Ele fala que foi o horário em que ele dormiu, e que todos estavam dormindo e ninguém ouviu nada”, disse. O delegado esclarece que essa é a versão dele, mas que as investigações continuam, uma vez que o cubiculo é pequeno e não teria como ninguém não ouvir. "No decorrer das investigações, vai ser apontado as demais autorias neste crime. Cada um dos colegas apresentou uma versão para os ferimentos que cada um apresentava".

Postar um novo comentário

Comentários

  • Comente esta notícia

Matéria(s) relacionada(s):

Francis dispara contra Túlio, Adriano...

tulio fontes 400 curtinha   O prefeito de Cáceres, Francis Maris, que chegou dos EUA na última quinta, aproveitou dois eventos para, publicamente, disparar sua metralhadora verbal contra algumas pessoas. Na sexta, inaugurou uma unidade do Centro de Testagem e Aconselhamento e fez abertura do Natal de Luzes, no centro. Nas duas...

Audiência na AL em prol dos autistas

diana serpe 400 curtinha   Convidada pela Assembleia, a advogada com forte atuação em São Paulo, Diana Serpe (foto), autora do e-book Autismo Educação e especialista na defesa dos direitos das pessoas com deficiência, vai participar de uma audiência pública e proferir palestra na segunda (9),...

Folha em dia e previsão do 13º dia 20

mauro mendes 400 curtinha   É possível que no dia 20 o governo estadual consiga pagar integralmente o décimo-terceiro dos cerca de 100 mil servidores. Ao anunciar que a folha de novembro será paga na próxima terça (10), em única parcela, pela primeira vez no ano, o governador Mauro destacou que...

Cidinho é o que mais agrega ao Senado

cidinho 400 curtinha   Depois de Blairo Maggi, o nome do empresário e ex-senador Cidinho Santos (foto) seria hoje o que mais agregaria a classe política e o agronegócio em torno de uma candidatura ao Senado numa eventual eleição suplementar. Conta com simpatia do senador Jayme Campos e do governador Mauro Mendes,...

Prova da lisura de membros do Gaeco

paulo prado 400 curtinha   O resultado da auditoria do TCE-MT sobre a prestação de contas do Gaeco das verbas secretas, entre 2012 e 2017, assegurando a sua legalidade, resgata a credibilidade, lisura e reputação ilibada dos membros que atuaram na época nesse braço investigativo do MPE, como o procurador e...

Posse 2 dias antes do possível retorno

maluf 400 curtinha   Guilherme Maluf (foto), que nem esquentou direito a cadeira de conselheiro, vai tomar posse na presidência do TCE-MT dois dias antes do STJ julgar um recurso que tende a suspender as medidas cautelares e definir pelo retorno ao Pleno dos cinco conselheiros afastados há dois anos. A solenidade acontece no...

ENQUETE

facebook whatsapp twitter email

Como você avalia a decisão do Supremo de suspender prisão imediata após julgamento em segunda instância?

Concordo

Discordo

Tanto faz

Não se trata de pesquisa eleitoral, mas de um mero levantamento de opiniões de leitores do RDNews e do Blog do Romilson, com participação espontânea dos internautas. Resultado sem valor científico.